Gastronomia contemporânea: conheça o curso de cozinha contemporânea

Nem todo mundo que quer aprender a cozinhar tem a pretensão de se tornar um grande cozinheiro e abrir um mega restaurante. Muitas pessoas que optam por cursos relacionados à cozinha só querem aprender as técnicas para aprimorar um pequeno negócio ou satisfazer amigos e família. É assim com a gastronomia contemporânea.

Conhecer as culturas gastronômicas e saber utilizá-las em pratos diferenciados pela textura, sabor e modernidade, certamente faz dos profissionais da gastronomia contemporânea os novos queridinhos dos cosmopolitas.

Seja em um pequeno bistrô ou em um restaurante familiar, eles vieram pra ficar. Se essa é uma profissão que chama a sua atenção, continue acompanhando nosso post. Você vai saber mais detalhes, por exemplo, do curso de cozinha contemporânea oferecido pela Estácio.

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

Leia também: Conheça a gastronomia molecular e os chefs que são referência na área

O que é gastronomia contemporânea

Gastronomia contemporânea é um segmento específico da Gastronomia. Nele, o profissional tem o domínio das técnicas de preparações culinárias, além de conhecer diferentes culturas alimentares.

Esses profissionais são igualmente capacitados para desenvolver empreendimentos nas diversas áreas de alimentos e bebidas.

Primeiramente, é como se fosse uma mistura de culturas, sabores e técnicas de várias partes do Brasil e do mundo. Muitas vezes nem se consegue perceber de onde vem o prato por conta dessas junções.

É um estilo de cozinha que exige criatividade e liberdade de criação do cozinheiro, porém, com a responsabilidade de respeitar sabores e propriedades originais dos alimentos.

Estilos dos centros urbanos

Tem tudo a ver, principalmente, com os centros urbanos e tem como origem as tradicionais cozinhas do mundo: francesa, italiana, espanhola, portuguesa, árabe, oriental e brasileira. Exige muito estudo, conhecimento e pesquisa para desenvolver os pratos.

A gastronomia contemporânea semelhantemente pode se apresentar através de novas preparações ou releituras de pratos clássicos. Bem como, da mudança de texturas, aromas, temperatura e sabores das produções originais.

Tem tudo a ver com resgate da história e da cultura de muitos pratos, porém com mudanças como a substituição de ingredientes e aplicação de técnicas especificas.

Ingredientes do mundo todo agora estão à disposição

Muito da gastronomia contemporânea vem do fato de que muitos ingredientes de outros países hoje podem ser facilmente encontrados em mercados especializados.

Além disso, por conta do domínio tecnológico sobre clima e solo, muitos produtos agrícolas que dependiam de características específicas para serem produzidos, agora são encontrados nas prateleiras. Isso tudo faz com que muitos ingredientes estejam disponíveis em qualquer época do ano.

Se você se interessou pela gastronomia contemporânea, tem como opção o curso de Cozinha Contemporânea da Estácio. Saiba mais sobre ele agora:

Curso de Cozinha Contemporânea da Estácio

É um curso de graduação tecnológica com duração de 2 anos oferecido pela Estácio. Pode ser cursado na modalidade digital (EAD).

O curso da Estácio tem como objetivo formar profissionais que dominem as técnicas de preparações culinárias. Além disso, que tenham conhecimento sobre diferentes culturas alimentares, bem como a capacidade de empreender em diferentes áreas de alimentos e bebidas.

Durante o curso, o estudante se tornará apto a desenvolver uma cozinha criativa, além de organizar as atividades de produção de alimentos.

Além disso, terá condições de assumir responsabilidades em funções operacionais. Por consequência, será capacitado a atuar de forma precisa, segura e eficiente para desenvolver atividades de organização, execução e comercialização, em nível tático, nas diferentes fases de produção dos serviços da alimentação.

Em suma, o aluno estará preparado para valorizar os recursos alimentares, de forma a prevenir desperdícios e preservar o meio-ambiente. Não é preciso dominar as técnicas de cozinha para fazer o curso, porém, pode ser um grande diferencial se houver.

Conheça a grade curricular do curso de Cozinha Contemporânea da Estácio:

Grade Curricular

  • Antropologia da Alimentação;
  • Higiene e Segurança de Alimentos;
  • Nutrição Básica;
  • Planejamento de Carreira e Sucesso Profissional;
  • Preparo Prévio de Alimentos;
  • Almoxarifado, Estoque e Custos;
  • Cozinha Brasileira – Centro-Oeste/Sul/Sudeste;
  • Cozinha Fria;
  • Ervas, Especiarias e Molhos;
  • Técnicas de Cozinha;
  • Café da Manhã e Lanches;
  • Cozinha Brasileira (Norte/Nordeste);
  • Cozinha Contemporânea e Tendências;
  • Eventos e Negócios em Serviços de Alimentação;
  • Panificação e Confeitaria;
  • Culinária Internacional;
  • Elaboração de Cardápios;
  • Elaboração de Receitas – Cerveja Caseira;
  • Enologia, Aperitivos e Drinks;
  • Gastronomia Saudável e Sustentável;
  • Tópicos em Libras: Surdez e Inclusão.

Mercado de Trabalho da gastronomia contemporânea

A gastronomia contemporânea possibilita o acesso ao mercado da culinária direcionado para refeições rápidas, de comercialização doméstica ou em pequenos estabelecimentos.

Hoje em dia, as pessoas estão buscando a elaboração de pratos mais saudáveis, que estão em alta por conta do aumento da consciência que as pessoas vem tendo em relação à utilização de alimentos naturais e orgânicos.

Além disso, também buscam opções com menor custo, o que indica uma demanda por um currículo mais simples que atenda a determinada faixa da população.

Quem trabalha com a gastronomia contemporânea não tem pretensão de ser um chefe de cozinha, mas sim, na elaboração de novos pratos. Sem dúvida, que esses pratos sirvam para melhorar as refeições da família, ou que possam ser úteis para abrir um pequeno negócio ou mesmo para receber amigos em casa.

Segurança alimentar

A atuação desse profissional está voltada à criação, planejamento, controle, avaliação de custos e gerenciamento do desenvolvimento alimentício voltado à culinária contemporânea. Também pode atuar nas questões de segurança alimentar.

O profissional pode também atuar no planejamento, elaboração e organização de projetos de fluxo de montagem de cozinha. Além disso, pode ter funções como: identificar utensílios, equipamentos e matéria-prima em restaurantes e estabelecimentos alimentícios e empreendimentos gastronômicos.

É importante que o profissional seja criativo já que pode trabalhar na criação e aprimoramento de pratos. Desse modo, também é importante ter espirito de liderança, responsabilidade, boa comunicação, organização, disciplina e gerenciamento de tempo.

Leia também: Ead: saiba tudo sobre a modalidade quem mais cresce

Como são os restaurantes de gastronomia contemporânea

Normalmente quem vai a um restaurante de gastronomia contemporânea deve está preparado para se surpreender. A diferenciação é na verdade o carro chefe desse tipo de estabelecimento.

Nele os clientes poderão muitas vezes experimentar novas sensações, aromas e sabores. Isso inclui misturas como salgado e doce, simples e sofisticado, entre outros.

O foco dos restaurantes de gastronomia contemporânea é na apresentação mais rebuscada e a variedade de sabores. Muitas vezes são utilizados recursos tecnológicos como a chamada gastronomia molecular que utiliza elementos químicos como o nitrogênio para refrigerar rapidamente os alimentos.

Também tem como característica a releitura de pratos tradicionais, sendo muitas vezes feitos de forma desconstruída. Alguns pratos são, inclusive considerados uma obra de arte comestível.

Ervas, alimentos frescos, orgânicos e flores comestíveis

Outra característica é a utilização de muitas ervas, alimentos frescos, orgânicos e até flores comestíveis. Mesmo que a proposta principal seja a mistura de vários estilos, normalmente esses restaurantes valorizam a cultura e os ingredientes locais.

Muitos restaurantes utilizam a ideia do “menu degustação”, que é um cardápio onde o cliente prova uma pequena porção de cada um dos pratos por um valor único. Inclusive, a ideia de utilizar pratos com porções menores é uma característica bem forte da gastronomia contemporânea.

Esses pratos menores tem, inclusive, o objetivo de evitar desperdícios, já que com porções reduzidas há menos chances da comida ser jogada no lixo. É uma ideia sustentável que tem tudo a ver com essa gastronomia.

Outra cozinha que está muito em alta é a vegetariana ou vegana. Segundo o Ibope, já são quase 30 milhões de vegetarianos no Brasil, o que indica um crescimento muito grande na demanda desse tipo de gastronomia especializada. Esse tipo de alimentação tem tudo a ver com sustentabilidade e ética.

Salário

De acordo com o site Educa Mais Brasil, o salário de um tecnólogo em Cozinha Contemporânea varia entre R$ 1.725,80 para trainee em uma pequena empresa, até R$ 11.090,38 como master em uma grande empresa. Sendo que um profissional nível pleno em uma empresa de porte médio pode ganhar R$ 4.374,90. Esses valores foram retirados do SINE – Site Nacional de Empregos.

E você, se interessou pela profissão? Se você tem criatividade e capacidade de transformar ingredientes em pratos modernos e saborosos, já está no caminho! Dê o primeiro passo fazendo a matrícula no curso de Cozinha Contemporânea da Estácio.

Acompanhe mais informações sobre cursos, bolsas, mercado de trabalho e dicas no blog da Estácio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *