Uma profissão muito conhecida mas que nem todo mundo sabe detalhes sobre suas funções e responsabilidades é a do assistente administrativo. Inclusive até quando uma vaga é divulgada as pessoas ficam na dúvida sobre quem pode ocupá-la e quais são as suas atribuições.

Por conta disso, resolvemos falar sobre o assistente administrativo e tudo o que envolve essa profissão. Acompanhe!

Leia mais: Como é o curso de Administração

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

O que faz um assistente administrativo?

O assistente administrativo é o profissional responsável por realizar as demandas administrativas das empresas. 

Ele atua auxiliando gestores em suas atividades operacionais, como por exemplo, o contato com clientes e fornecedores, organizar e gerenciar correspondências, documentos e a agenda e ainda controlar receitas e despesas.

Pode atuar também no suporte logístico, processos operacionais, gerenciamento de tarefas de rotina, como por exemplo, atualização de cadastros, elaboração de relatórios e emissão de notas fiscais.

Não existe formação superior exigida para quem quer trabalhar como assistente administrativo. Normalmente as empresas pedem apenas que o candidato tenha o Ensino Médio completo.

No entanto, ter uma formação, como um curso superior tecnológico e conhecimentos diversos como inglês e informática pode fazer a diferença na hora de encontrar uma vaga.

Inclusive, a área de atuação do assistente administrativo é limitada pela falta de formação. Então, para quem quer crescer na carreira, investir em uma graduação em Administração ou áreas semelhantes pode ser uma boa ideia.

Como é a carreira do assistente administrativo?

Praticamente toda empresa precisa de um assistente administrativo. Isso porque questões burocráticas e administrativas sempre existirão na rotina empresarial.

Inclusive, o número de contratações costuma ser grande por conta dessa necessidade das empresas, sejam elas públicas ou privadas.

Além disso, como é um cargo que tem uma visão ampla sobre as atividades administrativas da empresa, ele pode ser a porta de entrada para o crescimento da carreira para outros departamentos, se for do interesse e empenho do candidato.

Dependendo do perfil profissional, o assistente administrativo também pode atuar em departamentos específicos dentro da empresa, seguindo uma linha de atuação mais voltada para as necessidades do trabalho, tais como:

  • Assistente de Compras: é o profissional responsável por prestar apoio em tarefas da área de compras, como por exemplo o preenchimento de relatórios. Dessa forma, o assistente administrativo pode ser um especialista na área de negociação no futuro se buscar conhecimentos específicos;
  • Comercial: nessa área o profissional acompanha os pedidos de vendas, apoia o desenvolvimento de propostas comerciais e ainda elabora relatórios;
  • Assistente de Atendimento: atua principalmente com atendimento ao cliente, além de estar próximo aos fornecedores e clientes. O ideal para essa posição são os profissionais que têm boas habilidades de comunicação e de relacionamento interpessoal;
  • De Departamento Pessoal: o assistente administrativo que atua nessa área pode trabalhar junto ou separado do setor de RH. Ele presta suporte na folha de pagamento, rescisões, férias e recolhimento de contribuições. Além disso, realiza manutenção do cadastro de funcionários, benefícios e acompanha o ponto eletrônico;
  • De Logística: nessa área, o profissional atua com gestão de estoque, recebimento, armazenagem e expedição. Além disso, também realiza inventários, emite nota fiscal, elabora planilhas.

Perfil do profissional

Quem quer trabalhar como assistente administrativo precisa desenvolver algumas habilidades para uma boa atuação profissional, tais como:

  • Boa memória;
  • Capacidade de concentração;
  • Determinação;
  • Dinamismo;
  • Paciência;
  • Postura ética;
  • Proatividade;
  • Saber administrar o tempo;
  • Saber trabalhar sob pressão;
  • Senso de responsabilidade;
  • Ser organizado;
  • Ter autonomia;
  • Ter boa comunicação.

Mercado de trabalho

Todos os setores da economia podem acolher o profissional assistente administrativo pois, como mencionamos, todas as empresas precisam desse tipo de serviço.

Dessa forma, quem quer trabalhar nessa profissão encontra espaço em todas os setores tais como: lojas, hospitais, escolas, indústrias, escritórios, ONGs entre outros.

Também é possível atuar como assistente administrativo em diversos órgãos públicos. Entretanto, para ingressar nessa carreira, é necessário prestar concurso público.

Quanto ganha um assistente administrativo

A média salarial da profissão está R$ 1.848,74, segundo o site salario.com.br junto a dados oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web.

Já a faixa salarial fica entre R$ 1.538,25 e R$ 3.638,43, sendo que o piso salarial para 2021 é de R$ 1.687,33. Esse é considerado como valor do salário base, bem como o percentual homologado por acordo, convenção coletiva ou dissídio dos Agentes, Assistentes e Auxiliares Administrativos pelo sindicato.

A cidade com o teto salarial mais alto é Barueri, em São Paulo, com um salário de R$ 3.416,96. Seguida por Brasília, no Distrito Federal, com R$ 3.355,34 e São Paulo capital com R$ 3.311,40.

O tipo de empresa que paga os melhores salários são as de serviços combinados de escritório e apoio administrativo, com teto de R$ 3.181,31. Seguido de construção de edifícios com R$ 3.049,83 e atividades de atendimento hospitalar com R$ 2.902,40.

Já o salário de assistente administrativo concursado é de R$ 2.840,67 para uma jornada de 40 horas semanais, contratados por concurso público para órgãos tanto municipais, estaduais quanto federais.

Recomenda-se investir na carreira pública para quem quer atuar nessa profissão, já que a média salarial é cerca de 35% maior do que no setor privado.

Que curso eu preciso fazer para ser um assistente administrativo?

Conforme falamos, para atuar como assistente administrativo é necessário apenas possuir o Ensino Médio completo.

No entanto, existem cursos técnicos como o de Administração que também pode auxiliar o profissional a exercer sua profissão com maior propriedade e conhecimentos específicos. Quanto maior a formação, mais chances de conseguir crescer na carreira e dentro das empresas.

Fazer um curso superior de Administração ou Secretariado Executivo também é uma boa pedida para quem quer investir na carreira. Existem muitas maneiras de entrar no curso superior para facilitar o ingresso.

Existem também diversos cursos tecnológicos na área administrativa, tais como: Gestão Comercial, Gestão Financeira, Gestão da Qualidade, Gestão de Recursos Humanos, Logística e Processos Gerenciais.

Outras formações que o profissional pode buscar é o aperfeiçoamento em ferramentas que ele utiliza no trabalho como as habilidades de informática, por exemplo.

Cursos livres

Existem diversos cursos livres que o profissional pode optar também. A Estácio tem muitos cursos na área de administração e negócios. Seguem alguns:

  • Administração Estratégica;
  • Administrando Compromissos;
  • Assistente Administrativo de Logística;
  • Contas a Pagar e Receber;
  • Faturamento;
  • Ferramentas de Qualidade;
  • Fluxo de Caixa;
  • Gerenciamento de Recursos Humanos;
  • Gestão de Compras;
  • Gestão Financeira;
  • Introdução à Gestão de Pessoas;
  • Introdução às Práticas Administrativas;
  • Logística de Produção;
  • Logística – Gerencie Redes de Distribuição;
  • Práticas de Finanças nas Empresas;
  • Redação Empresarial – Escrevendo Textos Impecáveis;
  • Rotinas Administrativas em Departamento Pessoal.

Os cursos livres são uma ótima opção para quem busca por uma capacitação profissional com certificação de qualificação oferecida por uma universidade com um valor mais acessível. 

Além disso, eles oferecem abordagens mais práticas, normalmente à distância, com flexibilidade e conforto.

Qual a diferença entre auxiliar e assistente administrativo?

Como as profissões estão interligadas, muitas vezes fica difícil saber a diferença entre elas. Sendo assim, o auxiliar é aquele que fornece auxílio a outro profissional que é designado para realizar trabalhos de maior importância através de serviços, dados, informações e opiniões.

Já o assistente trabalha com pessoas de hierarquia superior e atua colaborando também com serviços, dados, informações e opiniões.

Os cargos de assistente costumam pagar maiores salários que os auxiliares, além do assistente normalmente ter pelo menos uma formação técnica para exercer sua profissão, enquanto o auxiliar é sempre alguém que só tem formação no Ensino Médio.

Dessa forma, eles têm praticamente a mesma função. Inclusive, em muitas empresas o cargo oferecido será exatamente o mesmo, mudando a penas a nomenclatura.

UTILIZE SUA NOTA DO ENEM PARA ENTRAR EM UM CURSO DA ESTÁCIO!

Leia também: Gestão e Empreendedorismo: conheça a graduação e o mercado!

E você, já pensou em ser assistente administrativo?

Depois de tudo o que falamos, ficaram claras as atribuições do assistente administrativo? O que você achou dessa profissão? É uma boa maneira de começar a carreira de quem quer seguir na profissão de administrador!

Pois saiba que na Estácio você encontra o curso superior em administração e os demais cursos tecnológicos que mencionamos. Matricule-se já!

E continue acompanhando o nosso blog para mais dicas como essas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui