Unir o negócio da empresa com os objetivos e capacidades das pessoas para formar uma imagem mais sólida e capaz de resistir às crises. Se você se interessa por esses desafios, encontrou o curso de Comunicação Institucional. Com ele, você recebe todas as orientações e capacitações para promover a imagem da instituição e interagir com toda a comunidade usando estratégias como o endomarketing.

A Comunicação Institucional é uma graduação de nível superior, mas com características de um tecnólogo. Tudo depende da faculdade que você escolher para dar continuidade a sua formação. Assim, a formação dura em média dois anos. Nesse período em sala de aula, você terá contato com disciplinas mais práticas e voltadas para a atuação no mercado de trabalho. Todo o conteúdo sempre estará ligado com materiais de marketing, publicidade, jornalismo e relações públicas.

Dessa forma, dá para entender que a Comunicação Institucional utiliza de todos os conceitos das principais atuações dessas profissões para conseguir atingir o seu objetivo. Quer entender melhor como tudo isso funciona? Ficou curioso para saber do curso de Comunicação Institucional e também de como está o mercado de trabalho? Então, leia este conteúdo até o final.

Sobre a Comunicação Institucional e a atuação no mercado

Antes mesmo de falar sobre o curso de Comunicação Institucional, é preciso entender que você terá de passar por um vestibular para conseguir atuar nessa área. Além disso, existe a necessidade de concluir a graduação para concorrer a uma das vagas de emprego disponíveis no mercado de trabalho.

Sua missão dentro da área de Comunicação Institucional é identificar os objetivos de uma organização. Para isso, serão muitas reuniões estratégicas com as principais diretorias da empresa. Então, munido dessas informações, você terá a responsabilidade de manter, elevar e preservar a imagem da instituição diante das pessoas. Além disso, deverá encontrar estratégias para unir a organização e seus colaboradores.

De forma geral, para cumprir esses objetivos da Comunicação Institucional você terá de usar os conhecimentos das áreas do marketing, publicidade, jornalismo e das relações públicas. Então, com base nisso, você precisará sempre programar e projetar as políticas de comunicação da sua empresa. Além disso, terá a missão de difundir a imagem e ações da corporação em diferentes mídias de atuação interna e externa e cuidar dos eventos corporativos.

Assim, perceba que como profissional da Comunicação Institucional você permeia entre o público interno, que são os colaboradores, e também o público externo, que são os clientes, parceiros comerciais, acionistas e a comunidade em geral.

É preciso haver muita organização e um olhar muito estratégico e crítico para conseguir planejar e estabelecer os projetos que darão mais credibilidade e confiança entre o mundo empresarial e todo o seu público.

Curso de Comunicação Institucional

Agora que você entendeu melhor quais são as atividades da sua área de atuação, vamos para o curso de Comunicação Institucional. Ele tem as características de uma graduação de nível superior, mas com titulação tecnológica. Isso significa que durante os dois anos de formação, em média, você será capacitado para atuar no mercado de trabalho.

Nesse período, terá acesso a conteúdos de Marketing, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas e até Jornalismo. Então, é preciso gostar da comunicação na essência para se dar bem no mercado.

Para você entender um pouco melhor como é o curso de Comunicação Institucional, separamos aqui as principais disciplinas que você encontra na faculdade. Sempre leve em consideração a grade curricular da sua faculdade. Assim, você poderá entender se ele se encaixa nos seus objetivos profissionais. Afinal, o conteúdo do curso pode mudar de uma instituição para outra. É bem importante estar atento aos requisitos. Veja algumas das matérias:

  • Comunicação contemporânea.
  • Empreendedorismo cultural, inovação social e criatividade.
  • Fundamentos antropológicos e sociológicos.
  • Planejamento de carreira e sucesso profissional.
  • Psicologia nas organizações.
  • Comunicação comunitária e terceiro setor.
  • Comunicação corporativa e assistência de imprensa.
  • Jornalismo digital e multiplataforma.
  • Planejamento gráfico e visual em jornalismo.
  • Processos de produção em conteúdos e multimeios.
  • Design de serviços.
  • Design e formatação de negócios digitais.
  • Edição de conteúdos multiplataformas.
  • Jornalismo de dados e algoritmos.
  • Pesquisa e análise de tendências de consumo.
  • Planejamento estratégico para o cenário 4.0.

Modalidades

Com base nesse conteúdo programático do curso de Comunicação Institucional, você pode escolher a sua faculdade e também o formato do seu curso. Na Estácio, por exemplo, você tem algumas opções. Dá para escolher a modalidade que se encaixa na sua rotina. Tem a graduação no formato presencial, com apenas 20% do conteúdo de forma online. Isso lhe garante um pouco de mobilidade, mas também um ótimo contato com o mundo universitário.

Além disso, você pode optar pela versão digital do curso de Comunicação Institucional. Nesse caso, você terá 100% do conteúdo na plataforma online da Estácio. Assim, guarda mais tempo para outras atividades do seu dia a dia e pode estudar quando e onde quiser.

Por fim, dá para escolher a modalidade flex. Ela é a junção das outras. É que você conseguirá ter acesso a algumas matérias de forma online e em outras, mais práticas, precisará estar presencialmente na sua unidade Estácio. Assim, você une praticidade e mais conhecimento acadêmico.

Faça uma pós ou uma segunda graduação

Se você se interessou pela profissão de Comunicação Institucional, mas já concluiu uma graduação, sem problemas. Dá para apostar em uma especialização nessa área. Para entrar na pós em Comunicação Institucional você precisa ter concluído um curso em marketing, jornalismo, publicidade, relações públicas ou alguma dessas áreas correlatas. Assim, fará uma especialização para aprender novas estratégias de como conduzir os objetivos da empresa diante do público.

No entanto, se você concluiu uma graduação fora da área, sem problemas. Na Estácio, por exemplo, você conseguirá uma boa vantagem financeira para fazer uma segunda graduação em Comunicação Institucional e investir na sua carreira. Dá para conquistar até 40% de bolsa. Aproveite para investir em você.

Além disso, se você está no curso de comunicação, mas não gostou muito da experiência, dá para transferir o seu curso para a Estácio. Assim, você ganha até 50% de bolsa e ainda tem acesso ao melhor conteúdo pedagógico da Comunicação Institucional.

Mercado de trabalho

Seja qual for a sua modalidade de formação em Comunicação Institucional, você terá algumas opções no mercado de trabalho. Aqui, separamos as principais, mas como a área é bem dinâmica as necessidades mudam bastante.

Você pode atuar sempre na elaboração de comunicados para funcionários, fornecedores, consumidores e afins. Essa será uma das principais atividades. Além disso, dá para produzir material editorial, como jornais e revistas corporativos. Afinal, a missão é comunicar as atividades da empresa. Então, nada melhor do que desenvolver veículos próprios.

Em algumas contratações, você também será o responsável por garantir a comunicação da empresa com a imprensa. Assim, é muito importante valorizar os contatos profissionais para dar mais visibilidade ao seu cliente.

Além disso, você sempre tem como missão desenvolver novos projetos de Comunicação Institucional. Eles estão vinculados à elaboração de projetos específicos para cada público. Sempre levando em consideração a avaliação dos resultados. Outra atividade é a de gerenciamento de informações em momentos de crise. Então, se a empresa passar por um momento difícil, você precisa estar atento para encontrar a melhor forma de gerir a situação.

Ainda existe a necessidade de atuar na comunicação e produção de eventos para a promoção de seminários, reuniões e outros acontecimentos que aumentam a interação com o público-alvo. Por fim, tem o planejamento da política de comunicação. Assim, você conseguirá fazer um diagnóstico ao nível da comunicação interna e externa, para elaborar o melhor projeto de comunicação para a organização.

Oportunidades

Com base nessas atividades, vamos para os locais em que você pode encontrar uma vaga de trabalho em Comunicação Institucional. De forma geral, as agências de comunicação, assessoria, empresas de planejamento, consultoria, indústria, comércio, órgãos públicos, institutos e centros de pesquisas são as empregadoras. Então, você precisa estar sempre atento e manter um bom relacionamento com esses profissionais.

Salário

Um relações públicas, ou profissional da Comunicação Institucional, ganha em média R$ 4.364,36 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais. Esses dados são de uma pesquisa do Salario.com.br junto a dados oficiais do CAGED. Estamos sempre levando em consideração os profissionais que trabalham com carteira assinada.

A faixa salarial do relações públicas ou do profissional de Comunicação Institucional fica entre R$ 3.983,30 (média do piso salarial em 2020 de acordos, convenções coletivas e dissídios), R$ 3.000,00 (salário mediana da pesquisa) e o teto salarial de R$ 6.595,55.

Gostou das dicas sobre a Comunicação Institucional? Então, acesse o blog da Estácio. Você vai encontrar mais conteúdos sobre as diversas profissões disponíveis e algumas boas dicas para se dar bem no mercado de trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui