O mercado de trabalho têm oferecido excelentes oportunidades para quem é profissional de redes de computadores. E o motivo pode parecer até mesmo óbvio: é que com a popularização da internet, tornou-se fundamental ter um profissional responsável por conectar os mais diversos dispositivos a rede mundial de computadores. 

Além, é claro, de ter alguém capacitado e responsável por gerenciar redes de armazenamento de arquivos e encontrar soluções para garantir a segurança de dados. Outro ponto importante que faz do profissional de Redes de Computadores ser bastante procurado pelo mercado é que o setor de Tecnologia da Informação está em pleno aquecimento e faltam profissionais.

Se você busca por uma formação com rápida inserção no mercado de trabalho e tem afinidade com ciências exatas, cálculos e gestão, o curso tecnólogo em Redes de Computadores pode ser uma opção de carreira de sucesso.

Confira neste post o que faz um profissional de redes de computadores, como é a formação superior e o que esperar do mercado de trabalho. Além disso, confira detalhes sobre o curso tecnólogo em Redes de Computadores oferecido pela Estácio.

Boa leitura!

MATRICULE-SE NO CURSO TECNÓLOGO DE REDES DE COMPUTADORES DA ESTÁCIO

Leia também: Gosta de tecnologia? Confira profissões do futuro e como se preparar para elas

Como é o curso tecnólogo em Redes de Computadores

Quem deseja se tornar um profissional de redes de computadores deve fazer uma graduação superior em grau de tecnólogo. O curso de Redes de Computadores é uma das graduações oferecidas pela Estácio.

Na instituição de ensino, o curso é ofertado na modalidade presencial, oferecendo ao aluno maior convivência com o mundo universitário além de uma pequena carga horária online de até 20% da grade.

Com duração de dois anos e seis meses, a graduação tecnológica em Rede de Computadores capacita o aluno a:

  • Elaborar;
  • Implantar;
  • Gerenciar projetos lógicos e físicos de redes de computadores locais e de longa distância.

É importante ressaltar que as pessoas que se interessam pela formação em Redes de Computadores precisam ter afinidade com assuntos relacionados a tecnologia, lógica, cálculo, programação e até mesmo planejamento.

Afinal de contas, disciplinas como Redes Convergentes, Comunicações Ópticas, Redes sem Fio e de Banda Larga estão na grade curricular do curso. 

Além disso, o aluno da Universidade Estácio de Sá tem a oportunidade de participar de aulas práticas em laboratórios especiais.

Quais as principais disciplinas do curso

Se você chegou até aqui é porque, de fato, tem interesse em se tornar um profissional de Redes de Computadores.

Então, para deixar você ainda mais informado sobre o curso, confira aqui as principais disciplinas que compõem a grade curricular da graduação em Redes de Computadores:

  • Arquitetura de computadores;
  • Fundamentos de redes de computadores;
  • Introdução à programação estruturada em C;
  • Introdução à segurança da informação;
  • Planejamento de carreira e sucesso profissional;
  • Arquitetura e protocolos de redes de computadores;
  • Computação em nuvem e Web Services em Linux;
  • Desenvolvimento Web em HTML, CSS, Javascript e PHP;
  • Introdução à computação e ao pensamento computacional;
  • Paradigmas de linguagens de programação em Pytho;
  • Desenvolvimento rápido de aplicações em Python;
  • Infraestrutura de redes;
  • Inteligência artificial;
  • Matemática e lógica;
  • Negócios eletrônicos;
  • Programação cliente servidor;
  • Roteamento e comutação;
  • Sistemas operacionais com prática em Linux;
  • Direito Cibernético;
  • Gestão e configuração de serviços de redes Win;
  • Laboratório de gerência e análise de redes;
  • Redes programáveis;
    Tópicos de cloud, IoT e indústria 4.0 em Python;
  • Aplicações em redes e QOS;
  • Banco de dados;
  • Gestão e configuração de serviços de redes LIN;
  • Interligação de redes;
  • Segurança cibernética;
  • Tópicos em Libras: surdez e inclusão.

O que faz um profissional de Redes de Computadores

Como já adiantamos na introdução deste artigo, o profissional de rede de computadores atua em:

  • Conexão de dispositivos à Internet;
  • Criação de sistemas de redes para armazenamento de arquivos;
  • Diagnóstico e solução de problemas de configuração de dados;
  • Diagnóstico e solução de pontos relacionados à segurança de sistemas.

Esse profissional possui uma carreira promissora, e pode optar por atuar em pelo menos 3 frentes:

Administração de Redes de Computadores

Neste ramo, o profissional será responsável pela implantação e pelo monitoramento de redes de computadores.

Cabe ao profissional, entre outras atividades:

  • Administrar servidores e redes de dados em ambiente Data Center;
  • Atuar no atendimento a usuários;
  • Trabalhar na configuração da estrutura de redes.

Análise de Suporte

O profissional de redes de computadores que atua como analista de suporte é o responsável por instalar e configurar programas de antivírus e tomar outras medidas para fortalecer a proteção contra ataques hackers e demais vírus.

Outra competência desse profissional está relacionada a criação e manutenção de backups.

Análise de Segurança de Redes

Já aqueles profissionais que seguem a carreira de analista de segurança atuam diretamente no desenvolvimento de projetos e manutenção de seguranças de rede, aqui incluindo softwares e hardwares de servidores.

Esse profissional possui um papel fundamental em questões relacionadas a políticas de segurança da informação e a proteção de dados das organizações.

Como é o mercado de trabalho para um profissional de Redes de Computadores

Amplo e bastante aquecido, o mercado de trabalho para profissionais de redes de computadores é um dos grandes chamarizes para esse curso.

As vagas de trabalho desse setor estão sendo oferecidas em empresas públicas e privadas, dos mais diferentes portes, e também em quase todas as áreas da economia, incluindo organizações não governamentais (Ongs) e também associações.

Entre as empresas que mais contratam profissionais de Redes de Computadores estão:

  • Empresas de telefonia celular;
  • Desenvolvedoras de software;
  • Empresas e provedores de internet;
  • Operadores de hardware.

É importante salientar que a forma de contratação dos profissionais de redes de computadores podem ser feitas diretamente pelas organizações ou por contratos de terceirização e prestação de serviços como consultores.

Segundo informações do SINE – Site Nacional de Empregos – , o salário de um profissional de redes de computadores pode variar entre R$ 2.097,38 a R$ 3.544,57 em início de carreira. 

Já profissionais mais experientes podem ganhar entre R$ 5.120,55 e R$ 8.653,74, dependendo do porte da empresa contratante.

Em relação às oportunidades de trabalho, é no estado de São Paulo e também no Rio de Janeiro, onde estão as melhores vagas para os profissionais de redes de computadores. Além disso, em Minas Gerais, no Paraná e no Distrito Federal, também são ofertadas vagas interessantes neste setor.

Como ingressar no curso de Redes de Computadores da Universidade Estácio de Sá

Agora que você já sabe como é o curso de redes de computadores, o que faz esse profissional e o que esperar do mercado de trabalho, é hora de se informar sobre como ingressar nessa graduação.

E na Universidade Estácio de Sá, é simples!

O ingresso no curso de redes de computadores pode ser feito:

  • Pelo Enem;
  • Através do Vestibular;
  • Por solicitação de segundo diploma;
  • Por transferência de curso.

E mais: ingressando na Universidade Estácio de Sá você tem a chance de ganhar uma bolsa de estudos de até 100%!

Não deixe essa oportunidade ir embora! Acesse o link, inscreva-se e garanta um diploma com a qualidade da Universidade Estácio de Sá!

Acompanhe também mais informações sobre cursos, mercado de trabalho, bolsas e dicas no blog da Estácio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui