Em dúvida sobre qual faculdade escolher? Confira as profissões com os melhores salários

Os quatro cargos com melhor remuneração no País, segundo reportagem da revista Superinteressante com base em dados do Mundo Educação e do Guia do Estudante, são para profissionais que têm mestrado ou doutorado. Essa característica do mercado de trabalho enfatiza a importância de continuar os estudos mesmo após ter o diploma de graduação em mãos – inclusive para quem não está mirando em uma carreira acadêmica.

Até para profissionais que tradicionalmente têm melhores salários no Brasil, como médicos e bacharéis em Direito, a pós-graduação foi citada como um diferencial. Se você ainda está em dúvida sobre qual faculdade escolher com base na remuneração, confira as que ficaram em alta em 2018 e já se prepare para emendar um mestrado na sua formação!

Qual faculdade escolher com base no salário? Confira os cargos mais bem remunerados em 2018

1. Medicina

Um profissional formado em Medicina com mestrado ou doutorado ganha, em média, R$ 8,9 mil no Brasil. Porém, a largada já é difícil para quem sonha em ser médico. A graduação em Medicina normalmente é a mais concorrida nos vestibulares em qualquer instituição de ensino que ofereça tal formação.

Antes mesmo de partir para uma pós-graduação stricto sensu, quem se forma nessa área costuma fazer residência médica e atuar em uma área específica da Medicina, como é o caso dos pediatras, ginecologistas, urologistas e cirurgiões, por exemplo. Mas eles também podem trabalhar como médicos generalistas em hospitais, clínicas e unidades básicas de saúde.

O médico pode ainda optar pela vida acadêmica e dedicar o seu tempo à pesquisa. Para seguir essa profissão, é preciso ter facilidade com Ciências Biológicas e gostar muito de estudar – já que a atualização constante é necessária – e de interagir com outras pessoas, além de ter empatia.

Entre as disciplinas da grade curricular do curso de Medicina estão as de Saúde da Família, Microbiologia Médica, Epidemiologia, Patologia, Parasitologia, Imunologia, Fisiopatologia, Psicologia Médica, Farmacologia Médica, Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Saúde da Mulher, Saúde Mental, entre outras.

2. Administração

Um profissional que se formou na graduação de Administração, um dos cursos que oferece o maior leque possível de atuação para um profissional, e que ainda investiu em um mestrado ou doutorado, conseguiu o segundo maior salário médio do País. A remuneração média do profissional com esse perfil em 2018 foi de R$ 8 mil.

O administrador pode empreender e gerir seu próprio negócio ou trabalhar para terceiros em áreas como Logística, Recursos Humanos, Finanças, Vendas, Marketing, Produção, entre outras. Para que seja possível ao administrador atuar em tantas funções diferentes, a grade curricular da faculdade de Administração traz tanto matérias de Ciências Exatas, como Cálculo e Estatística, quanto da área de Ciências Humanas, como Psicologia e Sociologia.

Para ter sucesso na profissão o administrador deve ter capacidade de planejamento, organização, coordenação e liderança. Se estiver em dúvida sobre qual faculdade escolher, considere que na Administração é importante ainda ter uma boa noção de Matemática, ser comunicativo e gostar de trabalhar em equipe.

3. Direito

Com mestrado ou doutorado, um bacharel em Direito conta com uma remuneração média de R$ 7,5 mil no Brasil. Apesar de as pessoas relacionarem automaticamente alguém formado em Direito ao trabalho de um advogado, existem várias outras profissões possíveis para quem faz uma graduação na área. Entre elas, podemos citar as funções de juiz, professor, desembargador, promotor, procurador de Justiça, oficial de Justiça, delegado de Polícia, oficial da Polícia Militar e diplomata.

Na Estácio, durante os oito semestres da graduação em Direito os estudantes aprendem disciplinas como Psicologia Aplicada ao Direito, História do Direito Brasileiro, Fundamentos das Ciências Sociais, Sociologia Jurídica, Redação Instrumental, Direito Civil, Economia Política, Ciência Política, Direito do Trabalho, Teoria Geral do Processo, Direito Constitucional, Direito Processual Civil, Direito Penal, Métodos Adequados de Soluções de Conflitos, entre outras.

Se você está em dúvida sobre qual faculdade escolher, saiba que pode ter sucesso no Direito se gostar muito de ler. Isso porque a faculdade irá exigir de você muita leitura e em uma linguagem específica. Além disso, é necessário ser ético, ter senso de responsabilidade social e senso de justiça. Boa comunicação também é necessária, sendo que o acadêmico deve saber falar e escrever bem.

4. Ciências Econômicas ou Contábeis

Um contador ou economista com mestrado ou doutorado tem uma remuneração média de R$ 7 mil reais no País. Apesar de parecidas, as faculdades de Ciências Contábeis e de Economia têm características distintas. A maior semelhança entre elas é a base sólida que ambas possuem em Matemática – ou seja, quem quer optar por uma das duas precisa gostar muito dessa disciplina.

O contador é quem registra as operações econômicas em empresas de todos os portes, respeitando a legislação em vigor. É o profissional que analisa esses dados e auxilia o gestor nas decisões empresariais. O economista, por sua vez, estuda de forma mais geral a produção e a distribuição dos bens na sociedade. Desta forma, ele é capaz de analisar o ambiente externo e os fatores que podem acabar impactando em uma organização, como é o caso da mudança nas taxas de juros, o câmbio e o impacto de concorrentes no mercado, entre outros fatores.

Confira a grade curricular de Ciências Contábeis, que conta com disciplinas como Economia Empresarial, Princípios de Gestão, Contabilidade Geral e Matemática para Negócios. Já a grade da graduação de Economia conta com matérias como Gestão de Riscos Financeiros, Gerenciamento de Projetos, Microeconomia, Orçamento Público e Macroeconomia.

Caso você tenha gostado de algumas opções sobre qual faculdade escolher, não deixe de conhecer nossos câmpus e a infraestrutura das nossas graduações. Além disso, acompanhe o nosso blog e saiba mais sobre cursos de graduação, processos seletivos e mercado de trabalho.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *