No ano em que vamos fazer o Enem sempre dá aquele frio na barriga, não é mesmo? Afinal, o Exame Nacional do Ensino Médio é o pontapé inicial para uma experiência transformadora, sendo natural que a ansiedade apareça. Se você não vê a hora de colocar os pés em uma faculdade e iniciar logo a corrida atrás do seu tão sonhado diploma, comece a estudar as possibilidades de ingresso em uma instituição através do Enem desde cedo. Fique atento sobre quando sai a nota do Enem e trace um plano para utilizar o seu desempenho na escolha da forma de ingresso na faculdade.

A seguir, confira todas as etapas do processo seletivo, desde o período de inscrições até a fase de escolha da sua universidade. Anote quando sai a nota do Enem e o que você deverá fazer para optar por uma faculdade que lhe ofereça bolsas de estudo. Essa é a etapa mais aguardada, já que é a partir dela que você vai se inscrever no Sisu para pleitear uma vaga em uma universidade pública ou começar a se inscrever em bolsas de estudos nas faculdades pagas.

Primeiro passo: garanta a sua inscrição no Enem

O período de inscrições para o Enem geralmente começa em maio. Um pouco antes disso, em março, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulga o edital com todos os prazos e mudanças (se tiver alguma) no processo seletivo do ano corrente.

Embora as provas sejam realizadas somente em novembro, fique atento, pois o período de inscrição começa bem antes. E se você se enquadra em um dos grupos que têm direito à isenção da taxa – que em 2019 passou a ser de R$ 85 –, o processo em busca dessa isenção começa já no início de abril.

Assim, ainda que as inscrições iniciem em maio, se você deseja buscar a isenção da taxa de inscrição, você primeiro precisa entrar com o pedido e enviar a documentação que comprove a sua situação em abril. Também em abril, abre o período para quem se inscreveu no exame no ano anterior com isenção de taxa e não compareceu para justificar a ausência. Somente após fazer essa justificativa é que o candidato poderá tentar participar do Enem sem custos novamente.

Quem tem direito à isenção na taxa de inscrição do Enem?

Todos os alunos que estão no último ano do ensino médio em escola de rede pública declarada no Censo Escolar têm direito a obter a isenção na taxa do Enem. O mesmo acontece com os alunos que se enquadram no perfil socioeconômico descrito no edital. Em 2019, esse perfil correspondia a alunos que apresentavam renda per capita familiar inferior a um salário mínimo e meio por mês.

Também têm direito à isenção da taxa do Enem pessoas em situação de vulnerabilidade social, de famílias de baixa renda, que possuam o Número de Identificação Social (NIS). O resultado para esses pedidos e justificativas de ausência costumam ser divulgados no mesmo mês em que são feitos.

Passada esta etapa, o período de inscrições começa no início de maio e fica aberto por aproximadamente 10 dias. O processo deve ser feito inclusive por quem teve o pedido de isenção de taxa aprovado. A inscrição é feita pelo site do Enem.

O que fazer da inscrição até os dias das provas do Enem

Na hora da inscrição, tenha em mãos CPF e RG. Esses documentos precisarão ser informados na sua ficha de dados pessoais. A partir de 2019, quem quiser também pode inserir foto na ficha cadastral. Você precisará ainda criar uma senha. A dica é que você anote essa senha em local seguro, pois, como após a inscrição pode demorar um bom tempo até você acessar o site novamente, é comum esquecê-la.

Quem tem alguma necessidade específica ou precisa de atendimento especializado para fazer a prova deve fazer a solicitação durante a etapa de inscrição. É nessa hora também que você vai informar qual idioma optará para a prova de língua estrangeira e a cidade onde realizará o exame.

Concluído esse passo, fique tranquilo e foque nos seus estudos. Você só deverá acessar o site do Inep novamente em outubro, quando é divulgado o cartão de confirmação da inscrição. Lá você saberá o local de realização do exame.

Lembre-se: as provas do Enem são realizadas em dois domingos de novembro. No primeiro, o candidato faz as provas de Linguagens e Ciências Humanas e a redação. No segundo, responde aos conteúdos relacionados às áreas de Matemática e Ciências da Natureza.

Depois de participar do exame, quando sai a nota do Enem?

Vencida a etapa do dia das provas, vem o momento mais esperado dos candidatos, que é quando sai a nota do Enem. Esse resultado tão aguardado costuma ser divulgado no mês de janeiro do ano seguinte ao qual você fez o exame.

Na dúvida se você conseguirá ou não uma vaga em uma universidade pública, a dica é começar a pesquisar antes quais as suas opções em instituições privadas e o que você precisa ter em mãos para concorrer a uma bolsa de estudos.

Na Estácio, quanto maior a sua nota no Enem, mais você economiza para fazer a faculdade. O desconto mínimo para quem conseguir uma nota acima de 300 – e até 500 – é de 40% para todas as mensalidades do curso. Quem tiver nota no Enem entre 501 e 700 garante 45% de desconto, enquanto aqueles que conquistarem entre 701 e 899 pontos no exame pagam só metade do valor total da graduação.

Já quem conquistar mais de 900 pontos no Enem faz o primeiro semestre com 100% de bolsa e, nos demais, paga apenas 50% do valor da mensalidade. Essa opção só não é válida para o curso de Medicina.

Enquanto você aguarda pelo momento de quando sai a nota do Enem, entre no site da Estácio e confira quais os cursos que têm mais a ver com o seu perfil. Além disso, você pode acompanhar o nosso blog para saber mais sobre o mercado de trabalho e quais as áreas em alta. Até o próximo texto!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui