Você sabia que se não foi selecionado, pode participar da lista de espera do SiSU? A ferramenta, apesar de conhecida, ainda é vista com dificuldade pelos estudantes que podem ter nela uma oportunidade de garantir a vaga tão sonhada.

O SiSU (Sistema de Seleção Unificada) é um sistema do Ministério da Educação onde os candidatos podem tentar vagas em instituições públicas de Ensino Superior por meio da nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Por exemplo, em 2020 o programa ofereceu 237.128 vagas, já em 2021, 206.128 estudantes foram contemplados.

O programa realiza apenas uma chamada, quem não é selecionado pode participar da lista de espera do SiSU. Apesar disso, o processo para entrar nessa lista não é automático e é destinado apenas para quem não conseguiu vagas na chamada principal.

Por isso, vamos te explicar como funciona, qual a finalidade da lista de espera SiSU e os critérios para se candidatar. Continue lendo e saiba já!

Leia também: Como funciona a nota do Enem? Entenda em detalhes aqui

O que é a lista de espera do SiSU?

Conforme já mencionado, o SiSU realiza apenas uma chamada regular. Nesse sistema, os candidatos que atingem as maiores notas no Enem garantem a vaga e são convocados para efetuar matrículas nas universidades. Porém, nem todos chegam a concluir o processo, fazendo com que algumas instituições fiquem com vagas sobrando para o programa.

Após a chamada regular, o SiSU disponibiliza as inscrições para a Lista de Espera. Ela se destina a essas vagas não ocupadas pelos candidatos da chamada principal, seja por desistência, perda de prazos ou problemas na documentação no momento da matrícula. Por isso, pode participar dessa lista de espera somente quem não foi selecionado na chamada regular.

Porém, é importante ter em mente que você poderá integrar apenas uma das listas de espera. Assim, você terá de escolher entre a sua primeira e segunda opção.  Até 2019, o candidato podia participar da lista de espera também quem havia sido aprovado na segunda opção. Agora, se você for selecionado para qualquer um dos cursos, não poderá participar de nenhuma das listas de espera.

Como se inscrever na lista de espera do SiSU?

Imediatamente após a divulgação da lista oficial do SiSU, as inscrições para a lista de espera estão abertas. Em 2021, por exemplo, o resultado saiu no dia 16 de abril e no mesmo dia a lista de espera foi aberta, tendo sido encerrada no dia 23 de abril.

Logo, para se candidatar, quando iniciam as inscrições, você deve:

  • Ir no site do SiSU;
  • Acessar o seu Boletim do Candidato, por meio do Login Único do governo federal;
  • Na tela que aparece a seguir, deve ser exibida a sua primeira e segunda opção de curso, escolha uma delas e clique no botão escrito “Participar da Lista de Espera”;
  • Em seguida, uma mensagem de confirmação aparecerá no sistema. Você deve ler e aceitar para prosseguir.

Depois de encerrado o prazo para as inscrições na lista de espera, os nomes são enviados às instituições participantes, que irão utilizá-los para preencher as vagas remanescentes. Assim como na seleção principal, o critério de prioridade é a nota do Enem. 

Convocação dos candidatos da lista de espera do SiSU

Após ter se candidatado no site do SiSU, a divulgação dos resultados passa a ser feita pelas próprias instituições de ensino. Para saber se você foi convocado, é preciso estar atento aos meios de divulgação utilizados pelas próprias universidades.

Isso acontece porque as instituições possuem diferentes calendários acadêmicos, que definem prazos diferentes para as matrículas e para o início das aulas. 

Por isso, não vacile! Assim que se candidatar na lista de espera, procure o calendário acadêmico da universidade e veja os prazos e datas. Esse calendário geralmente está disponível no site das instituições de ensino, e possui todas as datas importantes do semestre e o meio de acesso às divulgações.

Como ter mais chances de ser chamado no SiSU

No momento da inscrição no SiSU, o sistema já te fornece algumas informações muito úteis, entre elas a sua posição na lista. Obviamente, se você está inscrito na lista de espera, na seleção principal você não conseguiu colocação em nenhuma das suas opções.

Mas isso não te impede de conseguir aquela vaga. Alguns fatores podem ser determinantes para que você consiga uma boa colocação. Para te ajudar, escolhemos algumas dicas. Confira!

Veja a nota de corte dos últimos anos

Alguns cursos são mais concorridos do que outros, o mesmo acontece de uma universidade para outra. Pesquisar a nota de corte dos últimos anos é uma boa pedida para entender quais suas chances reais de ser selecionado com a sua nota do Enem.

Acompanhe a sua classificação

Essa é uma dica importante para que você consiga visualizar as chances para ser chamado durante a lista de espera. Isso pode ser feito durante todo o período que as inscrições para o SiSU estão abertas e fica visível junto da opção escolhida de curso. Olhar qual a sua classificação e a quantidade de vagas oferecidas é importante para saber suas chances, principalmente nos dias finais de inscrição.

Pesquise quantas chamadas foram feitas nos últimos anos

Essa é outra informação valiosa para entender as suas chances. Comparar a quantidade de matrículas que foram disponibilizadas para a sua opção nos anos anteriores nem sempre é certeiro, mas pode te dar uma base da quantidade de vagas que serão oferecidas para a lista de espera. 

Escolha uma prioridade

Na hora de se inscrever para a lista de espera,  você terá a chance de escolher a sua primeira ou sua segunda opção. Analise bem qual delas pode te dar a melhor chance de ser colocado. No entanto, não se esqueça que você estará escolhendo uma opção para uma graduação. Para evitar desistências ou uma carreira infeliz, é importante priorizar as suas opções.

Além do SiSU, onde posso usar minha nota do Enem?

Se você não conseguir uma vaga pelo SiSU, não desista! A sua nota do Enem pode te ajudar a realizar o sonho de uma graduação em diversas universidades.

Dentre elas a Estácio, que é uma faculdade muito bem conceituada em diversas áreas. Nela, você pode usar a nota do Enem para concorrer a bolsas de até 50% na mensalidade. 

Além disso, você pode entrar na Estácio por meio do Prouni, outro programa do governo federal que oferece bolsas e vagas nas universidades particulares.

Inscreva-se já e garanta a graduação dos seus sonhos e uma boa colocação no mercado de trabalho!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui