Inside sales: o que faz e qual a formação deste profissional

Saber vender é uma arte. E não é qualquer um que possui esse talento! Agora, se você é um vendedor nato, essa profissão pode ser pra você. É o inside sales. Esse profissional atua dentro da empresa, ou seja, não se desloca para realizar uma venda. Para isso, utiliza várias ferramentas digitais, por exemplo. Neste post, vamos detalhar mais o assunto e também indicar cursos da Estácio para quem quer seguir na área.

De fato, o mercado competitivo pede cada vez mais um atendimento personalizado e cativante. Não basta ter um bom produto, ele tem que ter um valor agregado. Além disso, a busca pela redução de custos pelas empresas também acaba pesando na balança.

Dessa maneira surgiu o inside sales. Ele faz um atendimento de forma mais engajada ao cliente, com foco nas suas características, e fica dentro da empresa, gerando economia.

Quer saber mais sobre esse profissional e suas habilidades? Qual curso superior você precisa fazer para se tornar um inside sales? Uma boa comunicação, por exemplo, pode fazer a diferença. Confira!

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

Leia também: Marketing e vendas: como construir uma carreira de sucesso?

O que é o inside sales

O inside sales, traduzido do inglês, vendedor interno, é o profissional que não se desloca para fazer a venda. Ele trabalha de dentro da empresa, utilizando recursos como telefone, e-mail, mídias sociais e videoconferência. É um vendedor que está totalmente alinhado ao setor de marketing da empresa.

Além disso, tem como principal função converter em clientes todos os leads adquiridos. Leads são contatos de pessoas que podem ter algum tipo de interesse no produto ou serviço e normalmente são gerados através de algum conteúdo oferecido ou do preenchimento de um formulário. Quanto mais qualificado for o lead, teoricamente mais fácil será a venda.

Sendo assim, o inside sales acaba sendo quase como um consultor, fazendo uma venda personalizada para pessoas que já demonstraram que podem querer comprar aquele produto ou serviço.

Ao passo que é uma venda bem estudada, onde o vendedor conhece as características do cliente e entende suas necessidades. Isso faz com que seja bem mais assertiva, o que pode economizar muito em tempo e recursos.

Para ser um inside sales, são necessárias algumas habilidades, tais como:

Solucionar problemas

Provavelmente a arte que você terá que dominar acima de todas. Afinal, mesmo você sendo um ótimo vendedor, sempre vai encontrar desafios e obstáculos. Para isso, você precisa passar por uma série de etapas:

  • Definir o problema: não é tão simples quanto parece, já que muitas vezes podemos estar olhando para apenas um sintoma do problema e não o problema em si. Para essa etapa é importante ter bastante autoconsciência e percepção do seu trabalho;
  • Estabelecer alternativas: o ideal é pensar em mais de uma solução. Muitas vezes optamos em querer resolver rapidamente e não pensamos a fundo sobre o problema. Pense em mais de uma alternativa de solução;
  • Escolher a melhor alternativa: avalie os prós e contras de cada uma das alternativas pensadas;
  • Implementar as soluções: além de solucionar o problema é sempre bom criar uma maneira de ter um feedback sobre ele para que não ocorra novamente. Pelo menos, não da mesma maneira.

Comunicação

É fundamental que o inside sales tenha uma boa comunicação oral, seja via telefone ou durante as apresentações. Porém, não se deve esquecer da comunicação escrita, afinal serão muitos e-mails, relatórios e propostas.

É necessário construir uma relação com as pessoas que você está falando. Um roteiro a seguir pode ser uma boa alternativa, pois é bom que a conversa seja pensada com antecedência. Porém, conhecendo bem o cliente, é possível construir uma conversa com empatia, onde suas respostas serão convincentes o suficiente para que você consiga realizar sua venda.

Engajamento com os clientes

Como já mencionamos, construir uma relação com os clientes é fundamental, é o chamado relationship selling, ou a venda de relacionamento. Afinal, pessoas compram de pessoas! Esse tipo de comportamento também se torna importante quando queremos manter um cliente, não somente conquistá-lo.

Para isso, é preciso que você tenha uma escuta ativa, que é o tipo de escuta onde você realmente presta atenção ao que a pessoa está dizendo, mantendo o foco na conversa e sem distrações.

Conhecer o produto

Imagina se na hora que você está apresentando seu produto existe alguma função que você desconhece? Esse tipo de atitude pode fazer você perder uma grande oportunidade de venda.

É claro que no começo você pode levar um certo tempo para se familiarizar com tudo o que a empresa vende, todos os detalhes. Mas quanto antes você conhecer o produto a fundo, seus benefícios e até seus pontos fracos, antes você se tornará um bom inside sales.

Qual a diferença do inside sales para um representante comercial

Na verdade, a principal diferença é realmente o deslocamento da empresa. O representante comercial, ou vendedor externo faz visitas presenciais até o cliente para realizar a venda.

Além disso, a ideia do inside sales é ter uma venda mais personalizada, onde o vendedor conhece bem o perfil do cliente. Porém, os vendedores externos costumam ser mais experientes. Além de ter um ticket médio de venda maior e receber maior remuneração pelo serviço.

Ao mesmo tempo que, enquanto um representante comercial consegue ir a no máximo 3 clientes em um dia, um inside sales consegue fazer até 7 videoconferências em um dia. Isso tudo sem deslocamento, sem trânsito e sem atrasos.

Quais são as formações mais comuns para atuar na área de inside sales

Não existe uma formação específica para quem quer trabalhar como inside sales. Porém, há uma série de conhecimentos que podem ser muito úteis e até necessários para que você atue nessa profissão. Por conta disso, separamos alguns cursos para quem quer trabalhar nessa área e, para isso, estar mais preparado.

Comércio Exterior

Quem trabalha com comércio exterior já cumpre pelo menos com uma característica do inside sales: não sair da empresa para negociar. Isso porque normalmente seus clientes podem estar do outro lado do mundo. Dessa maneira, quem estuda comércio exterior pode sim ser um bom profissional da área.

Algumas disciplinas que podem ser útil para quem escolher essa profissão: Marketing Internacional, Gerência de Importação e Logística Internacional.

A Estácio oferece o curso de Comércio Exterior nas modalidades presencial e EAD e o curso tem duração de 2 anos. Saiba mais sobre ele aqui.

Gestão Comercial

O foco do curso de Gestão Comercial é preparar os alunos a desenvolverem estratégias relacionadas à venda de produtos ou serviços e gestão financeira. Além de identificar oportunidades de negócios, custos e outras competências essenciais para o exercício da profissão. Tudo a ver com inside sales.

Disciplinas como Análise de Mercados e Projeção de Cenários, Gestão Estratégia de Marketing e Planejamento e Gestão Estratégicas podem ser muito úteis para a profissão.

O curso de tecnologia em Gestão Comercial é oferecido pela Estácio nas modalidades EAD e presencial e tem duração de 2 anos. Se quiser conhecer mais sobre o curso, clique aqui.

Marketing

O curso de Marketing tem como objetivo tornar os estudantes aptos a trabalhar em empresas para estabelecer estratégias mercadológicas. Além de construir imagem positiva de uma marca ou produto e segmentar produtos e serviços no mercado, entre outras habilidades.

Algumas opções de mercado de trabalho do marketing: varejo, comunicação integrada, marketing digital, endomarketing e marketing de relacionamento oferecem boas oportunidades. Inside sales também é uma possibilidade já que o bom relacionamento com o marketing é uma das principais características desse profissional.

Inclusive, algumas disciplinas tem tudo a ver com a profissão: Análise de Mercados e Projeção de Cenários, Gestão Estratégica de Marketing e Marketing Digital e Mídias Sociais.

A Estácio oferece o curso de tecnologia em Marketing com duração de 2 anos e disponível nas modalidades presencial e à distância.

Quanto ganha um inside sales

Segundo o site Glassdoor, o salário médio nacional de Inside Sales Representative é de R$ 3.122 no Brasil. Porém, eles podem variar em todo o território nacional entre R$ 2.000 e R$ 8.000, dependendo do tipo e do porte da empresa.

O que você achou dessa profissão? É preciso bastante jogo de cintura para ser vendedor interno e não estar “cara-a-cara” com o cliente, não é?

Acompanhe mais informações sobre cursos, bolsas, mercado de trabalho e dicas no blog da Estácio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *