Pensando em mudar de carreira? Saiba por que fazer uma segunda graduação

Nem sempre a saída para uma crise – seja ela financeira ou pessoal – é empreender, fazer uma pós-graduação ou trocar de emprego. Muitas vezes a mudança precisa ser mais profunda, repensando sua área de atuação ao levar em consideração o mercado de trabalho e o que lhe traz felicidade. Se você chegou à conclusão de que uma transição de carreira é necessária, talvez a melhor opção seja fazer uma segunda graduação. Nunca é tarde para aprender algo novo e recomeçar.

Está vivendo esse momento justamente agora? Pensando em uma segunda graduação que possa lhe abrir um novo leque de possibilidades profissionais? Então confira neste texto alguns bons motivos para investir em uma área de atuação diferente da sua.

5 motivos para fazer uma segunda graduação agora mesmo!

1. Sempre é tempo para mudar de carreira

Durante o terceiro ano do ensino médio muita gente se sente pressionada por ter que escolher aquela carreira que, em teoria, terá que seguir para o resto da vida. Porém, na prática, não é bem assim que a vida acontece – e ainda bem! Se a sua escolha não faz mais tanto sentido agora, saiba que você não é obrigado a permanecer na mesma área que escolheu quando tinha 16 anos de idade.

E assim como é perfeitamente aceitável que uma pessoa não termine a primeira faculdade que escolheu, você também pode perceber que quer mudar de profissão depois de formado. Isso vale até mesmo para quem já soma longos anos de carreira.

Não existe uma idade certa para começar uma graduação, então se você não está feliz com a sua atual profissão, gostaria de ter novas experiências ou até mesmo complementar sua atuação com outros conhecimentos, as portas das universidades estarão sempre abertas para que você embarque em uma segunda graduação.

2. A segunda graduação pode complementar a primeira…

Você não precisa mudar radicalmente de área de atuação para querer fazer uma segunda graduação; ela pode servir justamente de complemento para a primeira. Isso ocorre com frequência em áreas que interagem, como psicólogos que decidem cursar Medicina, jornalistas que buscam uma formação em Marketing, designers de interiores que querem ampliar seus conhecimentos com uma faculdade de Arquitetura e Urbanismo, entre várias outras possibilidades.

Quem decide por esse caminho para uma segunda graduação consegue tornar-se um profissional muito mais completo, abrindo um leque de novas possibilidades de serviços e de atuação no mercado de trabalho.

3. …Ou ser completamente diferente

Também é possível que você opte por uma segunda graduação que seja completamente diferente da primeira. E isso não significa necessariamente que a sua antiga profissão não tenha dado certo, mas sim que você cumpriu o que desejava naquela carreira.

Buscar essa outra faculdade pode ter inúmeras motivações, como a procura por uma ocupação mais bem remunerada ou a concretização de um sonho antigo – depois de obter sucesso na primeira carreira, agora chegou a hora de você fazer aquilo com que sempre se identificou. Todas essas razões são válidas e, independentemente do motivo, voltar a estudar só irá trazer benefícios para você.

4. Profissionais multitarefas são mais procurados no mercado de trabalho

Quanto mais habilidades você tiver, mais chances terá de encontrar uma boa posição no mercado de trabalho. Isso porque os profissionais multitarefas são cada vez mais buscados e valorizados. Vamos dar um exemplo: se você for trabalhar no Departamento de Marketing de uma organização, será um diferencial de mercado e um atrativo para a sua contratação se você souber montar estratégias de precificação e, ao mesmo tempo, trabalhar com o design de marca da companhia.

Da mesma forma, em um cargo administrativo ou de gerência, você terá prestígio se tiver noções de Contabilidade, além dos conhecimentos de Administração de Empresas. É claro que os profissionais multitarefas são formados no dia a dia, mas se você já contar com esses conhecimentos no seu currículo, terá maiores chances de contratação e de ter o seu currículo valorizado.

5. Tendências mudam e novos mercados surgem

Talvez o seu mercado esteja saturado e você só queira uma recolocação profissional. Não há qualquer problema nisso, uma vez que o mercado é volátil e o sucesso de uma profissão depende de muitos fatores – entre eles a popularização de tecnologias e a quantidade de profissionais ofertando os mesmos serviços.

Não pense que você está sozinho. Muitas pessoas estão voltando para a faculdade para fazer cursos que estão sendo mais demandados pelas empresas, como é o caso das graduações de Sistemas da Informação e Engenharia de Software.

Ainda em dúvida se a segunda graduação é a melhor opção para você? Então acompanhe o nosso blog e saiba mais sobre educação e mercado de trabalho. Aqui você irá encontrar mais informações sobre pós-graduação, processos seletivos e diversos outros temas que podem ajudá-lo a alavancar a sua carreira. Até o próximo conteúdo!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *