Para quem é estudante do ensino médio ou de cursinhos, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é como se fosse uma maratona. Durante dois extensos dias de prova, os candidatos precisam mostrar fôlego para responder a 180 questões em quatro áreas do conhecimento, uma atrás da outra. Nessa corrida, ganha quem se preparou melhor. E neste post, vamos mostrar quais os assuntos que mais caem no Enem e como estudá-los para conseguir melhores resultados.

Atualmente, perseguir o sonho de entrar na faculdade vai muito além de prestar o vestibular. Todos os pretendentes devem estar atentos às provas do Enem, que por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC), é a porta de entrada a milhares de vagas em cursos de ensino superior em instituições de todo o país. Além disso, com o Enem, é possível conseguir bolsas de estudos e financiamento estudantil.

Então, o grau de importância do Enem é muito grande, o que faz a preparação para o exame algo primordial na rotina de estudos nessa fase da vida. E uma das etapas mais importantes nesse processo é entender quais os assuntos que mais caem no Enem para poder direcionar os estudos de uma melhor forma.

Em outras palavras, é na Matriz Referência do Enem, que consta no edital de cada prova, onde são encontrados todos os assuntos que podem ser cobrados no Exame. Ao acessar o arquivo, você perceberá que tem uma imensidão de conteúdo! Mas não se apavore, pois vamos destacar alguns dos temas historicamente mais cobrados em cada disciplina.

Quer estudar mais e melhor para o Enem? Confira como fazer nesse post!

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

Leia também: Podcasts: conheça os melhores para estudar para o Enem

Assuntos que mais caem no Enem: a divisão por áreas

Como falamos acima, a Matriz Referência do Enem é o documento elaborado pelo Ministério da Educação (MEC) que constam todos os assuntos que podem ser cobrados na prova. No entanto, é uma infinidade de temas, praticamente tudo que é cobrado durante todo o período que você estuda no Ensino Médio. Portanto, antes de verificar o que mais cai na prova entre todos esses assuntos, é fundamental entender o perfil do Exame.

Nessa linha, as 180 questões da prova são divididas da seguinte maneira:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: 45 questões; 
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias: 45 questões;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: 45 questões;
  • Matemática e suas Tecnologias: 45 questões.

Não podemos esquecer também da temida redação do Enem, que vale 1.000 pontos na contagem geral e deve ser tratada como um capítulo à parte dos seus estudos. Ou seja, zerar na redação pode simplesmente eliminar você da disputa.

No entanto, vamos voltar aqui para a parte das 180 questões. Ao rastrear as últimas provas do Enem é possível ter uma ideia dos conteúdos mais solicitados em cada uma das quatro áreas do conhecimento. Abaixo vamos elencar alguns desses assuntos muito conhecidos nas provas do Enem para você focalizar seus estudos. Confira!

Leia também: Matérias para estudar para o Enem: veja 57 conteúdos essenciais

Ciências da Natureza

Física

  • Eletricidade;
  • Hidrostática;
  • Ondas;
  • Óptica;
  • Usinas / instalações residenciais;
  • Calorimetria;
  • Acústica;
  • Mecânica.

Química

  • Unidades de concentração;
  • Estequiometria;
  • pH e pOH;
  • Cadeias Carbônicas;
  • Radioatividade;
  • Soluções;
  • Oxidações;
  • Eletroquímica.

Biologia

  • Ecologia e Sustentabilidade, bem como problemas ambientais;
  • Evolução;
  • Imunização;
  • Genética e mutações;
  • Citologia;
  • Ciclos de carbono, nitrogênio e água.

Matemática

  • Porcentagem;
  • Razões e proporções;
  • Leitura e interpretação de gráficos;
  • Medidas para dados simples;
  • Prismas;
  • Regra de três.

Ciências Humanas

História do Brasil

  • Período Colonial;
  • República;
  • Período de escravidão;
  • Era Vargas;
  • Ditadura Militar;
  • Era populista.

História Geral

  • Período de Idade Média e Moderna;
  • Revolução industrial;
  • Primeira e Segunda Guerra Mundial;
  • Nazismo/Holocausto e Fascismo;
  • Liberalismo;
  • Guerra Fria.

Geografia

  • Agricultura Brasileira;
  • Impactos no meio ambiente;
  • Planos e blocos econômicos;
  • Geopolítica mundial;
  • Migrações;
  • Desenvolvimento humano e social.

Filosofia e Sociologia

  • Globalização e suas consequências;
  • Iluminismo;
  • Existencialismo;
  • Marxismo;
  • Contratualismo;
  • Relações de Trabalho;
  • Cultura de massa;
  • Movimentos sociais;
  • Fé e Razão: São Tomás e Santo Agostinho;
  • Pensadores da Grécia Antiga.

Linguagens

Literatura

  • Movimentos literários: barroco, quinhentismo, modernismo, naturalismo e realismo;
  • Obras literárias: principalmente clássicos brasileiros;
  • Figuras de linguagem;
  • Poesias Concretas;
  • E por fim, Literatura Contemporânea.
     

Língua Portuguesa

  • Funções de linguagem e gramática;
  • Semântica;
  • Compreensão e interpretação de texto;
  • Norma culta e coloquial;
  • Morfologia;
  • Linguística;
  • Sintaxe;
  • Gêneros textuais.

Educação Física e Artes

  • Esportes;
  • Música;
  • Grafite;
  • Artes marciais;
  • Cubismo;
  • Obras artísticas;
  • Renascimento;
  • Movimentos artísticos e culturais.

Leia também: Vai fazer Enem? Confira 40 filmes para estudar história

Como estudar melhor para o Enem

Como você pode perceber, mesmo filtrando os principais assuntos entre um leque gigante de temas que podem cair no Enem, ainda é bastante coisa para estudar. Portanto, além de conhecer bem o que estudar, é preciso saber como estudar. Para isso, vamos dar algumas dicas aqui para você organizar seu processo de estudos e conseguir melhores resultados.

Programe-se de forma inteligente para estudar

Todos sabemos que a prova do Enem deste ano já passou. Portanto, a preparação agora deve focar o exame que acontecerá em 2022. Veja, há bastante tempo para fazer um bom planejamento de estudos. Para isso, não existe receita de bolo, mas algumas atitudes básicas podem ajudar bastante, como criar um cronograma de estudos (pode ser em um caderno ou no computador), com os seus horários para estudar, lazer, descanso e outras atividades do dia.

Em outras palavras, você terá que construir uma rotina de estudos levando em conta todas as outras atividades da sua vida. No entanto, nessa hora, disciplina é fundamental e vale a pena seguir a risca o seu plano até o dia da prova.

Leia também: Como se organizar para estudar em casa: confira 9 dicas

Procure por provas anteriores

Uma boa dica para se dar bem no Enem (rimou!) é procurar pelas provas anteriores do Exame. Assim como fizemos para levantar os principais temas cobrados, você poderá exercitar as questões que já caíram na prova. Além disso, com essa prática, você entenderá melhor o formato das questões e como respondê-las de uma forma mais rápida e certeira.

Além das provas anteriores, você encontra facilmente na internet os simulados com base em questões do Enem. Também é uma boa pedida.

Treine para a Redação

Como falamos, a redação é um capítulo à parte da prova do Enem. E não tem jeito: o melhor caminho para fazer um bom texto é treinar a escrita e ler muito sobre atualidades. Da mesma forma, busque por exemplos de redação com notas altas e veja como foi elaborada, atentando para a construção básica do texto – introdução, desenvolvimento e conclusão.

O poder da internet

Utilize todo o potencial da internet a seu favor nos estudos. Há uma infinidade de conteúdos interessantes que podem ser encontrados na web para dar suporte nesse processo. Como por exemplo, podcasts e canais do Youtube específicos sobre assuntos e disciplinas ligados ao Enem, com professores e especialistas conhecidos em cada área. Faça uma busca e selecione os mais interessantes para você.

UTILIZE SUA NOTA DO ENEM PARA ENTRAR EM UM CURSO DA ESTÁCIO!

Assuntos que mais caem no Enem: mantenha seu foco!

Agora você já está mais por dentro dos assuntos que mais caem no Enem e ainda como estudar melhor. Uma coisa é certa: vale a pena se dedicar para conseguir uma boa nota na prova do Enem. Inclusive, no contexto da pandemia do novo coronavirus, algumas instituições tem apostado na nota do Enem como principal forma de ingresso em um curso superior. Portanto, estude, com foco e inteligência!

Acompanhe mais informações sobre cursos, bolsas, mercado de trabalho e dicas no blog da Estácio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui