O mercado de Tecnologia da Informação (TI) é um dos que mais cresce em todo o mundo, inclusive no Brasil. Cada vez mais empresas precisam de profissionais com capacidade de desenvolver sistemas próprios, seja para portais de internet ou smartphones. Nesse cenário, vale a pena entender mais sobre a faculdade de Engenharia de Software da Estácio.

O engenheiro de software possui um papel primordial nos sistemas atuais. Não à toa, é uma das graduações mais prestigiadas, com boas perspectivas de salários no mercado de trabalho. Segundo o site Salário.com, a média do profissional ultrapassa os R$ 10 mil, sendo uma das profissões mais bem pagas no país.

Razões não faltam para considerar essa opção. Mas você sabia que pode fazer ela como graduação ou pós-graduação? Entenda todos os detalhes desse curso e porque optar pela Estácio. Vamos lá?

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

Leia também: Proatividade: confira por que é importante e dicas para agir

Como é a faculdade de Engenharia de Software?

Como comentamos antes, muitas empresas estão automatizando seus serviços e criando plataformas próprias, com sistemas particulares, desenvolvidos especificamente para elas. Assim, o engenheiro de software é responsável por desenvolver softwares e programas de computadores.

Sabe aquele sistema incrível da iOS ou Android? Ou ainda os aplicativos que utilizamos no dia a dia, para facilitar nossa vida? Muito daquele conteúdo foi desenvolvido por engenheiros de software, os quais planejam, estudam e produzem os programas computacionais mais usados na sociedade.

Com isso, dá de perceber como esse trabalho é importante para o segmento de tecnologia. Na prática, esse profissional atua nos sistemas de informação de empresas, desenvolve sites e outros portais na internet, nos aplicativos e em jogos.

Assim, além de produzirem softwares, são responsáveis por gerenciar projetos, arquitetar o design de programas e outras situações ligadas à TI.

Mercado de trabalho

Vamos refletir quantos elementos da nossa vida precisam de um bom sistema operacional? Com isso, fica fácil notar como funciona o mercado de trabalho desse engenheiro. Mas é bom pontuarmos que essa profissão é considerada uma das mais valorizadas do mercado.

Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES), de 2020, a área de Engenharia de Software está em ascensão no Brasil e no mundo. Aliás, o nosso país está em nono lugar no ranking dos maiores mercados para o segmento.

Entre as principais funções do profissional, se destacam:

  • Agente de Desenvolvimento de Banco de Dados;
  • Analista de Desenvolvimento;
  • Engenheiro de Software;
  • Supervisor de Gestão.

Engenharia de Software Estácio

A faculdade de Engenharia de Software Estácio já se destaca como uma das mais concorridas e prestigiadas no Brasil. Ela oferece aulas com professores capacitados e experientes dentro da área, além de infraestrutura de primeira. São diversos laboratórios e salas de aulas equipadas para receberem os alunos.

Com duração de 5 anos, a graduação ensina o desenvolvimento de softwares, enquanto forma alunos capazes de desenhar e testar novos programas. Na Estácio, os estudantes entram em contato com a criação de aplicativos, jogos e outras plataformas digitais. Além disso, aprendem sobre sistemas específicos.

Geralmente a Engenharia de Software da Estácio pode ser feita de forma presencial e a distância (EAD). Os valores variam conforme o campus em questão e modalidade escolhida, mas a média fica entre R$ 154,95 e R$ 344,93. O valor fica cada vez menor, caso o aluno escolha o modo EAD.

Grade Curricular

Agora vamos falar de quais temas você vai estudar nessa graduação. Pensando nisso, separamos as principais matérias da faculdade de Engenharia de Software da Estácio. Confira a seguir:

  • Algoritmos Avançados;
  • Arquitetura de Sistemas;
  • Big Data;
  • Cálculo para Computação;
  • Desenvolvimento de Back-End;
  • Desenvolvimento de Front-End;
  • Engenharia de Produto;
  • Estrutura de Dados;
  • Fundamentos de redes de computadores;
  • Fundamentos de Sistemas de Informação;
  • Gestão de Projetos para T.I.;
  • Implementação de Banco de Dados;
  • Inovação Tecnológica;
  • Linhas de produtos de software;
  • Matemática Computacional;
  • Organização de Computadores;
  • Padrões de projeto de software;
  • Qualidade e testes de software;
  • Requisitos de Sistemas;
  • Sistemas Operacionais;
  • Sustentabilidade;
  • Tecnologias Web.

Pós-graduação em Engenharia de Software Estácio

Se você já é graduado, pode escolher fazer uma pós em Engenharia de Software na Estácio. O público-alvo são formados em cursos como Tecnologia em Processamento de Dados, Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Engenharia da Computação, Tecnólogo em Jogos Digitais, em Gestão de TI e Redes de Computadores.

A carga-horária dessa pós é de 361h e o aluno entra em contato com temas recorrentes na área, como modelagem de dados, métricas e qualidade de software, Linguagem de Modelagem Unificada (UML) e tópicos avançados em Engenharia de Software.

Porém, é importante saber que essa pós é presencial e pode ser encontrada em muitos campi da instituição. No sul e sudeste, por exemplo, o curso está disponível em Florianópolis e no Rio de Janeiro. Já no nordeste, você encontra em Recife, João Pessoa e Fortaleza.

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

Leia mais: MBTI: conheça o teste para identificar a personalidade das pessoas

Decidiu se vai fazer a faculdade de Engenharia de Software?

Deu pra ver como essa área é essencial, não é? Agora é só fazer sua matrícula na Estácio e começar sua graduação ou pós. Continue lendo novos conteúdos no nosso blog.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui