Você busca um curso voltado para cuidar da segurança de indivíduos e grupos de pessoas em ambientes privados? Então o curso indicado é o de Gestão de Segurança Privada.

Se você tem curiosidade sobre essa profissão e quer entender um pouco mais sobre o curso e o mercado de trabalho, acompanhe!

Leia mais: Tecnólogo é curso superior? Entenda já a resposta!

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

Curso de Gestão de Segurança Privada

É um curso oferecido apenas por universidades particulares, do tipo tecnólogo, nas modalidades presencial e a distância.

A demanda por profissionais está em forte ascensão no Brasil. Segundo dados publicados em 2013 pela Federação Nacional de Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist), no país há mais de 2 mil empresas no mercado, ao mesmo tempo que empregam cerca de 690 mil trabalhadores.

Além disso, é um mercado rendável e de alta empregabilidade.

Objetivo do curso

O curso de Gestão de Segurança Privada prepara o profissional para atuar na proteção de vidas, ou seja, deve ser capaz de elaborar estratégias que favoreçam para a segurança empresarial e privada.

Dessa forma, o aluno desenvolverá habilidades para prevenção e identificação dos riscos relacionado à integridade patrimonial.

Além de obter competências de gerenciamento de atividades de preservação e organização nas áreas de planejamento, operação e controle da segurança privada e patrimonial.

Duração do curso

O curso de Gestão e Segurança Privada tem duração mínima de 2 anos, o que corresponde a quatro períodos.

Por ser um curso rápido é muito atrativo, pois alia às várias oportunidades de atuação no mercado.

Perfil do profissional

O profissional de Gestão e Segurança Privada deve possuir algumas características, tais como:

  • Amor à profissão: o profissional gestor de segurança privada deve realizar seu trabalho com presteza, dedicação e amor pelas pessoas e consequentemente o resultado será satisfatório;
  • Estratégia: o pensamento estratégico é necessário para poder planejar e atuar frente às dificuldades. Além disso, suas atividades requerem um certa dose de equilíbrio emocional e autocontrole no momento da ação em situações de risco ou de agravo a segurança das pessoas;
  • Interesse em Cidadania e Direito: possuir um conhecimento de leis, bem como estar em pleno exercício de seus direitos e deveres como cidadão. Estes são fatores intrínsecos ao profissional gestor de segurança privada;
  • Liderança: possuir capacidade de liderar, motivar, influenciar, inspirar e gerenciar equipe de pessoas a fim de alcançar os objetivos. Diante disso, é fundamental que mantenha boa relação interpessoal e seja um bom articulador;
  • Ser um desenvolvedor de planos: o aluno deve ter afinidade com planejamento, operacional e gerenciamento, voltado para equipe e para as ações de segurança. Dessa forma, deve estar sempre atento aos riscos e consequências de uma ação planejada;
  • Técnica e didática: para atuar de maneira eficiente e eficaz, o profissional precisa ter, principalmente, conhecimentos especializados da área de segurança com a visão prática e uso apropriado de técnicas. A equipe precisa estar em sintonia no momento da ação e esse é o papel do gestor de segurança privada.

Atuação do profissional

O gestor de segurança privada atua em atividades relacionadas com o cuidado das pessoas envolvidas. Algumas dessas atividades são:

  • Eventos: comanda uma equipe de pessoas e elabora segurança coletiva ou individual em eventos públicos e corporativos;
  • Gestão da Segurança Privada: atua na segurança patrimonial de empresas públicas e privadas;
  • Gestão de Equipes: atua como líder de equipes na qual coordena, delega, orienta e garante a execução dos procedimentos de segurança;
  • Investigação e Perícia Judicial: atua como autônomo ou em empresas de consultoria;
  • Projetos de Segurança: voltado para elaborar e executar políticas de segurança e planos de ação de acordo com a análise socioeconômica, política, cultural e de índices de violência e criminalidade;
  • Segurança do Trabalho: garante o bem estar físico e emocional através de ação de prevenção de acidentes de trabalho, preservação da integridade física de funcionários e melhoria do ambiente de trabalho;
  • Segurança Pessoal: comanda equipes para garantir a segurança individual de alguém;
  • Tecnologia: desenvolve atividades de gestão da segurança eletrônica na qual envolve procedimentos, definição de equipamentos e implantação de programas.

O profissional de Gestão de Segurança Privada e o equilíbrio emocional

Desenvolver habilidades como inteligência emocional auxilia muito no desempenho de um profissional gestor de segurança privada.

Dessa forma, além de desenvolver competência técnicas, o tecnólogo necessita desenvolver competências emocionais, tais como controle emocional, calma, disciplina, empatia, compaixão, autoconhecimento e técnica. 

Assim, com o desenvolvimento da inteligência emocional os profissionais tornam-se aptos a administrar melhor suas emoções e atuar de maneira mais eficaz.

Portanto, conseguem adquirir equilíbrio obtendo ganhos primordiais para um boa relação com os amigos e colegas de trabalho.

Reconhecendo essa importância, a instituição deverá trabalhar e preparar o profissional para lidar com situações riscos, acidentes, pessoas e situações inesperadas.

Mercado de trabalho do Gestor de Segurança Privada

O setor cresce a cada ano e, além disso, cresce a demanda por profissionais altamente capacitados, tornando-se um grande atrativo cursar a graduação em Gestão de Segurança Privada.

O mercado em aquecimento, aliado à possibilidade de atuar em vários campos, faz crescer a procura pelo curso de gestão de segurança privada.

Nesse sentido, uma pesquisa divulgada pela FGV em 2010 mostra que a taxa de empregabilidade dos tecnólogos formados é de mais de 90%.

Assim, esses fatores são bastante positivos para quem almeja atuar na área.

Quanto ganha um gestor de segurança privada?

Pesquisas realizadas e disponibilizadas no site salario.com.br, o salário de um gestor de segurança privada pode chegar à R$ 11.920,16, mas isso depende de alguns fatores, dentre eles:

  • Cargo/Função que ocupa;
  • Plano de cargos e salários da empresa a qual trabalha;
  • Política de produtividade;
  • Porte da empresa;
  • Tipo de empresa podendo ser especializada em segurança ou serviço orgânico de segurança.

Assim, o profissional de Gestão de Segurança Privada pode desempenhar diferentes funções dentro da empresa, entre elas estão:

  • Analista;
  • Coordenador de projetos;
  • Desenvolvedor de ações de segurança e proteção;
  • Diretor de empresa de proteção;
  • Diretor-executivo;
  • Especialista em eventos de pequeno ou grande porte;
  • Gerente de tecnologia da informação;
  • Liderança de equipes, entre outras funções.

Curso Tecnólogo em Gestão de Segurança Privada

O curso de tecnólogo em gestão de segurança privada é de ensino superior com algumas particularidades:

  • Atualização constante, principalmente por conta da tecnologia envolvida;
  • Custo relativamente baixo;
  • Foco na parte prática;
  • Formação prática voltada para atuação do profissional
  • Menor duração (2 anos).

Dessa forma, são cursos mais dinâmicos e com resultados rápidos pois são totalmente voltado para o mercado de trabalho.

Grade curricular

As disciplinas oferecidas no curso de Gestão de Segurança Privada variam de instituição para instituição. Assim, destacamos algumas disciplinas que devem compor a grade curricular, e entre elas estão:

  • Análise e Controle de Riscos Corporativos;
  • Auditoria e Investigação sobre Fraudes;
  • Comunicação Empresarial;
  • Condicionamento Físico e Defesa Pessoal;
  • Contabilidade;
  • Desenvolvimento Sustentável;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Aplicado;
  • Dinâmica das Relações Interpessoais;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Penal;
  • Economia e Mercado;
  • Direito Processual Penal;
  • Estatística Aplicada;
  • Estudos Disciplinares;
  • Ética e Legislação: Trabalhista e Empresarial;
  • Fundamentos de Administração;
  • Gerenciamento de Crises;
  • Gerenciamento de Segurança Pessoal e Executiva;
  • Matemática Aplicada;
  • Matemática Financeira;
  • Planejamento Estratégico;
  • Plano de Negócios;
  • Primeiros Socorros;
  • Recursos Humanos Aplicados à Segurança;
  • Recursos Materiais e Patrimoniais;
  • Segurança de Executivos e Dignatários;
  • Sistemas de Segurança da Informação;
  • Segurança do Trabalho, Saúde e Meio Ambiente;
  • Segurança Empresarial;
  • Técnicas de Informática;
  • Tecnologias Aplicadas à Segurança.


UTILIZE SUA NOTA DO ENEM PARA ENTRAR EM UM CURSO DA ESTÁCIO!

Leia também: Segurança Privada: conheça essa formação profissional

Se interessou em ser um profissional em Gestão de Segurança Privada?

Caso tenha se identificado com o curso e se interessou em fazê-lo matricule-se no curso de Gestão de Segurança Privada da Estácio.

Na Estácio você você estuda com uma equipe altamente especializada com capacidade de formar alunos preparados para o mercado de trabalho.

Além disso, disponibiliza um ótimo material didático e uma ampla gama de disciplinas capazes de formar um profissional bem preparado.

E continue acompanhando o nosso blog para mais dicas como essas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui