Quem deseja fazer um curso de graduação na modalidade de bacharel deverá fazer um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) no final da formação. Esse estudo funciona como uma etapa final para a avaliação do aluno. Portanto, em caso de reprovação, não será possível de obter o diploma. Nesse post, vamos dar 10 passos práticos para você organizar esse trabalho sem turbulências.

Embora o TCC seja algo trabalhoso e exija seguir todas as normas da academia, ele não costuma criar maiores complicações. Para evitar cair em certas armadilhas, basta você adotar algumas estratégias e já ir criando familiaridade com os textos acadêmicos desde o início do curso.

Portanto, se você tiver organização desde as etapas iniciais da graduação, a elaboração desse trabalho será tranquila e não trará problemas.

Para saber mais sobre como se organizar para elaborar o famigerado Trabalho de Conclusão de Curso, leia o texto até o final e descubra maneiras de como lidar com as exigências da academia.

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO

Leia também: Conheça 10 opções de profissões para trabalhar sozinho

Como organizar o TCC

Cedo ou tarde, a hora de você organizar o seu trabalho final da graduação chegará. Saiba que essa é uma exigência em qualquer instituição de ensino superior, na Estácio não é diferente e para não tornar essa interessante experiência muito tensa, confira algumas dicas que podem ajudar você a lidar com esse trabalho.

Não existe uma receita pronta para elaborar o TCC. Afinal, cada tema exigirá uma pesquisa diferente. Esta é a etapa da sua graduação em que não há outra fórmula senão se dedicar ao livros e à escrita. Isso exigirá empenho, comprometimento e organização.

Mas há como deixar esta etapa um pouco mais leve e tranquila e é exatamente isso que será explicado a seguir. Os 10 passos abaixo vão ajudá-lo a ter sucesso no TCC sem tornar isso um fardo.

1-Faça uma iniciação científica

Todo curso em em uma universidade tem um programa de iniciação científica. Essa é uma modalidade de pesquisa acadêmica que certamente ajudará você no futuro. Além de poder abater as horas complementares, esse tipo de estudo permite que você vá colhendo elementos para a escolha do tema do seu TCC. Com isso, ir se acostumando com as formalidades do texto e da escrita acadêmica.

Outra vantagem bastante relevante para ingressar nesse projeto é o de ir trabalhando em conjunto com um orientador. Isso permite que você tenha afinidade com alguém que possa lhe indicar um professor para orientá-lo ou até mesmo já ter um orientador antecipadamente.

2- Escolha um tema

O pontapé inicial do TCC é ter um tema que renda uma boa dissertação. Ao escolher o tema, elabore três perguntas sejam positivamente respondidas, como: você tem afinidade com o assunto? Existe material suficiente para montar uma pesquisa robusta? O tema é significante para a academia?

Se a resposta for sim para essas três perguntas, você provavelmente tem um tema muito forte para começar. Mas sempre é bom reforçar que isso deve ser conversado com o professor orientador. E também é importante ver se ele não tem nenhuma sugestão para que você monte um breve repertório de temas pertinentes.

3- Escolha a abordagem correta

Com o tema definido, agora é a hora de você pensar na abordagem mais pertinente para o TCC. Isso consiste em como o trabalho será apresentado para a banca. Além de como será a temática, a problematização do tema e como você irá definir os argumentos para a elaboração e dissertação.

4- Prepare-se para a pesquisa

Ao pensar no referencial teórico do seu trabalho, é fundamental entender como isso será pertinente para a pesquisa e como isso será convincente para a banca. Uma pesquisa rica permite que você tenha muito a dizer e desenvolver um trabalho crítico bastante robusto. Ou seja, com argumentos contundentes e relevantes que levarão a um resultado satisfatório.

Uma boa dica é você ir montando um banco de dados com aquilo que você acha interessante na graduação. Pois isso poderá ser uma mina de ouro para a pesquisa e poderá garantir um arsenal interessante para a confecção do trabalho.

Portanto, não deixe de anotar bibliografia, citações, autores ao longo dos estudos e trabalhos realizados na faculdade. Tente cruzar e achar pontos em comum com o tema. Isso também permitirá que você tenha mais conhecimento e propriedade sobre o que irá escrever.

5- Estude sobre a estrutura do trabalho

O tipo de TCC exigido por cada instituição pode variar. Para saber qual será o formato do seu curso, busque informação o quanto antes para poder se preparar desde cedo. O formato pode ser monografia, estudo de caso, plano de negócio, entre outros.

Ao saber sobre o formato de estrutura do trabalho a ser realizado, é necessário que você consulte a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Esse é um órgão nacional responsável pela normalização técnica e que rege todos os textos escritos na academia.

Uma boa dica para saber mais sobre as normas é você ir buscando material na biblioteca ou visitar o portal do órgão para colher informações.

6- Estipule metas

Estipular metas é fundamental para você lidar com a demanda de escrita e leitura. Isso permitirá que você organize uma rotina de estudos mais eficiente, podendo acompanhar como está o desenvolvimento do TCC.

Essa pode ser uma estratégia bem eficaz para que você não se atrase com os prazos, e caso isso aconteça, poderá tomar medidas para reverter. Portanto, criar uma meta faz com que o seu ritmo fique mais organizado e permite que você administre o conteúdo de acordo com o ritmo que está trabalhando.

7- Crie uma pasta de arquivos

Durante a sua jornada no curso, provavelmente você teve acesso a muitas obras e também realizou uma grande variedade de trabalhos. Ao salvar os seus arquivos em um disco rígido, também conhecido como HD, tenha o cuidado de criar pastas ou subpastas como todos os trabalhos ou textos nomeados de maneira que sejam fáceis de identificar.

Para organizar melhor os seus arquivos, crie pastas com os nomes das disciplinas cursadas e nessas pastas, separe em subpastas de acordo com o formato do arquivo. Como por exemplo: artigo, materiais coletados, lista de autores relevantes, entre outros. Isso permitirá que você monte um arsenal relevante para o seu trabalho de conclusão de curso.

8- Anote todas as suas dúvidas

O TCC é um trabalho que é orientado por um professor experiente. Durante a disciplina específica desse trabalho, você terá as orientações dele agendadas de acordo com a disponibilidade de ambas as partes.

Para sanar todas as dúvidas, organize um documento específico para poder esclarecer tudo com seu orientador presencialmente.

Certamente muitas dúvidas vão surgir ao longo do semestre e se você não anotar em um momento certo, a probabilidade de esquecer será grande. Ao fazer isso, você também poderá amadurecer as ideias e talvez até poder expandir aquilo que não está muito claro.

9- Revise sempre

Cuidar da revisão do tema que você está escrevendo é fundamental. Para isso leia e releia o que foi feito e verifique se não existe nenhuma digressão ou inconsistência com o assunto abordado.

Além disso, é imprescindível verificar as normas da ABNT e também a gramática. Falta de revisão demonstra falta de cuidado com o trabalho e isso pode fazer você perder credibilidade.

10- Ensaie para a apresentação

Saber como apresentar e ter o domínio completo do que você trabalhou no TCC pode valer pontos importantes. Portanto, não deixe de ler e reler o trabalho e crie estratégias de apresentação. Ao fazer isso, você terá mais segurança e também não terá o famoso branco na hora de ter que falar.

Lembre-se de que a apresentação para a banca é o último dia de trabalho do TCC. Não deixe de conversar com amigos ou familiares sobre o tema e uma boa dica pode ser a de você ver alguma apresentação de algum colega. Isso permitirá que você se familiarize com o tipo de abordagem que a banca faz aos alunos.

Conclusão

Uma das vantagens de fazer o TCC é a de adquirir mais experiência. Isso permite que você possa engatilhar um assunto ou trabalho para fazer uma pós-graduação futuramente.

Além disso, isso permite que você crie vínculo com um professor orientador que poderá ajudar em um futuro mestrado, por exemplo. Portanto, esse tipo de trabalho acadêmico acaba sendo uma experiência única para aprender mais sobre as formalidades da academia. Nos cursos de graduação da Estácio, realizar o TCC é uma experiência única.

Acompanhe mais informações sobre cursos, bolsas, mercado de trabalho e dicas no blog da Estácio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui