Empresa júnior e outros diferenciais da Faculdade Estácio

O conhecimento obtido apenas no meio acadêmico é limitante. É verdade que o papel da universidade é formar profissionais prontos para o mercado, mas, para isso, o curso superior precisa conseguir conectar o aprendizado teórico com vivências práticas. Tão importante quanto isso, os cursos de graduação precisam atualizar com frequência as suas grades curriculares. Isso porque o mercado é dinâmico e o que se aprende na faculdade também precisa ser.

Por isso, quando pensamos no ambiente universitário, se tornam tão importantes as aulas em laboratórios. Nesses espaços, os estudantes colocam a mão na massa e se adaptam às tecnologias que vão usar depois de formados. Outras iniciativas essenciais são as que oportunizam experiências profissionais aos acadêmicos, como é o caso das empresas juniores e dos estágios. A Estácio se preocupa diariamente com isso e tem disciplinas atualizadas de acordo com o que o mercado exige dos profissionais, além de outros projetos para preparar os estudantes para a vida profissional. Confira abaixo algumas dessas ações e projetos.

Iniciativas da Estácio para aproximar os alunos do mercado de trabalho: de empresa júnior a auxílio para conseguir estágios

A Estácio se preocupa com a qualidade da formação de seus estudantes não apenas investindo em um corpo docente qualificado e facilitando o acesso à universidade; também faz parte das ações da instituição de ensino oferecer diversos pontos de contato dos acadêmicos com o mercado de trabalho, incentivando-os a experimentar a profissão antes de formados.

Confira alguns dos principais programas e ações desenvolvidos pela Estácio para ajudar você a qualificar-se para o mercado:

1. Empresa júnior

As iniciativas de empresas juniores são os projetos de extensão que mais conectam os alunos com o mercado de trabalho, dando também uma boa noção de empreendedorismo para os acadêmicos. Na empresa júnior, os alunos da faculdade montam um negócio para atender a um determinado público. Normalmente essa empresa oferece preços mais atrativos e boa qualidade, já que todas as atividades são supervisionadas por professores.

Um exemplo desse tipo de negócio e iniciativa da faculdade é uma empresa júnior de design. Ela pode fazer trabalhos artísticos para sites, redes sociais, camisetas, banners, adesivos e outros produtos e serviços de acordo com a demanda de cada cliente.

Nessa empresa júnior de design podem estar envolvidos alunos dos cursos de Administração, que irão cuidar de toda a gerência do negócio; de Ciências Contábeis, para fazer a contabilidade da empresa; e do Design Gráfico, responsáveis pela produção das artes gráficas e pelo atendimento ao cliente.

De acordo com o Sebrae, uma empresa júnior tem principalmente três clientes: os alunos, que a partir da troca de conhecimento e experiências se desenvolvem profissionalmente; as empresas, que contam com um trabalho de alta qualidade e de custo mais acessível; e as universidades, que ganham como retorno a melhoria da sua imagem institucional.

A Estácio conta com um grande projeto de empresa júnior: a Estácio Júnior, fundada por um grupo de alunos do campus João Uchôa, no Rio de Janeiro, em 1998. A Estácio Júnior presta serviços de consultoria ao desenvolver projetos para empresas, entidades e sociedade em geral por meio da metodologia de gestão de projetos.

Todo esse trabalho de empresa júnior é desenvolvido com o auxílio de professores especialistas, mestres e doutores. Já passaram pela carteira de clientes da Estácio Júnior instituições como a Secretaria de Educação e Cultura de Nova Iguaçu, a Long Beach Confecções e a Niterói Grill.

Esses clientes demonstram a variedade de atendimento de uma empresa júnior criada com o apoio da Estácio. No caso da Secretaria de Educação e Cultura de Nova Iguaçu, a Estácio Júnior contribuiu para a seleção, a capacitação e o monitoramento de 60 voluntários durante o Congresso Mundial de Educação.

Já o atendimento para a Long Beach Confecções consistiu em captar possíveis importadores de moda de praia nos Estados Unidos e na Europa e, para a Niterói Grill, o serviço da empresa júnior consistiu em uma pesquisa de mercado visando a ampliação de suas atividades.

2. Portais com oportunidades exclusivas para alunos e ex-alunos

Um outro grande diferencial da Estácio é o portal Vagas Estácio, que reúne oportunidades de estágios e empregos. Apenas alunos da instituição de ensino podem cadastrar seus currículos para concorrer às milhares de vagas disponíveis no site.

Existe ainda o Estácio Carreiras, no qual alunos e ex-alunos da universidade têm um acompanhamento completo em todos os momentos das suas vidas profissionais. Através desse site, são oferecidos serviços como os de orientação aos acadêmicos/egressos na criação de seus currículos e de dicas para processos seletivos.

Nesse espaço criado pela Estácio também é incentivado o empreendedorismo através de dicas e orientação para quem quer criar o seu próprio negócio. Outro diferencial do Estácio Carreiras é o programa Alumni, um espaço que visa manter os estudantes conectados depois de concluírem a formatura.

3. Segunda graduação e pós-graduação com desconto aos ex-alunos

Para que seus egressos estejam sempre se atualizando, a Estácio oferece vantagens aos alunos formados na instituição que queiram fazer uma segunda graduação ou pós. Para esse público, a Estácio oferece bolsas de 40% para todo o curso de graduação ou pós-graduação. Para ter acesso a esse benefício, basta realizar a matrícula no site da faculdade ou diretamente na unidade que você preferir.

O que você achou deste conteúdo? Esperamos que ele tenha sido útil para você. Se quiser saber mais sobre empresa júnior, processos seletivos, mercado de trabalho, graduação e pós-graduação, acompanhe o nosso blog. Estamos sempre trazendo informações atualizadas sobre esses temas para você. Até o próximo post!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *