Depois de muito estudo e dedicação durante o ano inteiro, alunos de todo o Brasil estão na expectativa pelo resultado do Enem. Um bom desempenho nesse exame significa a oportunidade de muitos jovens ingressarem no ensino superior em 2020 por meio de bolsas de estudos.

Instituições de ensino superior privadas e o governo federal contam com programas que oferecem bolsas de estudos parciais ou integrais, de acordo com o desempenho dos alunos no Enem. Quer saber como usar o resultado do Enem para conseguir uma vaga na faculdade dos seus sonhos? Então continue a leitura!

Duas principais formas de conseguir bolsa de até 100% usando o resultado do Enem

 

Você acha que conseguiu se sair bem no último Enem? Acredita que fez uma ótima redação e que acertou a maioria das questões das áreas do conhecimento que são avaliadas no exame?

Se você está apenas esperando o resultado do Enem para escolher em que universidade irá estudar e está planejando optar por uma instituição de ensino privada, confira as duas principais formas de conseguir uma bolsa de estudos a partir da nota que você alcançou no último Enem:

ProUni

Uma das formas de utilizar o resultado do Enem para  ingressar em uma universidade privada com bolsa de estudo é por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni).

Essa iniciativa do governo federal oferece bolsas integrais (100%) e parciais (50%) em instituições de ensino superior em todo o território nacional.

O processo de seleção é digital e as vagas são distribuídas entre os concorrentes com as notas mais altas.

As exigências para concorrer a uma bolsa no ProUni usando o resultado do Enem são as seguintes:

  • Comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até três salários mínimos para as bolsas parciais;
  • Ter sido aluno de ensino médio em escola pública ou particular na condição de bolsista integral;
  • Atingir pelo menos 450 pontos na média geral das provas do Enem;
  • Ter nota maior que zero na redação.

Essas condições são obrigatórias simultaneamente. A inscrições para o programa são abertas duas vezes por ano, normalmente em janeiro e junho, e você pode usar sua nota mais recente no Enem.

Universidades privadas

Algumas instituições privadas aceitam o resultado do Enem em substituição ao processo seletivo. Além de poupar o acadêmico de ter que fazer o vestibular, essas universidades utilizam o desempenho no exame para conceder bolsas de estudo, que geralmente têm benefícios proporcionais à nota.

Essa forma de trabalhar com o desempenho dos alunos no Enem é seguida pela Universidade Estácio de Sá, por exemplo. Na nossa instituição de ensino, o valor da bolsa de estudo oferecida depende da nota do aluno no exame.

O mínimo de bolsa oferecida pela Estácio na forma de ingresso pelo Enem é de 40% em todas as mensalidades. Todavia, essa bolsa pode chegar a 100% no primeiro semestre e a 50% no restante das mensalidades do curso.

Confira como a Estácio trabalha com o resultado do Enem dos seus egressos para oferecer as suas bolsas de estudo:

  • Nota entre 300 e 500 pontos no Enem nos últimos cinco anos: 40% de bolsa de estudo durante todo o curso;
  • Nota de 501 a 700: 45% de bolsa;
  • Nota de 701 a 900: 50% de desconto;
  • Nota acima de 900: direito a 100% de bolsa no primeiro semestre e a 50% de desconto no restante da graduação.

Pronto! Agora você já sabe como pode fazer para conseguir uma bolsa de estudos na tão sonhada faculdade apenas usando o resultado do Enem. Já escolheu em qual curso e instituição de ensino você vai se inscrever? Continue navegando em nosso blog para saber cada vez mais sobre o assunto e tirar todas suas dúvidas sobre os cursos que a Estácio oferece.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui