Escolher uma área específica para atuar é o primeiro passo de quem vai fazer uma faculdade. Com isso, quem é bom em números e tem um espírito inventivo acaba preferindo as Ciências Exatas. Com isso, naturalmente se pergunta pela área de engenharia e quais os tipos de engenharias que existem.

E olha, são muitos. E essa é exatamente a melhor parte disso. Ao contrário do que muitos acreditam, as faculdades de engenharia não são repetitivas ou iguais entre si. Existe muita variação e cada uma apresenta algo único e importante para o mercado de trabalho.

Por isso vale muito a pena saber quais os tipos de engenharias. Afinal, você precisa conhece-las para tomar uma decisão, não é? Pensando nisso, separamos as mais populares entre vestibulandos e outras mais recentes, com boas possibilidades de emprego. Vamos conferir?

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

Saiba mais: Estácio acesso simplificado: veja como ingressar de forma fácil

Quantos tipos de engenharias existem?

Já podemos adiantar: são mais de trinta. Elas variam conforme o assunto e acontece de uma ser similar a outra, mudando algumas abordagens. Apesar disso, todas possuem uma base bem técnica, com intenção de ensinar o aluno a pensar em soluções criativas e práticas.

Com isso, o engenheiro busca a melhoria na qualidade de vida das pessoas, a partir de diversas frentes, seja na construção de casas, no descarte correto de lixo ou mesmo na produção de alimentos. No fim, o engenheiro é um profissional essencial na sociedade.

Tipos de engenharias

Bom, já deu de perceber a quantidade de tipos de engenharias disponíveis no mercado. Mas nesse texto vamos focar em algumas das mais importantes. Primeiro você vai conhecer as mais populares e com grande possibilidade de mercado de trabalho.

Depois, vamos apresentar áreas mais recentes e menos tradicionais, mas com muito futuro. Lembre-se: muitos dos cursos a seguir estão disponíveis na Estácio, nas mais diversas modalidades: Flex, Presencial e EAD. Além do mais, são graduações de excelência, com aprovação do Ministério da Educação (MEC).

Engenharia Civil

Iniciando a lista está o curso de Engenharia Civil, um dos mais populares dentro da área. Nele, o aluno aprende a projetar e executar projetos de casas, edifícios, pontes, estradas e outros empreendimentos. Com isso, toda a parte de infraestrutura e transporte urbano depende do trabalho de um engenheiro civil.

Por isso, é uma das profissões mais importantes e com grandes chances de emprego. Afinal, o setor de construção é um dos mais antigos e sempre existe demanda para bons profissionais, seja no serviço público ou privado.

Engenharia Elétrica

Quem gostava de estudar eletrodinâmica na escola, com certeza deve considerar essa área. Afinal, o engenheiro elétrico atua exatamente nessa linha, sendo o responsável por buscar soluções em eficiência energética. Ou seja, ele está envolvido na geração, transmissão e distribuição de sistemas elétricos, dos mais diversos tipos e portes.

Ele pode atuar construindo sistemas de medição de energia elétrica e em projetos de iluminação urbana, por exemplo. Com isso, é um profissional valioso em estações de produção elétrica e centros de distribuição energética.

Engenharia Mecânica

A área mecânica talvez seja uma das mais versáteis dentro dos tipos de engenharias. Isso porque o profissional cuida do desenvolvimento e manutenção de máquinas e equipamentos, os quais podem estar em indústrias, montadoras ou transportadoras.

Logo, em quase todo local existe a necessidade de alguém capacitado para desenvolver e lidar com máquinas. Por isso, o engenheiro mecânico é fundamental e sempre bem quisto.

Engenharia Ambiental e Sanitária

Aqui o negócio muda um pouco de figura. Veja bem, todas as engenharias abordam temas bem específicos para a sua área, mas a Ambiental e Sanitária é uma das mais segmentadas. Isso porque o aluno entra em contato com elementos das Ciências Biológicas e Química.

E isso não é à toa. O engenheiro ambiental e sanitarista busca soluções para o desenvolvimento sustentável, em projetos que respeitam os limites dos recursos naturais. Um exemplo prático: indústrias precisam fazer o descarte ambientalmente correto de resíduos sólidos. Aí entra a orientação e estudo desse profissional.

No mais, ele também é responsável por construir ou avaliar sistemas de esgoto e de captação e distribuição de água.

Engenharia de Petróleo

Entrando nos novos tipos de engenharias, chegamos na que lida com questões relacionadas ao petróleo. Se você está bem informado, sabe como esse combustível fóssil é valorizado em boa parte do mundo. Por isso, o engenheiro de petróleo é um profissional muito cobiçado.

No dia a dia, ele utiliza seus conhecimentos matemáticos, físicos e químicos na busca por novas jazidas e na criação de técnicas e equipamentos para a extração do petróleo. Além disso, acompanha os processos na refinarias e tem influência na comercialização do elemento.

Engenharia de Software

Inovação tecnológica, gestão de sistemas de computadores e desenvolvimento de softwares. Essas são algumas das práticas do engenheiro de software, uma das profissões mais requisitadas.

Cada vez mais, as companhias querem automatizar e otimizar seus serviços. Dessa forma, é importante conseguir profissionais com a capacidade de criar plataformas digitais e ajudar nesse processo. Que tal optar por esse curso?

FAÇA SUA INSCRIÇÃO NA PÓS-GRADUAÇÃO DA ESTÁCIO E CRESÇA NA CARREIRA

Leia também: Como entrar na Estácio em 2022? Conheça as maneiras

Curtiu conhecer os tipos de engenharias?

Não falta opção para quem é fã de Ciências Exatas. Por isso, é definir a que encaixa nos seus pontos fortes e vontades e fazer a matrícula. Esse texto te ajudou? Continue lendo as postagens do nosso blog e continue bem informado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui