Quem está interessado em uma especialização no ramo da educação e psicologia, com certeza já deve ter pensado em Psicopedagogia. Essa prática existe desde o século XIX, mas continua atual e importante na nossa sociedade. Por isso, o curso de Psicopedagogia Estácio é uma ótima opção.

O psicopedagogo tem um trabalho de grande importância no meio educativo, pois ele auxilia nos processos de aprendizado. Mais especificamente, unindo conhecimentos sobre educação e Psicologia, o profissional ajuda pessoas a aprenderem melhor e assimilarem conhecimentos, seja na infância ou vida adulta.

Para ter toda essa capacidade, é preciso fazer uma ótima especialização, como a Psicopedagogia Estácio. Por isso, vamos mostrar como funciona esse curso, abordando modalidade, grade curricular e até mesmo onde você pode trabalhar. Vamos lá?

UTILIZE SUA NOTA DO ENEM PARA ENTRAR EM UM CURSO DA ESTÁCIO!

Saiba mais: Atividades complementares Estácio: entenda o que são e como fazer

O que faz um psicopedagogo?

Como comentamos, o profissional estuda e aplica conceitos de duas áreas importantes: a Psicologia e a Pedagogia. Com isso, ele utiliza tais conhecimentos para auxiliar no processo de aprendizagem de pessoas.

Por exemplo, quem possui Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) ou Transtorno do Espectro Autista (TEA) muitas vezes apresenta algum tipo de dificuldade, ou necessidade específica para desenvolver e fixar conhecimentos e habilidades.

Aí entra o trabalho do psicopedagogo. Ele desenvolve maneiras de facilitar o caminho, pois sabe como o cérebro e as reações humanas funcionam, assim como toda a parte pedagógica. Vale lembrar que ele pode ser importante em qualquer fase da vida, desde a infância até a velhice.

Psicopedagogia Estácio: como é o curso?

Considerando o nome e atuação, é fácil imaginar as principais bases de matérias do curso. O aluno entra em contato com conceitos importantes da Psicologia e Pedagogia. Assim, ele adquire os pilares principais para conseguir identificar dificuldades e maneiras de contorna-las, quando o assunto é educação.

No curso, será possível desenvolver as habilidades para entender cada caso e como lidar da melhor maneira. Isso porque você vai saber como funciona a mente humana, a partir do viés psicológico. Além disso, vai aprender as técnicas capazes de contornar dificuldades de aprendizado.

É bom ficar claro que a Psicopedagogia Estácio é uma especialização, ou seja, uma pós-graduação. Por isso, o aluno precisa ser graduado em Psicologia ou Pedagogia, ou alguma área relacionada, especialmente àquelas com bases na sala de aula ou saúde.

Além do mais, você pode encontrar a pós na modalidade a distância e assistir as aulas quando quiser e no seu tempo. Claro, isso depende do campus em questão, mas a possibilidade é excelente para quem já trabalha e não pode ir sempre para a universidade.

Disciplinas e conteúdos base

Agora, quando falamos de um curso, seja graduação ou especialização, um dos grandes pontos de interesse são as disciplinas. Pensando nisso, apresentamos alguns dos principais temas das aulas da Psicopedagogia Estácio. Veja a seguir:

  • Abordagens psicopedagógicas e as dificuldades de aprendizagem;
  • Avaliação psicopedagógica institucional/clinica;
  • Construção do conhecimento;
  • Contribuições da psicologia ao conhecimento psicopedagógico;
  • Desenvolvimento motor e aprendizagem;
  • Didática do ensino superior;
  • Estratégias de intervenção psicopedagógica institucional;
  • Fundamentos da psicopedagogia;
  • Processo de aquisição da linguagem e aprendizagem;
  • Psicopedagogia no contexto hospitalar.

Quanto custa a Psicopedagogia Estácio?

O custo da mensalidade depende muito de onde você vai fazer e a modalidade em questão. A distância costuma ser mais barata, porque a universidade gasta menos com infraestrutura física e limpeza de salas de aula. Assim, o EAD pode custar cerca de R$ 210 mensais, num polo do estado de São Paulo, por exemplo.

Possibilidades no mercado de trabalho

Chances de emprego não faltam para o profissional. À primeira vista, pode-se imaginar que as escolas sejam as únicas possibilidades, mas não é o caso. Claro, as instituições de educação ainda são o local mais comum, mas não os únicos.

Você pode também trabalhar em empresas, seja do setor público ou privado. Além do mais, nada impede de trabalhar em uma clínica própria, aplicando a abordagem em pacientes, como psicólogos fazem.

Outra opção é conseguir trabalho em clínicas especializadas, instituições de saúde ou socioeducativas. Nelas, o profissional é parte de uma equipe multidisciplinar, a qual ajuda um grupo de pessoas a desenvolverem conhecimentos e habilidades.

Em empresas, você pode ser contratado para melhorar o desempenho em setores específico. Com isso, é responsável por avaliar problemas que estejam afetando o rendimento dos funcionários e como contornar a situação.

Segundo o site Salário, a média de pagamento do Psicopedagogo é de R$ 2.678,60, para uma jornada de 33 horas semanais. Apesar disso, o teto pode ultrapassar os R$ 5 mil, dependendo do cargo em questão, assim como porte da empresa.

MATRICULE-SE EM UMA PÓS-GRADUAÇÃO COM A QUALIDADE DA ESTÁCIO

Leia também: Estácio número de alunos: saiba quantos estudantes estão por aqui

Faça Psicopedagogia Estácio!

Para quem gosta de unir conceitos de duas áreas muito importantes, a Psicopedagogia Estácio é uma excelente opção. Com ela, você estará pronto para arrasar no mercado de trabalho e transformar vidas.

Gostou do texto? Ele te ajudou? Continue acessando os conteúdos do nosso blog. Tem muita informação sobre cursos da Estácio e outros temas relacionados à educação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui