O mercado para o programador é um dos mais promissores atualmente. O profissional está entre os mais bem pagos e sempre tem espaço em empresas diversas. Por isso, muita gente procura um curso de programação para desenvolver as habilidades e tentar a chance de emprego.

O programador é o responsável por desenvolver e aperfeiçoar softwares dos mais diversos tipos. Programas de computadores, aplicativos, sites e até mesmo complexos sistemas de empresas. Essa é uma parte do trabalho do profissional.

Com isso, é fácil entender porque a área atrai tanto interesse. A criação de sistemas é algo muito comum no mercado e por isso a procura pelo programador é tão grande. Assim, encontrar um bom curso de programação é a melhor maneira de entrar no mercado. Vamos ver alguns desses cursos?

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

Saiba mais: Estácio acesso simplificado: veja como ingressar de forma fácil

Por que aprender programação?

Uma das razões a gente até já abordou: o mercado pede profissionais qualificados. Que empresa que leva seu trabalho a sério e não tem um bom e-commerce, por exemplo? Ou mesmo um aplicativo para otimizar o serviço? Aí entra o trabalho do programador.

Isso fica mais óbvio se a gente observar o crescimento do setor de tecnologia. Segundo dados de 2021, da Associação Brasileira das Empresas de Software, esse segmento cresceu 22,9% no Brasil, com investimento de cerca de R$ 200,3 bilhões.

Precisa dizer mais? É inegável como entender as linguagens de programação pode dar uma guinada na sua carreira. Dessa forma, investir num curso de programação é o primeiro passo para aproveitar as ótimas oportunidades de emprego.

Só para você ter uma ideia: de acordo com o site Salário, a média salarial do profissional iniciante é de R$ 4.774, para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais.

Curso de programação: opções de cursos online

Bom, você já sabe que vale a pena investir. Então vamos começar a explorar as possibilidades de cursos. Primeiro, vamos focar nas opções online, com duração menor e sem tanto valor acadêmico, como é o caso das graduações e pós-graduações.

Mesmo sem o valor acadêmico, os cursos livres possuem grande aceitação profissional e vão dar as bases para as principais linguagens de programação, como o JavaScript, Python, C#, HTML e CSS.

Udemy

A Udemy é uma plataforma bem popular entre os “curseiros”. Nela, você vai achar aulas online nos mais diversos segmentos e a área de programação oferece boas possibilidades.

Por exemplo, se quiser aprender como desenvolver para Android, pode escolher um curso focado nessa linguagem. Também é possível aprender sobre Java, HTML ou optar por um curso mais generalista, com abordagem ampla.

Porém, é bom entender que cada opção possui professores diferentes e ementa específica. Por isso, leia bastante sobre os ministrantes e analise a grade curricular, antes de iniciar as aulas.

DevMedia

A DevMedia é um site especializado em formar programadores. Dessa forma, é possível encontrar cursos dos mais diversos tipos de linguagem, indo desde o HTML até o Python, passando por Banco de Dados e fundamentos básicos da profissão.

O bom do site é que ele já se tornou uma das principais referências quando o assunto é desenvolvimento de softwares. Os professores são qualificados e há métodos inovadores de exercícios, apostando na gamificação para ensinar os alunos.

Curso de programação: opções de graduação

Não dá pra deixar os cursos mais tradicionais de fora. Eles são aprovados pelos órgãos educacionais, abordam as temáticas de forma mais completa e rendem excelentes conhecimentos aos futuros profissionais.

Separamos duas opções de cursos que vão dar as bases para quem quer desenvolver software: DevOps e Engenharia de Software. Ambos são oferecidos pela Estácio e podem ser feitos na modalidade EAD.

DevOps

O DevOps Estácio é um tecnólogo, ou seja, um curso focado nas demandas do mercado de trabalho, com duração de dois anos. O nome faz alusão a “Desenvolvimento e Operações Integrados” e é direcionado para quem quer aprender a programar.

Durante a graduação, os estudantes entendem como funciona o desenvolvimento de um programa e como mantê-lo funcionando. Também são preparados para corrigirem erros e antecipar situações problemáticas.

No fim, podemos dizer que o DevOps Estácio mostra de forma completa o funcionamento de computadores e softwares, sendo um curso multidisciplinar. Entre as principais matérias estão:

  • Cloud, IOT e Indústria 4.0 em Python;
  • Engenharia e Modelagem se Software;
  • Gestão de Serviços de TI;
  • Web em HTML5, CSS, Javascript E Php.

Engenharia de Software

Finalizando nossa lista, o bacharelado em Engenharia de Software pode ser a melhor opção. Ele se dedica a ensinar como produzir softwares e novos programas. Os alunos entram em contato com um universo gigante de criação de aplicativos, jogos e outras plataformas digitais.

Além disso, a Engenharia de Software também foca em modelos bem específicos, para aumentar ainda mais os conhecimentos dos universitários. Durante a faculdade, você entenderá como programar sistemas nas áreas médicas e bancárias, por exemplo.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO NA PÓS-GRADUAÇÃO DA ESTÁCIO E CRESÇA NA CARREIRA

Leia também: Como entrar na Estácio em 2022? Conheça as maneiras

Vai fazer um curso de programação?

Parece ser uma boa, não acha? Tem bom salário e ótimas opções de cursos. No fim, é inegável como é uma carreira em ascensão.

Gostou do nosso texto? Continue lendo o que postamos no nosso blog.