Conheça o curso de Gestão de Recursos Humanos

A área de recursos humanos está em alta nas empresas, afinal, ela é capaz de implementar iniciativas para tornar os colaboradores mais produtivos e alinhados aos objetivos da companhia. Sua função vai muito além de recrutar e selecionar profissionais: o setor gerencia pessoas e processos organizacionais. Para trabalhar com isso, o ideal é fazer uma graduação em Gestão de Recursos Humanos.

Antigamente, trabalhar no RH era burocrático e operacional. Hoje, porém, essa função é altamente estratégica. É ela que garante a formação de equipes de alta performance e a retenção dos profissionais, bem como é responsável por deixar a empresa em dia com a complexa legislação trabalhista do País. Em uma pesquisa da plataforma Qulture.Rocks feita com 1,8 mil profissionais de RH de diversos setores, 61% dos respondentes afirmaram que o RH participa ativamente das decisões estratégicas da empresa, além de 62% destacarem que o CEO apoia as iniciativas da área. Abaixo, separamos algumas informações sobre o segmento e o curso de Gestão de Recursos Humanos.

Gestão de Recursos Humanos: mercado de trabalho e graduação

Na Estácio, uma das maiores instituições de ensino superior privadas do Brasil, o curso de Gestão de Recursos Humanos é ofertado nas modalidades presencial e EaD e tem duração de dois anos.

Empresas de todos os portes necessitam de profissionais com conhecimentos em Gestão de Recursos Humanos, desde as pequenas até as grandes multinacionais.

De acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia, disponibilizado pelo Ministério da Educação (MEC), são esses profissionais que planejam e gerenciam os sistemas de gestão de pessoas, como recrutamento e seleção, cargos e salários, treinamento e desenvolvimento, rotinas de pessoal e benefícios.

Também são eles que fazem os planos de carreira e promovem o desenvolvimento do comportamento individual, de grupo e organizacional. Outras atribuições dos gestores de RH são gerenciar as avaliações de desempenho e analisar a necessidade de contratação de novos funcionários.

Confira o que fazem os profissionais de RH nos cargos a seguir:

1. Analista de recrutamento e seleção

O analista de recrutamento e seleção é responsável por fazer todo o processo de admissão dos novos colaboradores, desde o recrutamento e seleção até a contratação.

Para isso, também organiza as ferramentas necessárias, estuda os perfis de cada candidato e procura o ideal para preencher uma vaga específica. Segundo o portal Catho, sua remuneração média é de R$ 2,6 mil, sendo São Paulo o estado onde se paga melhor a esses profissionais.

2. Analista de desenvolvimento humano

O analista de desenvolvimento humano cuida da implementação e manutenção dos programas de treinamento e desenvolvimento, organizando os eventos de integração e acompanhando o plano de desenvolvimento individual do quadro de colaboradores.

Faz parte de suas funções desenvolver e colocar para rodar os programas de avaliação de desempenho. A média salarial é de R$ 2,9 mil, também com destaque para São Paulo.

3. Coordenador de RH

É o cargo diretamente ligado ao cumprimento das leis trabalhistas, contratação de funcionários, renovação de contratos, desligamentos e processos de aposentadoria.

É responsável por atividades do departamento de pessoal relacionadas a comissões, empréstimos e salários. Com remuneração de, em média, R$ 4,4 mil, as melhores oportunidades estão em Santa Catarina.

4. Business partner

É o consultor interno de recursos humanos, que precisa analisar e modificar, quando necessário, as políticas estabelecidas nesse setor da companhia. Para isso, precisa conhecer com profundidade os processos e as estratégias da área.

O salário médio é de R$ 4,7 mil e os dados da pesquisa da Catho são insuficientes para apontar o estado que apresenta as melhores remunerações.

5. Gerente de RH

É quem articula as atividades dos outros profissionais de recursos humanos, sendo o responsável por gerir pessoas. Ele define as políticas de RH, gerencia os cursos da área, entre outras atribuições. Sua remuneração média é de R$ 7,2 mil, com destaque para o estado de Pernambuco no que diz respeito aos melhores salários.

6. Diretor de RH

É o cargo mais alto disponível nos setores de RH das empresas. O diretor de RH é quem organiza todos os colaboradores, acompanhando o desempenho, promovendo cursos e palestras, entre outras atividades necessárias para o aperfeiçoamento da empresa.

Também é o diretor de RH quem garante que sejam cumpridas as políticas de RH da companhia. Ele é o responsável pelas ações de planejamento, gestão de carreira e atuação dos colaboradores. Um diretor de RH ganha, em média, R$ 21,4 mil.

Disciplinas da graduação em Gestão de Recursos Humanos

Saiba mais sobre as principais disciplinas do curso de Gestão de Recursos Humanos oferecidas na Estácio:

1. Economia Empresarial

A disciplina de Economia Empresarial tem como objetivos: apresentar os conceitos de oferta, demanda, elasticidade e mercado; expor o funcionamento de uma empresa; abordar a discussão sobre emprego, renda e crescimento; analisar o setor público e discutir sobre juros, câmbio, inflação, moeda e setor externo.

2. Comportamento Organizacional

A disciplina de Comportamento Organizacional trata dos valores, crenças e objetivos das companhias, os quais são compartilhados pela gestão e pelos funcionários e dependem do comportamento individual de cada colaborador.

Partindo do princípio de que cada profissional influencia no todo, alguns fatores que podem interferir no processo são as habilidades, a produtividade e as motivações. Assim, estudar o comportamento individual e dos grupos é importante para melhorar a eficácia das organizações.

3. Recrutamento e Seleção de Talentos

A disciplina de Recrutamento e Seleção de Talentos mostrará aos alunos como atrair os melhores candidatos para ocupar as oportunidades abertas em uma empresa. O profissional desse segmento irá aplicar testes e entrevistas para avaliar as competências técnicas e comportamentais dos possíveis colaboradores, selecionando os melhores de acordo com as necessidades de cada vaga.

4. Sistemas de Informação de RH

A transformação digital também tem modificado a atuação do RH. No estudo da Qulture.Rocks, o uso da tecnologia foi considerado decisivo para a área de RH por 91% dos participantes.

A tecnologia chega ao setor para auxiliar na economia de recursos, reduzir a burocracia, melhorar o processo de recrutamento e seleção, centralizar dados, produzir estatísticas e auxiliar nas tomadas de decisões. A disciplina existe para mostrar aos acadêmicos como fazer o melhor uso dos softwares utilizados em cada caso.

5. Gestão de Rotinas e Processos Trabalhistas

Estudar Gestão de Rotinas e Processos Trabalhistas é importante para compreender as rotinas trabalhistas e as práticas dos departamentos de RH relacionadas ao recrutamento, seleção, contratação, retenção e demissão de funcionários. Assim, os profissionais farão o uso adequado das normativas trabalhistas na gestão das organizações.

6. Relações Trabalhistas e Sindicais

É essencial ao estudante de Gestão de Recursos Humanos entender como são as relações de trabalho no Brasil, o conflito trabalhista, as formas de regulação, a negociação coletiva e o movimento sindical — todos esses temas são abordados na matéria de Relações Trabalhistas e Sindicais.

7. Gerenciamento de Projetos

Em Gerenciamento de Projetos aprende-se a aplicar conhecimentos, habilidades e técnicas para executar projetos da melhor forma. Assim, as empresas atingem melhores resultados e conseguem alcançar mais facilmente os objetivos de negócio. Para gerenciar projetos, é preciso saber lidar com escopo, tempo, custo e qualidade.

8. Gestão de Carreiras e Desenvolvimento

A gestão de carreiras é importante tanto para reter os melhores talentos quanto para aproveitar da melhor forma as habilidades dos colaboradores. Ela é uma prática gerencial que busca estabelecer trajetórias de carreira, garantindo que os funcionários tenham perspectivas de se desenvolver e ascender profissionalmente dentro da companhia.

A gestão de carreira também serve para conciliar as expectativas de carreira das pessoas com as necessidades organizacionais.

Outras disciplinas do curso de Gestão de Recursos Humanos

Também fazem parte da grade curricular da graduação em Gestão de Recursos Humanos da Estácio as seguintes disciplinas:

  • Princípios de Gestão;
  • Comunicação Contemporânea;
  • Legislação Fiscal, Trabalhista e Previdenciária;
  • Negociação e Gestão do Clima Organizacional;
  • Técnicas de Negociação;
  • Técnicas de Seleção;
  • Cultura Empreendedora;
  • Estatística e Probabilidade;
  • Gestão de Rotinas e Processos Trabalhistas;
  • Liderança e Coaching;
  • Planejamento e Gestão Estratégica de Pessoas;
  • Saúde, Segurança e Qualidade de Vida no Trabalho;
  • Consultoria e Auditoria de Processos de Gestão de Pessoas;
  • Gestão de Desempenho e Métricas;
  • Modelagem de Cargos e Salários;
  • Remuneração Estratégica.

Perfil necessário para trabalhar com Gestão de Recursos Humanos

Existem algumas características que fazem a diferença no bom desempenho na Gestão de Recursos Humanos. Para seguir essa carreira, o profissional precisa ter capacidade de liderança e conseguir se comunicar bem.

Além disso, deve saber delegar, trabalhar em equipe, ser imparcial e objetivo, ou seja, sem rodeios na comunicação com o colaborador. A organização é outro aspecto importante, já que quem trabalha com RH gerencia projetos e precisa lidar com planilhas, e-mails e contratos.

Você gostou deste post? Acha que a área de recursos humanos é a ideal para você? Então aproveite para saber mais sobre a graduação ofertada na Estácio. Se tiver quaisquer dúvidas, estamos à disposição para ajudá-lo. Aproveite também para visitar o campus mais próximo e conhecer a infraestrutura da universidade.

Fique de olho em nosso blog e confira todas as novidades sobre mercado de trabalho e processos seletivos, assim como dicas de estudos e produtividade. Temos ainda conteúdos aprofundados sobre outras graduações, como Psicologia e Ciências Contábeis. Até a próxima!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *