O que você já sabe sobre a faculdade de Fisioterapia? Se você quer exercer essa profissão é importante que conheça mais sobre o curso e o cotidiano dela. Você pode conversar com profissionais da área para tirar as suas dúvidas.

Fisioterapia é uma profissão da área da saúde que é tão importante quanto Medicina. A cada dia que passa, os profissionais reconhecem a importância de trabalhar com equipes multidisciplinares para a melhora dos pacientes. 

Ficou interessado? Neste texto você vai ficar por dentro do perfil do profissional, saber mais sobre o curso de Fisioterapia e como é a carreira. 

O que um profissional formado na faculdade de Fisioterapia faz?

O fisioterapeuta é capacitado para trabalhar com o desenvolvimento e manutenção das funções motoras. O profissional, em parceria com outros agentes da saúde, realiza diagnóstico de lesões. Além disso, prescreve e executa o tratamento para melhoria do paciente. 

O tratamento, realizado pelo fisioterapeuta, pode envolver exercícios físicos e aplicação de massagens específicas. Assim como atividade física na água (hidroterapia) ou tratamento à base de frio ou calor. 

Outra área de atuação pode envolver o trabalho em hospitais, focado, por exemplo, em fisioterapia respiratória. Crianças com dificuldades de locomoção precisam desses profissionais para desenvolver suas habilidades motoras. 

A diversidade de possíveis áreas de atuação é uma das razões que faz com que esta profissão seja atrativa. Atualmente, no Brasil, são 243.644 fisioterapeutas. 

Faculdade de Fisioterapia: o seu perfil encaixa?

O futuro fisioterapeuta precisa ter algumas habilidades antes da faculdade, mas há também a possibilidade de desenvolvê-las ao longo do curso. Dois pontos que são importantes: a vontade de trabalhar com público e afinidade com as disciplinas de Ciências Biológicas e Saúde

O espírito investigativo também é uma característica desejável. Alguns pacientes podem precisar que você seja criativo e persistente até encontrar o tratamento que funcione. Você sempre será desafiado na sua jornada de trabalho. E precisará ser paciente, humanista e sensível em seus atendimentos. 

Como é a faculdade de fisioterapia? 

A Estácio de Sá oferece o curso de fisioterapia em diversas de suas unidades. O curso tem  a duração média de 5 anos, você pode terminar um pouco antes ou depois. Vai depender do seu ritmo de estudos, mas nosso time de professores está preparado para você ter o melhor aproveitamento. 

Após 5 anos de estudo você terá seu diploma de Bacharel em Fisioterapia, mas antes disso precisará dominar disciplinas de diversas áreas. Nas disciplinas generalistas você estudará anatomia, biologia, saúde pública e fisiologia humana. Na parte específica da faculdade de fisioterapia vale destacar: ortopedia, cardiologia, traumatologia, neurologia,  pneumologia entre outras. 

E não pense que você vai ficar apenas nas aulas teóricas. Durante a faculdade de fisioterapia você terá diversas atividades práticas em laboratório para as disciplinas gerais e específicas. E também colocará seus conhecimentos em prática com os estágios obrigatórios. 

Veja algumas das disciplinas que você estudará na faculdade de fisioterapia da Estácio de Sá

  • Anatomia do Aparelho Locomotor;
  • Anatomia Sistêmica;
  • Biofísica;
  • Biologia Celular;
  • Bioquímica;
  • Estudos de Exames por Imagens;
  • Fisiologia do Exercício;
  • Farmacologia;
  • Fisiologia Humana;
  • Fisioterapia Cardiovascular;
  • Fundamentos da Estatística;
  • Fisioterapia em Dor;
  • Genética;
  • Fisioterapia em Ortopedia e Traumatologia;
  • Fisioterapia Esportiva;
  • Imunologia Básica;
  • Fisioterapia na Saúde da Família;
  • Patologia Básica;
  • Fisioterapia na Saúde do Idoso;
  • Psicomotricidade;
  • Recursos Terapêuticos Manuais.

Em quais áreas alguém formado na faculdade de Fisioterapia pode atuar?

A Fisioterapia, como profissão, é regulamentada pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO). Ao terminar o curso de bacharelado é importante realizar o registro no conselho para poder atuar como fisioterapeuta. 

Com o registro feito o profissional poderá atuar nas seguintes áreas: 

  • Ortopedia e Traumatologia: atendimento aos pacientes com traumas, luxações ou fraturas; 
  • Saúde Preventiva: exercícios para correção postural, relaxamento muscular, alongamento antes e depois da jornada de trabalho. A ação do fisioterapeuta é para prevenir que lesões aconteçam; 
  • Fisioterapia Desportiva: acompanhar equipes esportivas em torneios. Este profissional atua na prevenção e recuperação de lesões, principalmente musculares;
  • Indústria de Equipamentos e Próteses: desenvolvimento de aparelhos utilizados durante a sessão de fisioterapia, próteses para correção postural ou substituição de membros;  
  • Fisioterapia do Trabalho: ajuda profissionais a manter a saúde durante o exercício da sua atividade profissional. Pode atuar em programas de ginástica laboral em empresas. 

O profissional formado na faculdade de Fisioterapia pode atuar em clínicas, consultórios, centros de reabilitação, hospitais, consultórios próprios. Pode trabalhar com saúde pública, na vigilância sanitária ou com fisioterapia do trabalho, por exemplo. O fisioterapeuta pode realizar atendimentos domiciliares. E se desejar pode atuar como pesquisador em universidades, como professor de ensino superior e na coordenação de cursos.    

Após concluir a graduação, o fisioterapeuta pode procurar se especializar em ramos específicos: 

Leia mais: 10 cursos na área da saúde para quem não quer Medicina

  • Dermatofuncional; 
  • Neurologia Adulta e Pediátrica; 
  • Saúde da Mulher; 
  • Terapia Intensiva.

Como está o mercado de trabalho para o fisioterapeuta?

De acordo com uma pesquisa da Catho, a média salarial de um fisioterapeuta é de R$ 2,2 mil para uma jornada de 30 horas por semana. Esse valor é a remuneração para quem está em início de carreira. Com o passar dos anos, o ganho de experiência e com a realização de cursos nível pós-graduação a tendência é de que aumente. 

Já segundo o site Salário, que trabalha com base nos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), em 2019 um profissional que atua como fisioterapeuta geral ganhava, em média, R$ 2.605,89. O teto salarial recebido por esse profissional, segundo o mesmo site, é de R$ 3.938,11.

Para que a carreira e ganhos melhorem diversas estratégias podem ser adotadas. Um dos caminhos é investir nos cursos de especialização e pós-graduação. Como qualquer outro profissional da área da saúde, a atualização deve ser constante. Procure participar de palestras, cursos livres e fique antenado nas novas tecnologias. 

Outra alternativa é ter sua clínica de pilates e fisioterapia. Cada vez mais pessoas procuram profissionais especialistas em pilates buscando a prevenção de lesões e melhora de condicionamento físico. Comece pequeno, procure oferecer serviços diversos e desenvolva-se profissionalmente. 

Como ingressar no curso de Fisioterapia?

Caso seja a primeira vez que você está interessado em um curso de ensino superior, existem duas formas de entrar na faculdade de Fisioterapia da Estácio: através do Vestibular Estácio ou utilizando a sua nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). 

Além dessas formas de ingresso, é possível ser aluno Estácio de Sá através de transferência externa. Caso você esteja estudando em outra instituição pode solicitar a transferência para a Estácio. Vamos te ajudar no processo de validação das disciplinas. 

Se você já tem uma graduação e está em busca da segunda, não precisa fazer um novo vestibular. É só acessar o portal Estácio de matrículas e começar a estudar na sua segunda graduação. 

Quanto custa uma faculdade de Fisioterapia? 

O valor da mensalidade de um curso de Fisioterapia varia conforme a modalidade do curso. Para cursos presenciais as mensalidades podem variar entre R$900,00 e R$1200,00. Para a modalidade EAD as mensalidades em média são de R$600,00. 

A Estácio de Sá oferece diversas bolsas de estudos que podem te ajudar a realizar o sonho do diploma de ensino superior. Fique por dentro: 

  • Use a nota do ENEM: bolsas de até 60%; 
  • Ingresso pelo Vestibular: bolsas de até 50%;
  • Faça a transferência: bolsas de até 70%; 
  • 2ª Graduação: bolsas de até 50%.

Leia mais: Fisioterapia EAD: Descubra como funciona o curso Flex da Estácio

E aí, conseguiu identificar se a faculdade de Fisioterapia é a ideal para você? Agora é a hora de fazer a sua matrícula e mudar a sua vida. Para tirar suas dúvidas e garantir a sua vaga com bolsa de estudo, acesse agora o portal Estácio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui