Por consequência do aumento da competitividade no mercado de trabalho, muitos estudantes brasileiros têm optado por fazer cursos tecnológicos. Isso porque, além de eles serem de curta duração, são mais focados no mercado de trabalho. Mas tecnólogo é curso superior? É o que vamos responder nesse post.

Os cursos tecnólogos já existem no Brasil desde a década de 60 e, segundo o último Censo da Educação Superior, em 2018, as matrículas vem aumentando, chegando a mais de 103% de aumento de 2008 a 2018. Além disso, mais da metade desses alunos fazem o curso à distância.

Está interessado em saber se curso tecnológico é superior? Se você está pensando em fazer um curso tecnólogo mas está na dúvida se vale ou não a pena, acompanhe o texto para saber tudo sobre essa modalidade muito valorizada no mercado.

Leia mais: Tecnólogo EAD: confira as opções de cursos e vantagens!

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

O que é tecnólogo?

Tecnólogo é um curso de nível superior voltado para o mercado de trabalho. Também é conhecido como curso de tecnologia ou graduação tecnológica e tem duração menor que os cursos de bacharelado ou licenciatura: de dois a três anos.

Da mesma forma que os demais cursos superiores, o curso tecnólogo precisa de diploma de conclusão do Ensino Médio para que o estudante possa ingressar. Além disso, está disponível não apenas nas universidades privadas, como também nas públicas.

A forma de ingresso também é a mesma que os demais cursos superiores, dependendo da instituição de ensino. Dessa forma, pode ser feita através de vestibular agendado ou tradicional, Sisu – Sistema de Seleção Unificada, se for para uma instituição pública, ProUni – Programa Universidade para Todos, se for uma universidade particular, ou nota do Enem – Exame Nacional do Ensino Médio.

As disciplinas dos cursos tecnólogos também são, normalmente, na sua maioria, práticas, justamente por conta do intuito de preparar os estudantes para o trabalho. No entanto também possui diversas matérias teóricas e atividades em laboratórios, assim como os cursos de bacharelado.

Quais as áreas dos cursos tecnólogos

São mais de 130 cursos tecnólogos diferentes no Brasil, segundo o CNST – Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia, nas seguintes áreas:

  • Ambiente e Saúde: são 9 cursos, entre eles Gestão Ambiental e Sistemas Biomédicos;
  • Controle e Processos Industriais: são 14 cursos, entre eles Energias Renováveis e Sistemas Automotivos;
  • Desenvolvimento Educacional e Social: 1 curso – Processos Escolares;
  • Gestão e Negócios: são 13 cursos, entre eles Gestão da Qualidade e Negócios Imobiliários;
  • Informação e Comunicação: são 14 cursos, entre eles Jogos Digitais e Sistemas para Internet;
  • Infraestrutura: são 12 cursos, entre eles Controle de Obras e Transporte Aéreo;
  • Militar: são 11 cursos, entre eles Comunicações Aeronáuticas e Infantaria;
  • Produção Alimentícia: são 7 cursos, entre eles Laticínios e Viticultura e Enologia;
  • Produção Cultural e Design: são 14 cursos, entre eles Design de Produto e Produção Cultural;
  • Recursos Naturais: são 14 cursos, entre eles Gestão do Agronegócio e Irrigação e Drenagem;
  • Produção Industrial: são 14 cursos, entre eles Petróleo e Gás e Produção de Vestuário;
  • Segurança: são 6 cursos, entre eles Segurança no Trabalho e Segurança Pública;
  • Turismo, Hospitalidade e Lazer: são 5 cursos, entre eles Gastronomia e Hotelaria.

Todos eles tem currículos completos, porém mais enxutos que os demais cursos de graduação. Além disso, estão disponíveis tanto na modalidade presencial quanto semipresencial e à distância.

10 cursos tecnólogos muito populares

Abaixo selecionamos 10 opções de cursos tecnólogos mais procurados em todo o Brasil por quem deseja ingressar mais rápido no mercado de trabalho.

  1. Empreendedorismo
  2. Logística
  3. Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  4. Marketing
  5. Design
  6. Estética e Cosmética
  7. Gestão Financeira
  8. Gastronomia
  9. Gestão de Recursos Humanos
  10. Radiologia

Leia também: Curso tecnólogo a distância: confira opções para melhorar o seu currículo

Tecnólogo é considerado curso superior?

Curso tecnólogo é superior? Mesmo que, quando você for procurar um curso tecnólogo, ele esteja separado em uma categoria diferente da graduação, ele ainda é sim um curso superior. Dessa forma, se o curso da instituição escolhida tem reconhecimento do MEC – Ministério da Educação, ele é válido como curso superior.

Sendo assim, o diploma do curso tecnólogo tem a mesma validade dos demais tipos de graduação.

Tecnólogo pode fazer pós-graduação? 

Da mesma forma que os demais cursos de graduação, quem faz um curso tecnólogo pode fazer qualquer tipo de pós-graduação, seja lato sensu, stricto sensu ou MBA.

Sendo assim, se você tem um diploma de curso superior do tipo de tecnologia reconhecido pelo MEC, pode seguir sua carreira acadêmica com um mestrado ou se especializar em alguma área com uma pós-graduação ou MBA.

Diferenças entre tecnólogo, bacharelado e licenciatura

Todos são cursos superiores, tem o mesmo grau acadêmico e são reconhecidos pelo MEC, mas quais são as principais diferenças entre eles?

Primeiramente a duração do curso. Como já mencionamos, o curso tecnólogo tem duração menor, de dois a três anos. Enquanto isso, os cursos de bacharelado e licenciatura tem uma duração média de quatro anos, podendo chegar até seis, como os de Medicina.

O objetivo de cada um dos cursos também é diferente. Enquanto o tecnólogo prepara para o mercado de trabalho em uma área específica, o curso de bacharelado é mais generalista e abrange uma formação mais ampla em uma grande área de conhecimento e o curso de licenciatura tem como objetivo formar professores tanto para o Ensino Fundamental quanto para o Médio.

A grade curricular também é uma diferença entre os três tipos de curso superior. O curso tecnólogo tem uma grade mais objetiva, o bacharelado tem algumas disciplinas práticas, mas sua grande maioria é teórica, enquanto que o de licenciatura tem disciplinas voltadas para o campo da docência.

Diferenças entre curso tecnólogo e curso técnico

Muita gente ainda confunde esses dois tipos de curso, principalmente por conta do nome parecido. Dessa forma, vamos também explicar as diferenças entre os cursos tecnólogos e técnicos.

Primeiramente, o curso tecnólogo, como já mencionamos, é um curso superior. Já o curso técnico é um curso de formação de nível médio, ou seja, equivalente a um diploma de Ensino Médio.

Outra diferença importante entre os dois cursos é a forma de ingresso. Para o curso técnico, basta um certificado do Ensino Fundamental completo e ter uma idade mínima de 16 anos. Já o tecnólogo, como já dissemos, precisa de um diploma de Ensino Médio para que o estudante possa ingressar.

Dessa forma, é possível fazer um curso técnico enquanto ainda está no Ensino Médio, do mesmo jeito que é possível fazer um curso tecnológico depois que acabar um curso técnico, caso você queira aumentar o seu nível de conhecimento naquela área.

A última diferença entre os dois tipos de curso é a duração. Por mais que os cursos tecnólogos tenham curta duração, ou seja, de dois a três anos, os cursos técnicos podem durar menos tempo ainda, ou seja até três meses.

Leia mais: EaD Flex Estácio: 6 cursos de gestão a quem quer empreender

Vantagens do tecnólogo

Algumas das vantagens do curso tecnólogo:

  • Seu diploma de curso superior é válido em todo o Brasil;
  • Os cursos tem curta duração, dessa forma você ingressa no mercado de trabalho mais rapidamente;
  • Possibilidade de ser feito à distância;
  • Normalmente custam menos que os cursos de bacharelado ou licenciatura;
  • Tem foco no mercado e, dessa forma, o profissional acaba sendo muito procurado pelos empregadores.

Desvantagens do tecnólogo

Agora, conheça algumas das desvantagens de escolher um curso tecnólogo:

  • O salário de quem se forma em um curso tecnólogo normalmente é menor que o de outros profissionais da mesma área porém com curso bacharelado;
  • Como os cursos são bem específicos, fica difícil encontrar emprego que não seja exatamente na área escolhida;

Curso tecnólogo é superior para concursos?

Outra dúvida muito comum é saber se um curso tecnólogo é superior para concursos. Por mais que o curso tecnólogo seja um curso superior, alguns concursos públicos exigem que o candidato tenha um curso de bacharelado ou licenciatura para poder concorrer ao cargo oferecido.

UTILIZE SUA NOTA DO ENEM PARA ENTRAR EM UM CURSO DA ESTÁCIO!

Leia também: Curso tecnólogo: características desse tipo de curso superior

Tecnólogo é curso superior, e agora?

Agora que você tem certeza que tecnólogo é curso superior, escolha uma das diversas opções de curso tecnólogo que a Estácio oferece. Dessa forma faça agora mesmo a sua inscrição na Estácio e conheça todas as maneiras de ingresso, inclusive como ganhar bolsas de estudo!

Continue acompanhando o nosso blog para mais dicas como essas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui