Como usar a nota do Enem para conseguir uma bolsa de estudos

A cada ano que passa, mais estudantes se inscrevem no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com o objetivo de chegar mais perto do sonho de ingressar na faculdade. Saber como usar a nota do Enem para conseguir uma bolsa de estudo é uma das possibilidades de ingressar no ensino superior usando seu desempenho no exame, por isso é importante ficar ligado!

O governo federal e as instituições de ensino privadas contam com programas e políticas que oferecem bolsas de estudo parciais e integrais de acordo com o desempenho dos alunos no Enem. O valor abatido da mensalidade varia de acordo com a nota obtida e algumas faculdades utilizam também a nota do exame em substituição ao vestibular tradicional. Quer conhecer os detalhes de como usar a nota do Enem para conseguir uma bolsa de estudo e descobrir se você se encaixa nos requisitos? Então continue a leitura!

Como usar a nota do Enem: duas formas de conseguir uma bolsa de estudo

Algumas instituições privadas aceitam a nota do Enem em substituição ao processo seletivo e ainda utilizam o desempenho no exame para conceder bolsas de estudo, que têm seus benefícios proporcionais à nota. Por isso, é fundamental saber como usar a nota do Enem para ter sucesso nesses casos.

Na Universidade Estácio de Sá, por exemplo, o valor da bolsa de estudo oferecida também dependerá da nota do aluno no exame. O mínimo de bolsa de estudo nessa forma de ingresso é de 40% em todas as mensalidades, mas pode chegar a 100% no primeiro semestre e a 50% no restante do curso.

Na Estácio, funciona assim a bolsa de estudo para quem fez o Enem:

  • Nota entre 300 e 500 pontos no Enem nos últimos cinco anos: 40% de bolsa de estudo durante todo o curso;
  • Nota de 501 a 700: 45% de bolsa;
  • Nota de 701 a 900: 50% de desconto;
  • Nota acima de 900: direito a 100% de bolsa no primeiro semestre e a 50% de desconto no restante da graduação.

Como conseguir uma bolsa através do ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) é mantido pelo governo federal com o objetivo de oferecer bolsas de estudo integrais e parciais em faculdades e universidades privadas do Brasil. Os benefícios variam conforme as notas, sendo que quanto maiores, melhores as chances de conseguir uma bolsa.

São pré-requisitos exigidos:

  • Comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até três salários mínimos para as bolsas parciais;
  • Ter sido aluno de ensino médio em escola pública ou particular na condição de bolsista integral;
  • Ter participado do Enem, atingido nota acima de 450 pontos e não ter zerado a redação.

Ingressar na faculdade é o sonho de muitas pessoas, afinal, essa guinada na carreira pode transformar a sua vida. Conte com as formas de ingresso facilitadas da Estácio para atingir esse objetivo. Confira aqui o regulamento completo de todas as possibilidades de ingresso.

Gostou de saber como usar a nota do Enem para conseguir uma bolsa de estudo e estar cada dia mais perto de realizar essa meta que é concluir o ensino superior? Não perca nenhuma atualização em nosso blog e prepare-se para o vestibular!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *