Servidores públicos: como progredir na carreira investindo na sua formação

Estabilidade não precisa significar acomodação. Cada vez mais, os servidores públicos têm buscado se capacitar e se atualizar, tanto pela vontade de expandir seus conhecimentos quanto pelo retorno financeiro que isso pode trazer. Esse interesse dos servidores por buscar qualificação é benéfico para eles e para a sociedade como um todo. Quem investe em uma segunda graduação ou em uma pós-graduação consegue melhorar o salário recebido através da progressão de carreira.

Na Justiça do Trabalho, por exemplo, os servidores públicos ganham adicional de qualificação de 12,5% por ter doutorado, 10% pelo mestrado e 7,5% pela especialização – nenhuma dessas gratificações de forma cumulativa. Já os servidores que ocupam cargos técnicos e têm diploma de curso superior ganham um adicional de 5% sobre o seu vencimento básico. A gratificação para quem faz algum curso acadêmico acima da formação necessária para o seu cargo depende do órgão onde a pessoa atua. Consulte a secretaria do local onde você trabalha para saber qual retorno financeiro está previsto.

Quais cursos podem ajudar na rotina dos diferentes perfis de servidores públicos?

A maioria dos servidores públicos trabalha em funções administrativas. Partindo desse princípio, separamos alguns cursos de graduação e de pós-graduação que poderão ajudá-lo a progredir na sua carreira, caso você trabalhe em uma dessas funções. Confira:

Cursos de graduação que podem agregar valor à função do servidor público

 

1. Administração

O curso de Administração é o mais completo para quem deseja aprender noções de gestão. Esse conhecimento poderá ser aplicado tanto em negócios privados quanto em órgãos públicos.

Um administrador aprende de forma aprofundada sobre planejamento estratégico, marketing, recursos humanos, auditoria, consultoria, finanças, logística, comércio exterior e sistemas da informação. Todo esse “arcabouço” de conhecimento poderá ajudar você em diferentes funções da administração pública – especialmente se a sua função for de gestor.

Veja quais as principais disciplinas que fazem parte da grade curricular dessa graduação na Estácio:

  • Fundamentos das Ciências Sociais;
  • Fundamentos de Contabilidade;
  • Fundamentos de Economia;
  • Fundamentos de Matemática;
  • Contabilidade Básica;
  • Filosofia, Ética e Cidadania;
  • Legislação Fiscal, Trabalhista e Previdenciária;
  • Matemática para Negócios;
  • Psicologia nas Organizações;
  • Redação Técnica;
  • Gestão Contábil, Comercial e Financeira;
  • Gestão de Rotinas e Passivos Trabalhistas;
  • Introdução à Administração;
  • Comunicação Organizacional;
  • Estatística e Probabilidade;
  • Gestão de Marketing;
  • Novos Negócios e Empreendedorismo;
  • Cenários Econômicos Sociais;
  • Gestão da Cadeia de Suprimentos;
  • Gestão Estratégica de Pessoas;
  • Análise das Demonstrações Financeiras;
  • Análise de Investimento;
  • Sistemas de Controles Internos;
  • Administração da Produção e Operações;
  • Negociação Empresarial.

2. Ciências Contábeis

O contador é o responsável por registrar as operações econômicas de empresas, organizações e instituições públicas de todos os portes, respeitando a legislação em vigor. O curso é indicado para quem é organizado e tem facilidade com números.

Os servidores públicos terão um grande ganho em suas atividades ao aprender mais sobre auditoria, contabilidade gerencial, perícia contábil, planejamento e controladoria. Entre as principais disciplinas desse curso, podemos citar as seguintes:

  • Economia Empresarial;
  • Princípios de Gestão;
  • Contabilidade Geral e Matemática para Negócios;
  • Filosofia, Ética e Cidadania;
  • Legislação Fiscal, Trabalhista e Previdenciária;
  • Raciocínio Lógico e Analítico;
  • Direito Empresarial e do Consumidor;
  • Contabilidade e Análise de Custos;
  • Gestão do Capital de Giro;
  • Legislação e Gestão Atuarial;
  • Formação de Preços;
  • Métodos Quantitativos;
  • Contabilidade Social;
  • Análise Financeira de Projetos;
  • Auditoria Operacional;
  • Mercado Financeiro.

3. Economia

Apesar de serem cursos parecidos, Ciências Contábeis e Economia têm matérias e objetivos diferentes. A maior semelhança entre os dois cursos é que ambos têm uma base sólida em Matemática.

O economista estuda de forma mais geral a produção e a distribuição dos bens na sociedade, não apenas dentro de uma instituição específica. Assim, ele é capacitado para analisar o ambiente externo e, a partir disso, identificar os fatores que podem acabar impactando em uma organização, como é o caso da mudança nas taxas de juros e o câmbio, por exemplo.

Confira algumas disciplinas que compõem a grade curricular da faculdade de Ciências Econômicas:

  • Economia Empresarial;
  • Fundamentos das Ciências Sociais;
  • Fundamentos de Matemática;
  • Introdução à Contabilidade;
  • Princípios de Gestão;
  • Comportamento Organizacional;
  • Comunicação Contemporânea;
  • Contabilidade Geral;
  • Filosofia, Ética e Cidadania;
  • Formação Econômica no Mundo Contemporâneo;
  • Matemática para Negócios;
  • Contabilidade e Análise de Custos;
  • Cultura Empreendedora;
  • Estatística Econômica;
  • Formação Econômica Brasileira;
  • História do Pensamento Econômico;
  • Macroeconomia;
  • Análise Microeconômica;
  • Contabilidade Social;
  • Desenvolvimento Econômico;
  • Economia Política;
  • Governança Corporativa, Risco e Compliance;
  • Legislação e Gestão Atuarial;
  • Métodos Quantitativos.

Cursos de pós-graduação úteis para servidores públicos

A Estácio também conta com diversos cursos de pós-graduação na área de gestão. Para os servidores públicos, existem alguns cursos diretamente relacionados à gestão pública e outros que podem ser aplicados a ela.

Confira alguns cursos de pós-graduação que podem ser bastante úteis para servidores públicos em busca de progressão de carreira:

  • Administração Pública;
  • Gestão de Projetos;
  • Gestão em Saúde Pública;
  • Gestão Financeira e Controladoria;
  • MBA em Gestão de Contas Públicas.

Além de incrementar o salário de quem atua em cargos de nível superior, esses cursos de graduação e de pós-graduação irão auxiliar os servidores públicos com as demandas do dia a dia. Outro ponto a se considerar é que para cargos de liderança normalmente são recrutados os funcionários que têm uma formação mais completa.

Você ainda tem dúvidas se este é o momento de investir em um curso de graduação ou de pós-graduação? Ou sobre qual o melhor curso para você alavancar a sua carreira? Então fique de olho em nosso blog e não perca conteúdos sobre as diferentes faculdades, modalidades, processos seletivos e bolsas de estudo. Até o próximo post!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *