A carreira de Comércio Exterior envolve operações de compra e venda de bens e produtos entre países diferentes.

E para isso o profissional que atua nessa área precisa se capacitar para mediar as relações entre vendedores e compradores, além de cuidar do planejamento e gestão logística e de operações.

Um profissional de sucesso precisa estar sempre atualizado sobre os acontecimentos econômicos, políticos e diplomáticos que envolvem os principais mercados mundiais. Além, é claro, de acompanhar as tendências de consumo nacionais e internacionais.

Se você tem interesse em saber mais sobre a carreira na área, continue acompanhando nosso artigo. 

Confira o que é preciso para atuar no Comércio Exterior, as modalidades de formação e o que esperar do mercado de trabalho. Boa leitura!

CONHEÇA O CURSO DE COMÉRCIO EXTERIOR DA ESTÁCIO

Como se tornar um profissional de Comércio Exterior

Para se tornar um profissional de Comércio Exterior, o aluno possui algumas opções. São elas:

Todas essas formações capacitam os profissionais a mediar as relações de compra e venda entre países diferentes, e outras atividades correlacionadas.

No artigo de hoje, vamos focar na graduação superior tecnológica em Comércio Exterior, que tem duração média de dois anos e pode ser feita de forma presencial ou a distância.

Durante esse período, o aluno recebe orientações profissionais para:

  • aprender a melhor forma de acompanhar os fatos políticos, diplomáticos e econômicos do mundo;
  • analisar tendências de mercado;
  • identificar oportunidades;
  • planejar e definir logísticas;
  • planejar e executar operações comerciais;
  • criar estratégias de marketing;
  • definir e negociar valor de frete;
  • cuidar da estocagem de produtos;
  • atuar junto a instituições financeiras, agências governamentais de desenvolvimento econômico, operadoras de câmbio e de seguro; e outras atividades.

Leia também: 6 caminhos para conseguir bolsas de estudo para a faculdade

Principais disciplinas do curso

A Estácio de Sá é uma das universidades que oferecem o curso de graduação tecnológico em Comércio Exterior. 

Na instituição o aluno pode optar por duas modalidades de graduação: a graduação presencial, que oferece maior convivência no mundo universitário e uma pequena carga horária online de até 20%; ou a graduação a distância, com flexibilidade para estudar onde e quando quiser, com aulas 100% online.

A grade curricular do curso tem pouca variação entre uma modalidade e outra. Mas hoje vamos conhecer um pouco mais sobre as principais disciplinas do curso de Comércio Exterior presencial. Veja só:

Grade curricular do curso presencial em Comércio Exterior

  • Economia Empresarial;
  • Fundamentos de Filosofia e Sociologia;
  • Fundamentos de Matemática;
  • Introdução à Contabilidade;
  • Língua Portuguesa;
  • Princípios de Gestão;
  • Comportamento Organizacional;
  • Comunicação Contemporânea;
  • Filosofia, Ética e Cidadania;
  • Gerência em Importação;
  • Legislação Fiscal, Trabalhista e Previdenciária;
  • Matemática para Negócios;
  • Recrutamento e Seleção de Talentos;
  • Tópicos em Libras: Surdez e Inclusão;
  • Fundamentos de Comércio Exterior;
  • Gestão da Cadeia de Suprimentos;
  • Logística Internacional;
  • Marketing Internacional;
  • Teoria e Prática Cambial;
  • Transporte Marítimo Internacional;
  • Gerência de Exportação;
  • Informática Aplicada ao SISCOMEX;
  • Legislação Aduaneira;
  • Organização e Estrutura Portuária;
  • Pagamentos Internacionais;
  • Política Ambiental Global;
  • Relações Jurídicas Internacionais.

O que faz um profissional de Comércio Exterior

Como já explicamos no início deste artigo, o profissional de Comércio Exterior é responsável por realizar operações de importação e exportação de produtos e serviços no comércio internacional.

Para isso, esse profissional é responsável por desenvolver operações e negociações, e traçar planos que envolvem logística, armazenamento, documentação etc.

Além disso, o profissional de Comércio Exterior pode atuar como analista do mercado internacional e participar ativamente de feiras e da promoção de serviços que envolvam todas as vertentes de uma negociação entre países.

Entre as atividades que esse profissional pode desenvolver estão:

  • Agenciamento de carga: atividade que envolve a contratação de frete, seguros internacionais e acompanhamento de embarque e desembarque de insumos e demais produtos em portos e aeroportos.
  • Analista de negociações: atuar de forma intermediária na negociação de contratos com empresas estrangeiras conforme a legislação vigente nos países envolvidos. 
  • Consultoria em Comércio Exterior: atuar como consultor em empresas de pequeno e médio porte em negociações internacionais, importações e exportações.
  • Cotação: realizar a cotação de produtos e moedas internacionais.
  • Gestão: administração e gerenciamento de operações empresariais ou de setores de importação e exportação.
  • Logística: atuar no planejamento do transporte de produtos entre um país e outro (vendedor e comprador), levando em consideração custos, tempo de entrega, armazenamento e documentação. 
  • Marketing Internacional: o profissional que tem como foco o Marketing no Comércio Exterior se capacita para analisar o mercado e realizar as adaptações necessárias nos produtos e serviços conforme a cultura em que serão comercializados e inseridos.

É por essas e outras atividades que o profissional de Comércio Exterior precisa estar atualizado dos acontecimentos internacionais, conhecer a cultura de outros países e falar fluentemente outro idioma.

Como é o mercado de trabalho para esse profissional

O profissional de Comércio Exterior possui amplas oportunidades no mercado de trabalho, principalmente em empresas privadas que atuam na importação e exportação de insumos.

Além disso, esse profissional também encontra boas oportunidades de emprego em empresas importadoras e outras que atuam nos setores de:

  • Logística;
  • Câmbio;
  • Seguro;
  • Instituições Financeiras;
  • Agências Governamentais de Desenvolvimento Econômico;
  • E-Commerces, entre outros.

Como a legislação e negociações aduaneiras do Brasil são bastante complicadas e burocráticas, o profissional de Comércio Exterior é muito procurado para ocupar vagas que cuidam dessas atividades.

Geralmente o profissional de Comércio Exterior inicia a sua carreira profissional ocupando o cargo de Analista, e com o passar do tempo e da experiência adquirida pode chegar ao cargo de Diretor.

Qual o salário de um tecnólogo em Comércio Exterior

Segundo informações do Sistema Nacional de Empregos (SINE), o salário de um tecnólogo em Comércio Exterior pode variar entre R$ 1.795,44 (no início da carreira) e R$ 7.407,93 (ocupando um cargo master em uma grande empresa).

O valor salarial é influenciado por diversos fatores, como o porte da empresa e o cargo ocupado.

De forma geral podemos afirmar que oportunidades de emprego para profissionais de Comércio Exterior não faltam. 

Mesmo em momentos de crise econômica, o comércio entre os países não para, e esses profissionais se tornam peças fundamentais para a realização de bons negócios.

Se você se interessou pela profissão, não perca mais tempo e garanta já o seu diploma em Comércio Exterior com a qualidade Estácio de Sá. Faça agora mesmo a sua inscrição e veja como ganhar uma bolsa de estudos de até 50%!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui