O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é o evento mais esperado para muitos estudantes. É um compromisso importante e deve ser anotado como prioridade na agenda. Além disso, deve haver uma preparação dos candidatos pouco antes desta data, para quando chegar o dia, não se deparar com nenhum imprevisto. Mas e se mesmo com todo este preparo o candidato faltar ao Enem? O que acontece?

É importante saber que existem consequências que podem acabar complicando o candidato, principalmente para quem precisa da isenção de taxa de inscrição.

E por isso vamos esclarecer algumas dúvidas sobre faltar ao Enem aqui neste post: quais as consequências, o que fazer, se é possível justificar a falta e outras principais dúvidas sobre o assunto.

Leia também: Como começar uma redação? 5 dicas para se dar bem no Enem

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

O que é o Enem?

O Enem é uma prova que acontece uma vez por ano, organizada pelo MEC (Ministério da Educação), e é uma grande oportunidade para o candidato avaliar sua formação ou até mesmo ingressar em uma universidade por meio da nota no exame.

Além disso, o Enem é uma forma de avaliar a qualidade do ensino médio nas escolas do Brasil.

Quais as consequências de faltar ao Enem?

Mesmo com toda importância que a prova do Enem tem no país, muitos acabam se deparando com imprevistos no dia da prova. E, por isso, com a intenção de ter o menor número de faltas possíveis, o Ministério da Educação (MEC) definiu algumas punições para quem faltar ao Enem.

Neste sentido, é possível se deparar com duas situações: os candidatos isentos da taxa de inscrição e os candidatos pagantes.

E, para cada um dos casos, é preciso recorrer a medidas diferentes.

Candidato que pagou a taxa de inscrição

Os candidatos que pagaram pela taxa de inscrição e faltaram no dia da prova não recebem nenhuma punição, a não ser não poder fazer a prova. 

Candidato isento da taxa de inscrição

Já os candidatos isentos da taxa que faltarem no dia da prova precisarão comprovar sua ausência. E os candidatos que não justificarem a ausência, não poderão fazer a prova sem pagar a taxa de isenção do próximo ano. 

E por isso é importante saber o que fazer quando o candidato isento da taxa de inscrição acaba faltando no dia da prova. 

Leia também: Como se concentrar nos estudos: 6 dicas para focar na faculdade

O que devo fazer se faltar ao Enem?

Se por algum motivo você não conseguiu comparecer à prova do Enem, saiba que é possível tomar algumas providências para que você não se prejudique tanto com a falta.

Se você é um candidato isento da taxa de inscrição e precisou faltar no dia da prova, para abonar a falta e garantir a isenção do ano seguinte, é preciso justificar a ausência. 

E para fazer isso é preciso enviar a justificativa na mesma página em que são realizados os pedidos de isenção do Enem, na Página do Participante. 

Será necessário informar alguns dados como CPF, data de nascimento, além de informar o motivo da ausência com a documentação necessária para o  seu caso.

Quais os motivos para justificativa de ausência no Enem?

No dia da prova podem acontecer diferentes imprevistos. Mas nem todos os motivos são considerados justificáveis. 

Neste  sentido, veja  os motivos que podem ser justificáveis para quem faltar ao Enem:

  • Maternidade;
  • Paternidade;
  • Privação de liberdade;
  • Morte na família;
  • Intercâmbio acadêmico;
  • Atividade curricular;
  • Trabalho;
  • Acompanhamento de cônjuge;
  • Casamento;
  • Acidente de Trânsito;
  • Assalto ou furto;
  • Saúde ou emergência médica.

O que acontece se um candidato com coronavírus faltar ao Enem?

Devido a pandemia de coronavírus foi preciso se adaptar e modificar algumas normas. Da mesma forma acontece com a prova do Enem. 

Se um candidato infectado pelo Covid-19 ou qualquer outra doença infecciosa faltar, será possível participar da reaplicação da prova. 

Mas é necessário que esta situação seja comunicada ao INEP (órgão ligado ao Ministério da Educação, responsável pela prova) assim que possível. 

E isso deve ser feito através da Página do Participante antes da data da prova.

UTILIZE SUA NOTA DO ENEM PARA ENTRAR EM UM CURSO DA ESTÁCIO!

Dicas para evitar faltar ao Enem

Então agora você já sabe que ao faltar a prova do Enem, caso aconteça algum imprevisto que esteja na lista de motivos justificáveis, você pode conseguir realizar a prova sem pagar nenhuma taxa no ano seguinte. Ou seja, é possível minimizar as consequências. 

Mas é importante saber como evitar essas situações. Afinal, é uma prova de extrema importância e pode garantir a vaga em diversas faculdades ou uma bolsa de estudos.

E para isso é preciso preparar tudo que você vai precisar para o dia da prova com antecedência. 

Não deixe para última hora para encontrar o lápis, caneta, passagem de ônibus e outros recursos necessários para fazer a prova. E não se esqueça do documento de identidade!

Além disso, não saia de casa em cima da hora. É preciso levar em consideração as adversidades que podem ocorrer no caminho: trânsito, pneu furado ou ônibus atrasado.

Afinal, os portões tem um horário para serem fechados e não é permitido a entrada depois do horário estabelecido.

Também é importante se alimentar bem e cuidar com os objetos proibidos durante a prova. 

Então não se esqueça: se prepare bem e não deixe tudo para última hora. E se surgir algum imprevisto, lembre-se de justificar a sua ausência!

Continue aqui no blog da Estácio para outras dicas de estudos, curiosidades e informações sobre o Enem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui