Encontrar um curso que vá ao encontro dos seus gostos e convicções é primordial para sua formação profissional. Por isso, se você é o tipo de pessoa capaz de desenvolver propostas e ações para o exercício de uma sociedade mais justa e igualitária, a graduação de Serviço Social EAD é uma excelente opção para o mercado de trabalho.

A área de Serviço Social é voltada para a qualificação de profissionais que são capazes de analisar e compreender questões sociais. Os formados nessa área, chamados assistentes sociais, atuam com a intenção de intervir nas dificuldades de pessoas e comunidades, sendo primordiais no funcionamento de políticas públicas. 

Parece uma boa opção para você? Confira neste artigo como é o curso de graduação EAD em Serviço Social da Estácio e o que esperar do mercado de trabalho nessa área.

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

Leia também: O que faz um assistente social? Entenda essa carreira aqui!

O que é o curso de Serviço Social?

Durante a graduação de Serviço Social os estudantes são capacitados para compreender e analisar as dinâmicas sociais e os problemas enfrentados pelos indivíduos e comunidades.

Assim, o objetivo do curso é formar profissionais capazes de entender, analisar e buscar soluções para dificuldades individuais e comunitárias dentro da dinâmica social.

Durante o curso, os alunos têm contato direto com áreas como:

  • Antropologia;
  • Desenvolvimento Econômico;
  • Direitos Humanos;
  • Família e Sociedade.

Ou seja, ao concluir a graduação, o assistente social estará apto a prestar orientação a famílias, indivíduos e populações em situação de risco, por exemplo.

Benefícios do Serviço Social EAD 

A Universidade Estácio de Sá oferece a graduação em Serviço Social a partir de duas modalidades diferentes: presencial e a distância. Nesse texto, vamos focar na segunda opção e mostrar o porquê pode ser a melhor escolha para você.

Com duração de quatro anos, o Serviço Social EAD tem aulas ministradas por professores com experiência no mercado de trabalho. Além disso, as aulas são dinâmicas e interativas, além de promoverem debates entre alunos e docentes, juntamente com convidados

O formato EAD do curso de Serviço Social apresenta conteúdos desenvolvidos exclusivamente para o aprendizado remoto, com vídeos curtos, podcasts e outros recursos da linguagem digital.

Dessa forma, detalhes como estes fazem a diferença para quem quer a praticidade de um curso a distância e aproveitar os recursos disponíveis através do meio digital.

Não vamos esquecer do valor do formato EAD de Serviço Social. Numa cidade como São Paulo, a mensalidade chega aos R$ 466,50, dependendo da forma de ingresso e bolsas disponíveis.

Outras vantagens do Serviço Social EAD:

  • Conteúdos disponíveis off-line;
  • Exercícios online;
  • Flexibilidade e conveniência para estudar onde e quando quiser.

Grade curricular Serviço Social EAD

Para se formar no curso de Serviço Social EAD da Estácio, o aluno precisa realizar o estágio profissional supervisionado, além de apresentar um trabalho de conclusão de curso no final da graduação.

Porém, quem estuda na Estácio tem a seu favor, entre outras coisas, mais de 70 vagas de estágio e emprego oferecidas pela instituição de ensino.

Na prática, além de disponibilizar toda a infraestrutura de uma Universidade de ponta, a Estácio já indica um caminho profissional e dá oportunidades para entrar no mercado de trabalho.

Outro fator importante é a grade curricular do curso. As disciplinas do modo a distância são praticamente as mesmas da grade curricular na modalidade presencial.

Abaixo separamos as principais matérias que compõem a grade curricular do Serviço Social EAD:

  • Antropologia e sociedade;
  • Administração e planejamento de projetos sociais;
  • Acumulação capitalista;
  • Direito ambiental;
  • Direitos humanos;
  • Estágio supervisionado em serviço social;
  • Ética na saúde;
  • Educação ambiental; 
  • Estatística;
  • Ética profissional em serviço social;
  • Fundamentos das ciências sociais;
  • Fundamentos históricos, teóricos e métodos de serviço social;
  • Filosofia da ciência;
  • Formação socioeconômica e política da sociedade brasileira;
  • História dos povos indígenas e afrodescendentes;
  • História do pensamento político;
  • Introdução ao serviço social;
  • Introdução à questão social;
  • Língua portuguesa;
  • Legislação;
  • Movimentos sociais;
  • Metodologia científica;
  • Métodos de pesquisa quantitativa e qualitativa em ciências sociais e humanas;
  • Orientação para prática profissional em serviço social;
  • Planejamento de carreira e sucesso profissional;
  • Política social;
  • Pesquisa;
  • Psicologia e pessoas com necessidades especiais;
  • Processo de trabalho em serviço social;
  • Psicologia social;
  • Políticas e estratégias em saúde;
  • Saúde, gênero e sexualidade;
  • Seminário em serviço social;
  • Sustentabilidade;
  • Tópico em Libras: surdez e inclusão;
  • Tópicos especiais em serviço social;
  • Trabalho de conclusão de curso em serviço social.

Serviço Social EAD ou presencial, qual o melhor para mim?

Como já comentamos, a grade curricular e as exigências para se formar assistente social são as mesmas, independente da escolha de modalidade.

Porém, antes de definir o modo como vai estudar, é necessário avaliar em que cenário você está e qual das opções se encaixa melhor no seu dia a dia e horários.

A graduação presencial traz toda a dinâmica de sala de aula e a experiência do campus de um polo da Estácio, incluindo laboratórios e bibliotecas.

Por outro lado, a opção a distância oferece flexibilidade de horários, ou seja, o aluno pode acessar a aula quando quiser e tiver disponibilidade. Além do mais, o estudante pode acompanhar as explicações do conforto de casa, sem se preocupar com transporte e deslocamento.

No fim, depende do que você valoriza mais e de como está a sua vida no momento. O importante é saber que independente da escolha, a Estácio oferece uma graduação de excelência.   

Como é o mercado de trabalho para um assistente social?

Para atuar no mercado de trabalho, o profissional formado precisa fazer o registro profissional no Conselho Regional do seu estado. Só assim ele pode exercer o papel de assistente social.

O mercado de trabalho para o assistente social tem sofrido algumas mudanças ao longo dos anos, tornando maiores as oportunidades para esses profissionais.

Anteriormente, a única opção de trabalho estava no serviço público, mas agora existem outras áreas de atuação:

  • Creches e escolas;
  • Equipes multidisciplinares em empresas privadas;
  • Hospitais e centros de saúde;
  • Institutos técnicos;
  • Movimentos sociais;
  • Organizações não governamentais (ONGs);
  • Universidades.

Qual o salário de um assistente social?

Segundo dados do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS), o salário médio de um assistente social é de R$ 5.000. Porém, o profissional em início de carreira ganha cerca de R$2.000, aumentando para em média R$ 6.000 conforme acumula experiências.

É bom lembrar que os valores variam conforme cargo e empresa de atuação, além da localidade onde o trabalhador atua.

Outra pesquisa, realizada pelo Guia de Profissões e Salários da Catho, observou na região Sudeste profissionais com as melhores oportunidades de trabalho e, consequentemente, os melhores salários.

Outros motivos para cursar Serviço Social EAD

Agora você já sabe como funciona o curso de Serviço Social EAD e quais as perspectivas de carreira para essa profissão. Se ainda não se convenceu, preparamos uma lista com mais alguns motivos para você ingressar nessa graduação:

  • A profissão possibilita conhecer pessoas, realidades e culturas diferentes;
  • Desenvolve senso crítico e reflexivo sobre a sociedade;
  • Desempenha papel fundamental na construção da sociedade;
  • É uma profissão dinâmica, acompanha os movimentos sociais e culturais;
  • Tem altas taxas de empregabilidade.

Como ingressar no Serviço Social  

Já apresentamos todos os detalhes para você. Agora é só acessar o site da Estácio e escolher a melhor forma de ingresso. Lembrando que a universidade disponibiliza diversas bolsas, caso você precise daquela ajudinha para pagar a mensalidade.

Maneiras de ingresso: 

  • Por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem);
  • Pelo vestibular Estácio;
  • Por transferência;
  • Segunda graduação (sem necessidade de vestibular).

UTILIZE SUA NOTA DO ENEM PARA ENTRAR EM UM CURSO DA ESTÁCIO!

Leia mais: Faculdade de Serviço Social: perspectivas de carreira e salário

Serviço Social é o seu curso?

São diversas áreas de atuação e experiências para quem escolhe o Serviço Social EAD da Estácio. Esse guia com certeza te deu uma base de como é o curso e como ele pode te ajudar a alcançar os seus sonhos.

E aí, vai cursar Serviço Social? Continua acompanhando nosso blog e o conteúdo disponível nele!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui