Você já parou para pensar como será o profissional do futuro? Diante do cenário atual com as inovações tecnológicas em alta e o uso cada vez maior da inteligência artificial, precisamos pensar no trabalho daqui para frente e como se preparar para esse novo cenário.

Pensando nisso, vamos falar mais sobre os profissionais do futuro, quais as principais demandas de mercado de trabalho para os próximos anos e como devemos nos preparar para essa nova etapa.

Se interessou pelo assunto? Continue lendo e fique mais bem preparado.

Leia mais: Habilidades do futuro: o que é esperado dos profissionais?

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

Quais as características de um profissional do futuro?

As informações estão cada vez mais acessíveis a todos e isso faz que exista uma nova forma de ver o trabalho.

Sabe-se que o mundo muda constantemente. Tudo está em permanente evolução, razão pelo qual os profissionais precisam estar cada vez mais preparados para lidar com essas mudanças.

Portanto, o mercado cada vez mais exige do profissional e a concorrência só aumenta. Assim, destacamos algumas características desejadas para um profissional do futuro.

Atualização do conhecimento

O mercado cada vez mais competitivo, exige constantemente atualização do conhecimento técnico e geral para o exercício de sua profissão. O profissional do futuro deve buscar sempre reciclar seus conhecimento ou obter novos.

Todavia, não há necessidade de fazer isso apenas na área técnica de seu domínio. Você pode adquirir conhecimentos paralelos, o que é, inclusive, muito bem visto pelas empresas.

Por vezes, o simples fatos de o profissional estar sempre a procura do novo e de informações atualizadas é um ponto positivo.

Você pode, por exemplo, fazer um dos inúmeros cursos disponíveis na Estácio e se atualizar!

Competência colaborativa

Competência do profissional do futuro está em criar ambiente de colaboração com todo os membros da organização independente da atividade exercida.

Estar disposto a ajudar os colegas de trabalho para que eles cresçam é algo que vai além das suas responsabilidades mas que é muito bem visto por todos. Principalmente porque você pode ser a próxima pessoa a necessitar de ajuda.

Esse tipo de atitude também é válida se você ocupa um cargo de poder. Afinal de contas, um líder também deve demonstrar empatia e colaboração.

Flexibilidade

As mudanças ocorridas no mercado de trabalho exigem profissionais adaptáveis e que buscam soluções inovadoras e criativas para o negócio.

Ser flexível no modo de pensar e planejar as estratégias na solução de problemas diários são características importantes do profissional do futuro.

Habilidade em trabalhar com dados e tecnologia

As habilidades do profissional do futuro para trabalhar com dados aliado à tecnologia por uma visão ampla e estratégica devem estar presentes nas característica do candidato que busca um novo emprego ou nova colocação no mercado.

Esse é outro motivo pelo qual você deve sempre estudar e adquirir novos conhecimentos conforme mencionamos no início.

Inteligência emocional

O profissional do futuro deve saber tratar de formar equilibrada sentimento e emoções. Para isso, dá-se o nome de inteligência emocional.

Além disso, é necessário identificar, processar e compreender as emoções sem que elas interfiram na sua relação de trabalho.

Portanto, essa caraterística pode ser determinante frente às cobranças, além do desenvolvimento de muitas atividades e excesso de informação da qual faz parte do mundo atual.

Liderança

Com relação às habilidade do profissional do futuro frente às posições de liderança, a capacidade de empoderar pessoas e humanizar o ambiente organizacional precisa estar cada vez mais presente.

Com isso, promover a humanização é fundamental nas organizações. Isso porque as pessoas não são máquinas e sim peças fundamentais no desenvolvimento da empresa.

O efeito colaborativo, mencionado acima, reflete positivamente para melhorar as relações interpessoais.

Pensamento crítico e olhar estratégico

As tarefas desenvolvidas por qualquer profissional deve estar sempre voltada para um pensamento critico e um olhar estratégico.

Dessa forma, o profissional do futuro, frente à dinâmica de mercado, deve permanecer atento a todas as possíveis interferências, seja elas, positivas ou negativas da organização. Como exemplo, podemos citar as mudanças sociais e econômicas.

Além disso, o profissional deve possuir um pensamento critico frente à essas mudanças. Dessa forma, deve saber identificar e apresentar bons argumentos na defesa do que acha certo ou errado.

Apenas aceitar não é o ideal, não apenas nos dias atuais, mas também para os próximos anos. Esse tipo de característica interpessoal será cada vez mais exigida.

As profissões do futuro

Por decorrência da evolução tecnológica, cada vez mais as pessoas precisam se reinventar frente às mudanças ocorridas neste sentido, como bem falado anteriormente. Antes, o profissional buscava por estabilidade na qual fazia atividades triviais para a empresa.

Por exemplo, numa fábrica, cortava-se tecidos de maneira industrial, entretanto, pouco tecnológica. Hoje essa atividade é feita com maior precisão e tudo é feito por programas computacionais.

Dessa forma, profissionais atuais acabaram tendo que desenvolver outro perfil, muito mais voltado para o olhar crítico e uma capacidade maior de fazer várias coisas ao mesmo tempo.

Além disso, a tecnologia cada vez mais estará presente e por isso existe uma crescente demanda por inovação.

Portanto, a tecnologia e o desenvolvimento de ferramentas úteis para a sociedade vem ganhando cada vez mais mercado.

Neste contexto, preparamos uma lista das profissões com maior potencial para o futuro:

  • Assessor de creators;
  • Analista de Big Data;
  • Analista de quantum machine learning;
  • Arquiteto e Engenheiro 3D;
  • Coach esportivo;
  • Coaching;
  • Consultor de imagem;
  • Creators;
  • Desenvolvedores de softwares;
  • Desenvolvedor de dispositivos wearables;
  • Especialistas em Experiência de Usuário/Cliente;
  • Especialista em e-commerce;
  • Especialista em UX Design;
  • Engenheiro ambiental;
  • Especialista em energias renováveis ou energias alternativas;
  • Engenheiro hospitalar;
  • Gestor de comunidade;
  • Gestor de resíduos;
  • Geneticista;
  • Gestor de inovação;
  • Gestor de talentos;
  • Profissionais de saúde mental;
  • Gestor financeiro;
  • Gestor de Tráfego Pago;
  • Profissional de marketing digital;
  • Professor online;
  • Representante de vendas internas;
  • Segurança da informação;
  • Walker Talker.

Profissões que podem desaparecer

Como a avanço da tecnologia e automatização dos serviços, algumas profissões provavelmente vão desaparecer.

Por exemplo, os atendentes de supermercado, que estão sendo substituídos por caixas de atendimento automático. Ou serviços de pessoas que atuam em funções de repetição.

Agora imagine um ônibus sem motorista. Já pensou nisso? Pois bem, não será difícil de isso acontecer frente às tecnologias existentes atualmente de pilotagem automática de carros individuais, que poderá ser totalmente aplicável aos ônibus.

Outra profissão que está com os dias contados é a de bancário, pois as atividades como retirar dinheiro, fazer pagamentos e solicitar talões de cheque, por exemplo, foram substituídas pelos caixas automáticos.

E ainda, veja a loja de aplicativos presentes no seu celular. A cada dia surgem vários novos apps para oferecer algum serviço destinado a suprir uma nova necessidade.

Outro exemplo é o Uber, um aplicativo desenvolvido para trazer mais autonomia, praticidade e com um menor custo no deslocamento de pessoas.

É claro que há uma resistência das pessoas mais idosas. No entanto, por outro lado, as pessoas mais jovens se adaptam e preferem tais facilidades proporcionadas pela automatização.

Para isso, o importante é estar atento e sempre atualizado quanto às exigências do mercado.

Leia também: Plano de carreira: o que é e como se planejar para o futuro?

UTILIZE SUA NOTA DO ENEM PARA ENTRAR EM UM CURSO DA ESTÁCIO!

Fique sempre alerta e torne-se um profissional do futuro

Pode ser que tenha ficado preocupado por conta do fato de a automatização estar presente em boas parte do nosso dia a dia. Além disso, pode parecer que será difícil se adaptar a este novo mercado.

Dessa forma, o ideal é sempre aprimorar suas habilidades e características pessoais a fim de estar apto a desenvolver atividades que exigirão pensar, inovar, argumentar e cooperar na construção do novo. A inovação estará muito presente.

Para isso, invista em cursos qualificados ofertados pela Estácio. Uma equipe formada por ótimos professores que trarão uma base para traçar o seu caminho profissional.

E continue acompanhando o nosso blog para mais dicas como essas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui