Existe graduação em Estética e Cosmética? Conheça esse curso

Algumas pessoas apresentam desde cedo aptidão para trabalhar com estética. O que parece um hobby ou que pode ser apenas uma ajuda aos amigos antes de uma festa, por exemplo, pode virar profissão. E melhor ainda: existe faculdade para se aperfeiçoar ainda mais na área. Na Estácio, o curso de Estética e Cosmética é uma graduação com duração de dois anos e meio e pode ser feito na modalidade presencial ou a distância.

Você sabia que, em um cenário de crise, o brasileiro prefere cortar atividades de lazer a gastos com imagem e bem-estar? Pois é! Abaixo, reunimos dados sobre o mercado de trabalho, as áreas de atuação e a remuneração média na área de estética e cosmética. Também trouxemos informações sobre a grade curricular do curso e o perfil necessário para seguir essa carreira para que você consiga analisar o quanto se identifica com esse segmento. Confira!

Como é a graduação e a carreira em Estética e Cosmética?

Mais do que saber as principais tendências de beleza, o profissional formado em Estética e Cosmética é alguém capacitado para auxiliar na saúde e no bem-estar de seus clientes. Algumas de suas funções são fazer limpeza de pele, hidratação, bronzeamento artificial, terapia capilar e massagens.

Ele pode ter o seu próprio negócio ou atuar junto a profissionais da saúde em consultórios de cirurgia plástica, dermatologia, odontologia, entre outros. Também existe a alternativa de trabalhar em centros estéticos, salões de beleza, academias de ginástica, hotéis, SPAs e indústrias de cosméticos, ou até optar pelos formatos de home care e consultoria.

Saiba quais os principais campos de atuação e o que o profissional graduado em Estética e Cosmética faz em cada um deles:

  • Estética corporal: utiliza tratamentos com cremes e aparelhos para aperfeiçoar o contorno corporal;
  • Estética facial: aplica técnicas com produtos e aparelhos de forma a evitar o envelhecimento precoce, além de amenizar rugas e outras imperfeições do rosto;
  • Podologia: previne, examina, diagnostica e, quando necessário, faz o tratamento de doenças nos pés;
  • Terapia capilar: cuida dos cabelos e do couro cabeludo, sendo um dos objetivos prevenir a calvície;
  • Visagismo: analisa a personalidade do cliente e cria sua imagem pessoal, com elementos que combinem com seu rosto e jeito de ser;
  • Estética pré e pós-cirúrgica: faz procedimentos em pacientes que foram ou serão submetidos a operações cirúrgicas visando reduzir o tempo de recuperação;
  • Maquiagem profissional: é um dos ramos em alta, no qual o profissional faz maquiagens para eventos sociais;
  • Carboxiterapia: realiza procedimentos que utilizam o gás carbônico para melhorar a circulação e oxigenação dos tecidos do corpo.

Mercado de trabalho para quem estuda Estética e Cosmética

O mercado de estética nunca esteve tão promissor no País. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), esse segmento cresceu 567% no Brasil nos últimos cinco anos. Ainda segundo a mesma entidade, a perspectiva de crescimento para 2019 é de 1,5% a 2% em relação ao ano anterior, em que o setor movimentou R$ 47,5 bilhões.

Além disso, dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) apontam que existe um crescimento da busca pelos tratamentos não cirúrgicos — enquanto em 2014 esses procedimentos ocupavam 17,4% da agenda dos cirurgiões plásticos, esse número ficou acima de 47% em 2016.

A remuneração varia muito, levando em consideração o tempo em que o profissional está no mercado e o porte da empresa onde ele atua. Um levantamento do portal Trabalha Brasil mostrou que a média salarial do esteticista no País varia entre R$ 1,6 mil (trainee em pequena empresa) até R$ 4 mil (master em grandes companhias).

Pré-requisitos para a carreira em estética e cosmética

O cenário do setor de estética e cosmética é animador no Brasil. Mas, antes de se inscrever para o processo seletivo do curso, você precisa saber se tem o perfil necessário para essa carreira.

Existem algumas características essenciais para quem quer trabalhar na área. São elas:

  • Ter facilidade de trabalhar em conjunto, já que muitas vezes o profissional de estética e cosmética irá trabalhar em equipes multidisciplinares de saúde;
  • Possuir um raciocínio rápido e capacidade de resolução de problemas;
  • Gostar muito de estudar, uma vez que a área de estética e cosmética está em constante atualização e o profissional precisará acompanhar as mudanças para oferecer os melhores tratamentos;
  • Ter afinidade com disciplinas como química e biologia, que são a base de boa parte da grade curricular do curso.

Disciplinas de Estética e Cosmética

Agora que você já descobriu se tem ou não as habilidades primordiais para ingressar nessa carreira, é hora de saber mais sobre as disciplinas do curso. Conheça algumas das principais e que estão presentes na grade curricular da Estácio e veja o que você irá estudar se optar por essa graduação:

1. Anatomia Sistêmica

Como já deve ter ficado claro, o esteticista irá sempre interagir com o corpo humano, aplicando os melhores tratamentos para a finalidade desejada pelo cliente. Por isso, ele precisa conhecer com profundidade os sistemas orgânicos — como o esquelético, o tegumentar e o cardiovascular, por exemplo.

2. Química Orgânica

Você achou que iria deixá-la para trás ao terminar o ensino médio? Nada disso! A Química Orgânica estuda a composição e as propriedades de compostos que têm o carbono como principal elemento. Essa matéria é muito importante no curso devido à interação com os cosméticos que ela proporciona.

3. Fisiologia Humana

Além da constituição dos sistemas orgânicos, os alunos de Estética e Cosmética precisam entender como os organismos vivos funcionam, que é exatamente o que se aprende em Fisiologia Humana. Nessa matéria, são ensinados aspectos relacionados às funções das células, tecidos, órgãos e sistemas e a interação entre eles.

4. Microbiologia e Imunologia

A microbiologia é a especialidade que estuda os microrganismos patogênicos (causadores de doenças), como bactérias, vírus e fungos. Já a imunologia é o estudo das respostas imunológicas do organismo, ou seja, como o corpo se defende da ação desses agentes. Essa disciplina será especialmente necessária aos profissionais que trabalharão com podologia e terapia capilar.

5. Gestão de Marketing em Estética

Assim como o mercado em estética e cosmética tem crescido consideravelmente, o número de profissionais que se dedicam ao setor também aumenta a cada ano. Há cinco anos eram 72 mil profissionais na área; hoje, são mais de 480 mil. Por isso, é fundamental encontrar uma forma de se diferenciar e de fazer os clientes chegarem até você. É justamente isso que será aprendido na disciplina de Gestão de Marketing em Estética.

6. Patologia

Essa é mais uma disciplina da área da saúde. Sendo o “estudo das doenças”, a Patologia é considerada a base científica da medicina. A matéria ensina principalmente a analisar as alterações que as enfermidades causam nas células, tecidos e órgãos. Seu objetivo principal é explicar o que leva ao desenvolvimento dos sinais e sintomas das doenças.

7. Visagismo

O Visagismo determina que não se deve copiar um tratamento, corte ou cor de cabelo, por exemplo, porque é preciso ajudar o cliente a criar a sua própria identidade, seguindo suas características físicas e emocionais. Na disciplina, aprende-se as melhores técnicas para os diferentes formatos de rosto, cor da pele e mensagens que a pessoa quer passar com o seu visual.

8. Empreendedorismo e Inovação

Todos os cursos deveriam trazer a disciplina de Empreendedorismo e Inovação, afinal, é possível criar um negócio em qualquer área. Além disso, estimular o empreendedorismo traz apenas vantagens, como a geração de renda e empregos. Com tantas oportunidades no setor de estética e cosmética, empreender é uma excelente opção.

Além de existir um crescimento da demanda, quem se forma nessa graduação consegue escolher entre diversas áreas para criar um negócio — como um estúdio de massagens, um salão de beleza ou mesmo ser um empreendedor individual e trabalhar com consultoria ou com serviços diretamente na casa dos clientes. A disciplina de Empreendedorismo e Inovação mostrará aos alunos como identificar nichos para empreender, diferenciar-se no mercado e criar um plano de negócios.

Outras disciplinas da faculdade de Estética e Cosmética

Além das matérias apresentadas, a graduação em Estética e Cosmética ainda traz as seguintes disciplinas:

  • Ética na Saúde;
  • Fundamentos de Biologia;
  • Fundamentos de Bioquímica;
  • Histologia e Embriologia;
  • Dermatologia e Estética Facial;
  • Drenagem Linfática Manual;
  • Eletroterapia Facial;
  • Química Cosmética Facial;
  • Eletroterapia Corporal;
  • Dermatologia Estética Corporal;
  • Estética Aplicada ao Pré e Pós-Cirúrgico;
  • Biocosmética e Fitocosmética;
  • Colorimetria;
  • Nutrição e Estética;
  • Química Cosmética Capilar;
  • Psicologia Aplicada à Saúde;
  • Tricologia.

O que você achou deste post? Trabalhar com estética e cosmética é realmente o que você quer? Então venha conhecer o nosso curso na Estácio, maior instituição de ensino superior privada do País! Você pode acessar toda a matriz curricular em nosso portal, além de verificar as condições especiais para se matricular já em nossa graduação. Também estamos à disposição no campus mais perto de você para apresentar toda a nossa infraestrutura e sanar eventuais dúvidas.

Se ainda não é bem isso o que você procura, que tal saber mais sobre outros cursos de graduação? Talvez você se interesse por alguns que se relacionem com a área da saúde. Em nosso blog, temos conteúdos aprofundados sobre diversos deles, como Farmácia, Biomedicina e Fisioterapia. Também contamos com posts sobre tendências de mercado, dicas de estudos e produtividade, entre outros assuntos. Fique de olho e não perca as principais novidades. Até a próxima leitura!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *