Você sabia que é possível aprender a empreender? Pois essa é apenas uma das vertentes do curso de Gestão e Empreendedorismo. Além de aprender a focar no aprimoramento de negócios já existentes, da mesma forma, quem faz o curso, também aprende todas as ferramentas necessárias para o desenvolvimento de negócios inovadores e competitivos.

Há também o enfoque da licenciatura, como por exemplo, o curso de Gestão e Empreendedorismo da Estácio que forma professores qualificados para atuarem nos cursos da área.

Assim sendo, se você ficou interessado em saber mais sobre esse assunto, continue acompanhando esse post!

Leia mais: Vida de empreendedor: 10 cursos para quem quer abrir um negócio

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

Como é o curso de Gestão e Empreendedorismo

Comumente oferecido na modalidade de curso tecnólogo, Gestão e Empreendedorismo visa formar profissionais que podem não apenas abrir o próprio negócio, como também possam aprimorar ou renovar um negócio que já existe.

Essa modalidade oferece ferramentas necessárias para quem sonha em empreender, ampliando seus horizontes e desenvolvendo essa capacidade. O curso tem duração média de dois anos.

Além disso, normalmente é um curso à distância, que fornece toda a flexibilidade dos estudos online. No entanto algumas instituições oferecem o curso tanto na modalidade presencial, quanto na semipresencial.

Os conhecimentos adquiridos durante o curso servem para empreendedores não apenas de todos os setores, como também de todos os tamanhos de empresas: micro, pequenas, médias e grandes.

O foco do curso é, primeiramente, ensinar técnicas como: potencializar vendas, aumentar a produtividade da empresa, ampliar a margem de lucro, entre diversos outros. Dessa forma, as disciplinas são voltadas para tendências do mercado e novas tecnologias.

Além disso, o curso também explora as tradicionais disciplinas que todo o empreendedor precisa saber como administração financeira, gestão, direito empresarial, etc.

Leia também: Quer empreender na faculdade? Conheça a Empresa Júnior da Estácio!

Gestão e Empreendedorismo na Estácio

O curso de Gestão e Empreendedorismo da Estácio já tem um foco um pouco diferente. Ele é um curso de licenciatura, ou seja, é voltada para capacitar profissionais que queiram se dedicar à docência.

Dessa forma, amplia a formação do professor, para que ele possa contribuir com seus alunos, proporcionando a eles a inserção no mercado de trabalho. É um curso com duração de quatro anos e está disponível apenas na modalidade digital, ou seja, à distância.

Grade curricular

O curso de Gestão e Empreendedorismo da Estácio tem duração de 8 períodos e a grade curricular é a seguinte:

  • Administração de Marketing;
  • Administração de Novos Negócios;
  • Análise Organizacional;
  • Administração de Sistemas de Informação;
  • Administração e Mercado de Trabalho;
  • Aspectos Antropológicos e Sociológicos da Educação;
  • Administração Estratégica;
  • Comunicação nas Empresas;
  • Contabilidade Básica;
  • Contabilidade de Custos;
  • Competências Gerenciais;
  • Contabilidade Gerencial;
  • Currículo: Teoria e Prática;
  • Didática;
  • Educação Ambiental;
  • Educação Especial;
  • Economia Empresarial;
  • Educação Profissional: Teoria e Prática;
  • Estágio em Empreendedorismo I e II;
  • Estatística Aplicada;
  • Ética e Responsabilidade Social;
  • Fundamentos da Economia;
  • Filosofia da Educação;
  • Fundamentos do Comércio Exterior;
  • Fundamentos do Direito Empresarial e Tributário;
  • Gestão da Cadeia de Suprimentos;
  • Gestão da Qualidade;
  • História da Educação;
  • Gestão de Processos;
  • Gestão Escolar: Teoria e Prática;
  • Introdução à Administração;
  • Gestão Integrada de RH;
  • Jogos de Empresa;
  • Legislação Trabalhista e Previdenciária;
  • Língua Portuguesa;
  • Matemática Financeira;
  • Matemática para Negócios;
  • Mercado Financeiro;
  • Metodologia Científica;
  • Metodologia da Pesquisa;
  • Métodos Quantitativos para Tomada de Decisão;
  • Metodologia do Ensino de Administração;
  • Orçamento Empresarial;
  • Pesquisa de Mercado;
  • Pesquisa e Prática em Educação – Projeto;
  • Planejamento de Carreira e Sucesso Profissional;
  • Planejamento Escolar e Avaliação da Aprendizagem;
  • Políticas Públicas e Organização da Educação Básica;
  • Prática de Ensino em Administração;
  • Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem;
  • Psicologia nas Organizações;
  • Teoria Geral da Administração;
  • Tópicos em Libras: Surdez e Inclusão;
  • Tópicos Especiais em Administração;
  • Trabalho de Conclusão de Curso em Licenciatura – Gestão e Empreendedorismo.

Mercado de trabalho

Quem se forma no curso de tecnologia em Gestão e Empreendedorismo pode atuar não apenas na gestão do próprio negócio, como também nas empresas que já existem. De tal forma que também podem atuar em consultorias para elaboração e implementação de planos de negócios.

Algumas das funções que o profissional pode exercer:

  • Dono do próprio negocio: sendo seu próprio empreendedor, desenvolvendo e analisando todas as etapas que envolvem seu negócio com metas a serem alcançadas;
  • Gerente de produção: comandando toda a cadeia de desenvolvimento de cenários de negócios, além das equipes e relatórios de manutenção das atividades;
  • Consultor de Produção: analisa e propõe soluções a cenários e situações organizacionais, sem precisar manter um vínculo direto com a organização;
  • Agente de controle: garantindo que as ações planejadas e realizadas gerem resultados para o negócio, além de entender a empresa como um todo e a importância das boas relações entre os departamentos.

Leia também: Intraempreendedorismo: o que é e por que o mercado valoriza essa skill

Perfil profissional de quem trabalha com Gestão e Empreendedorismo

Durante o curso, o estudante é estimulado principalmente a adquirir características como organização, visão de futuro, disciplina, criatividade, iniciativa, autonomia e liderança. Todos esses atributos são essenciais na carreira de qualquer empreendedor.

Além disso, é importante que o profissional saiba identificar oportunidades de crescimento, esteja sempre atento com temas relacionados à economia e negócios e tenha uma visão estratégica para identificar as tendências que trarão vantagens para as empresas.

Ser comunicativo também é uma boa característica, para que saiba vender suas ideias. Bem como ter uma veia empreendedora, que saiba apostar em novas ideias e oportunidades.

Salário

Professor de Gestão

Quem faz o curso de licenciatura em Gestão e Empreendedorismo da Estácio, pode atuar como professor em diversas áreas, como por exemplo, Professor de Gestão.

Segundo o site salario.com.br, com dados oficiais do Novo CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, eSocial e Empregador Web, esse profissional ganha em média R$ 6.022,45 no Brasil com uma jornada de trabalho de 25 horas semanais.

Além disso, a faixa salarial desse professor fica entre o piso de R$ 3.992,00 e o teto de R$ 15.929,75.

As cidades que pagam os melhores salários para os professores de Gestão são principalmente, São Paulo, com um teto de R$ 17.948,60, seguido de Brasília, no Distrito Federal com um teto de R$ 15.383,34 e Mafra em Santa Catarina com R$ 9.462,34.

E, além disso, as áreas que pagam os melhores salários são Educação superior – pós-graduação e extensão, com um teto de R$ 14.377,92, seguido de Educação superior – graduação e pós-graduação, com um teto de R$ 11.748,68 e Atividades de associações de defesa de direitos sociais, com R$ 9.375,20.

Gerente de Produção

Já quem for fazer uma faculdade de Gestão e Empreendedorismo, do tipo de tecnologia, pode atuar em diversas outras áreas, como por exemplo, Gerente de Produção. O salário médio para esse profissional é de R$ 4.798,20 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.

Sendo que, a faixa salarial dele fica entre o piso de R$ 2.701,10 e o teto de R$ 13.184,77.

As cidades que pagam os melhores salários para os professores de Gestão são, em primeiro lugar, Manaus, no Amazonas, com um teto de R$ 12.723,23, seguido de Barueri, em São Paulo com um teto de R$ 11.953,78 e Rio de Janeiro com R$ 11.073,93.

E, desse modo, as áreas que pagam os melhores salários são Serviços combinados de escritório e apoio administrativo, com um teto de R$ 11.137,03, seguido de Fabricação de embalagens de material plástico, com um teto de R$ 7.789,68 e Fabricação de calçados de couro, com R$ 6.390,77.

UTILIZE SUA NOTA DO ENEM PARA ENTRAR EM UM CURSO DA ESTÁCIO!

Leia também: EaD Flex Estácio: 6 cursos de gestão a quem quer empreender

Agora que você já sabe tudo sobre o curso de Gestão e Empreendedorismo, opte por entrar nesse mercado através do curso que a Estácio oferece. Dessa forma faça agora mesmo a sua inscrição na Estácio e conheça todas as maneiras de ingresso, inclusive como ganhar bolsas de estudo!

Continue acompanhando o nosso blog para mais dicas como essas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui