A redação do Enem é uma das etapas mais temidas e mais importantes que compõem o Exame Nacional do Ensino Médio. E não é por menos. É que ter uma boa nota na prova de redação é fundamental para que o aluno possa conseguir uma vaga em uma universidade pública ou mesmo uma bolsa de estudos (que pode chegar a 100%) em uma universidade privada. 

Para você ter uma ideia, a Estácio oferece muitas oportunidades de acesso por meio da nota do Enem. Por isso, fique atento! O aluno que zera a prova de redação do Enem é desconsiderado dos processos de seleção das instituições de ensino. Mas com tanta pressão para se conquistar uma boa nota de redação do Enem será possível atingir a pontuação máxima nesta etapa?

A resposta é sim! E é sobre isso que vamos tratar neste post. Conheça mais sobre a redação do Enem e confira algumas dicas para que você possa colocar em prática desde de já e, com esforço e dedicação, conseguir atingir uma nota alta no Exame!

Boa leitura!

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

Leia mais: Como utilizar o resultado do Enem para conseguir uma bolsa?

Como é a redação do Enem

A prova de redação do Enem consiste em uma frase-tema relacionada a algum evento ou problema atual que atinge o país. 

A partir da apresentação da frase-tema é cobrado do aluno que ele apresente um texto, em até 30 linhas, com uma proposta de intervenção e na forma de dissertação argumentativa.

Junto a frase-tema, a prova traz também alguns textos de apoio, que podem ser quadrinhos, notícias, pesquisas, entre outros. Tudo isso para auxiliar o aluno a refletir sobre a temática proposta e também a fazer inferências.

Como é avaliada a redação do Enem

A redação do Enem é avaliada a partir de 5 competências pré-definidas (que vamos ver logo a seguir).

Segundo divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), cada prova de redação é corrigida por uma dupla de professores através de uma plataforma online. Os textos não possuem identificação e os professores desconhecem as notas que cada um atribuiu.

Cada professor-avaliador recebe até 200 redações por dia, e para participar deste processo de revisão, é preciso ser aprovado em um processo do MEC.

Caso ocorra uma discrepância entre as notas, um terceiro professor é convidado para realizar mais uma avaliação. E a nota final é dada após a realização de uma média aritmética das duas notas totais que mais se aproximam.

Leia também: Como funciona o Prouni e como utilizar a nota do Enem para conseguir uma vaga?

Quais os critérios avaliados na prova de redação

Os professores avaliadores da redação do Enem precisam avaliar 5 competências para darem a nota final. Essas competências são:

Domínio da norma culta da língua escrita

Mostrar domínio da norma culta da língua portuguesa é uma das competências avaliadas pelos professores na hora da correção. Essa competência está relacionada a cuidados com:

  • Ortografia;
  • Concordância;
  • Regência;
  • Semântica.

Quem quer se sair bem na avaliação dessa competência precisa se dedicar bastante ao estudo da língua portuguesa e, é claro, as leituras.

Leia também: A internet pode ajudar ou prejudicar os seus estudos?

Compreensão da proposta de redação

Neste quesito é avaliado o quanto o aluno entendeu sobre a proposta da prova e também a aplicação dos conceitos das diversas áreas de conhecimento necessárias para o desenvolvimento do tema proposto.

Tudo isso, é claro, obedecendo os limites de estrutura de um texto-argumentativo conforme é exigido na prova.

A dica para se sair bem em relação a essa competência é controlar a ansiedade e buscar compreender aquilo que está sendo pedido e relacionado a frase-tema apresentada. E, é claro, ter atenção se durante toda a redação você obedeceu ao tema proposto.

Coerência do texto

Outro ponto observado e avaliado pelos professores é se o aluno foi claro e apresentou suas ideias de forma bem definida e justificada com argumentos. Estamos falando da coerência do texto.

Por isso, é importante que ao ler a temática proposta, você consiga elaborar um planejamento de sua redação, anotando e organizando suas ideias antes de iniciar a escrita.

Mecanismos linguísticos para construção da argumentação

Outro ponto exigido dos alunos na construção da redação do Enem é demonstrar que conhece os mecanismos linguísticos essenciais para construir uma argumentação.

Neste ponto são avaliados:

  • Coesão do texto;
  • Boa estrutura de parágrafos e períodos;
  • Apresentação de uma estrutura lógica e formal.

Aqui, mais uma vez, é essencial o estudo da língua portuguesa e também a prática da construção dos mais variados estilos de texto. É com essa bagagem que o aluno conseguirá ter uma visão mais crítica e cuidadosa do texto que será entregue.

Elaboração de proposta de intervenção para o problema proposto

A competência 5 avalia se o aluno conseguiu elaborar uma proposta para solucionar o problema apresentado e levando em consideração dois pontos importantes: o respeito aos Direitos Humanos e a consideração pela diversidade sociocultural.

De forma prática, podemos dizer que é necessário que o aluno apresente um texto com uma solução concreta e também acessível ao problema apresentado na prova.

Para se sair bem neste quesito é fundamental que o aluno tenha um conhecimento amplo dos principais temas que movimentam a sociedade e que consiga fazer relações com as disciplinas estudadas em sala de aula.

5 dicas para se preparar para uma redação nota mil no Enem

Agora que você já conhece as competências avaliadas na correção da prova do Enem e conferiu algumas dicas para se sair bem no exame, que tal começar a praticar? 

Para isso, listamos 5 dicas que podem ser bastante úteis para desenvolvimento de seu texto e preparo para o grande dia da prova. 

Veja só:

1 – Leia textos argumentativos e pratique a escrita

Como você já sabe, a prova do Enem exige que o aluno escreva uma redação na forma de dissertação argumentativa. Por isso, conhecer esse estilo de texto faz toda a diferença na hora de fazer a prova.

A dica é buscar textos desse estilo e ler atentamente. Observe cada ponto da estrutura para que, em seguida, você possa praticar a escrita de redações dissertativas.

Lembrando que esse estilo de texto exige um pensamento crítico sobre determinada ideia. Além de bons argumentos em defesa de seu posicionamento.

Leia também: Como evitar que a procrastinação prejudique seus estudos

2 – Estude e treine a partir dos temas das edições anteriores

Que tal fazer um simulado da redação do Enem? Para isso, a dica é conhecer os temas apresentados nos últimos anos da prova e criar a sua dissertação argumentativa a partir deles.

Para ajudar você, listamos aqui os últimos 10 temas de redação que foram cobrados em edições anteriores do Enem:

  • 2019 – Democratização do acesso ao cinema no Brasil
  • 2018 – Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet
  • 2017 – Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil
  • 2016 – Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil
  • 2015 – A persistência da violência contra a mulher no Brasil
  • 2014 Publicidade infantil em questão no Brasil
  • 2013 – Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil
  • 2012 – O movimento imigratório para o Brasil no século XXI
  • 2011 – Viver em rede no século XXI: os limites entre o público e o privado
  • 2010 – O trabalho na construção da dignidade humana

3 – Treine o limite de linhas e o tempo de produção do seu texto

Partindo do pressuposto que você utilizará um dos temas anteriores do Enem para treinar sua redação, que tal também cronometrar o tempo que você leva para escrever? Isso sempre obedecendo o limite de linhas exigido na prova.

Dessa forma o seu treinamento será completo. Você conseguirá identificar alguns pontos que você precisa otimizar para cumprir as exigências da prova.

4 – Não se esqueça da revisão

Para fechar o seu treinamento prático de redação, não deixe de revisar todo o conteúdo levando em consideração cada  uma das 5 competências exigidas pelos avaliadores.

Dessa forma, além de deixar o seu texto cada vez mais completo, você acabará assimilando os pontos exigidos na prova. Facilitando seu entendimento e a elaboração de seu texto.

5 – Leia muito

E aqui, uma dica básica para qualquer pessoa que deseja fazer uma redação: leia. Leia muito e leia de tudo!

É claro que durante a preparação para o Enem você irá priorizar a leitura de textos dissertativos. Mas ler outros estilos ajudará você a aumentar o seu vocabulário e desenvolver a sua criatividade.

E se você tem mais alguma dica para fazer uma redação do Enem nota mil, deixe sua colaboração nos comentários.

Acompanhe mais informações sobre cursos, bolsas, mercado de trabalho e dicas no blog da Estácio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui