Você é daquele tipo de pessoa que adora ficar em casa e não gosta de estar em equipe? Quem sabe pesquisar por profissões para trabalhar sozinho possa ser uma alternativa. Trabalhar sozinho pode ser uma maneira de evitar uma série de aborrecimentos, como incomodações com colegas, no atendimento ao público e metas que dependem de outros.

Vale lembrar também que nem todas as pessoas são capazes de liderar equipes, fazer atendimento ou realizar atividades que exijam contato ou imersão social.  Se você é tímido e estar em contato com outras pessoas aborrece você, talvez seja interessante buscar uma alternativa para seguir uma carreira profissional sem que afete a sua vida pessoal.

Separamos  a seguir uma lista com 10 profissões para trabalhar sozinho que podem se adequar ao seu perfil. Além disso, a Estácio oferece cursos de graduação de muita qualidade para ingressar em uma dessas áreas.

Confira!

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DA ESTÁCIO!

Leia também: Nova carreira: saiba como uma segunda graduação pode ajudar

Quais são as profissões para trabalhar sozinho

Na Estácio você pode estudar a distância e ainda tem uma variedade de opções de cursos que são adequados as profissões para trabalhar sozinho. Além disso, você conta com uma equipe de professores reconhecidos no mercado de trabalho que poderão ajudar você a ter uma formação bastante sólida e diferenciada.

Veja a seguir 10 profissões para trabalhar sozinho:

1- Analista de sistemas

Se você gosta da área das exatas e tem afinidade com tecnologia e informática, uma boa opção pode ser fazer uma graduação de Análise de Sistemas. Além disso, essa profissão está bastante aquecida para o mercado atual. Pois é através dessa formação que é possível desenvolver sistemas e dar apoio a serviços que utilizam a tecnologia da informação.

Essa é uma profissão que além de permitir que você trabalhe sozinho, também possibilita que você realize as suas atividades remotamente. Pois muitas vezes um analista de sistemas presta consultoria a distância e pode trabalhar com várias empresas de tecnologia simultaneamente.

Para trabalhar com essa profissão é importante ter criatividade e capacidade de assimilação de conhecimento. É necessário fazer uma boa gestão e administração das ferramentas da tecnologia da informação.

2- Economista

Economista é o profissional responsável pelo sistema financeiro. Quem se forma nesta graduação pode trabalhar em diversas áreas relacionadas às finanças e também comércio exterior. É um profissional que também pode trabalhar sozinho na maioria das vezes e a distância.

Para se tornar um economista, é necessário fazer a graduação em Ciências Econômicas. Esse é um curso para quem gosta tanto das ciências exatas, quanto das humanas. Pois essa formação transita muito bem entre esses dois campos.

Isso garante que o profissional tenha um horizonte bastante amplo para trabalhar, seja no comércio aduaneiro, comércio exterior, consultoria financeira, planejamento econômico, entre outros.

3- Revisor

Se você tem afinidade com as normas da gramática e gosta de trabalhar com textos, a profissão de redator pode ser um tiro certeiro. Para tornar-se esse profissional é necessário fazer um curso de graduação na modalidade bacharelado em Letras- Língua Portuguesa.

O trabalho de um revisor consiste em editar textos e torná-los mais fluentes, coesos, coerentes e acima de tudo sem erros gramaticais. Essa é uma profissão que pode servir como uma luva para quem gosta de ler e trabalhar sozinho, pois exige muita concentração e foco para que nada passe em branco.

Além disso, a formação em Letras garante um campo bastante abrangente para se trabalhar, como produção de conteúdo ou revisão de textos em sites. Portanto a profissão de redator também pode ser muito relevante para quem gosta de trabalhar em home office.

4- Cientista de Dados

Por trás de tudo aquilo que as pessoas acessam na internet, existe um profissional chamado cientista de dados. Ele é o principal responsável por organizar a maneira e a ordem que as coisas aparecem para as pessoas.

Essa é uma área bastante aquecida atualmente e também é o motor central de empresas que utilizam a internet como fonte de renda. Afinal de contas, é esse profissional que transforma dados brutos em insights para negócios em potencial.

Para tonar-se um cientista de dados é necessário fazer graduação em um curso chamado Ciência de Dados. Essa formação permitirá que você trabalhe com dados estruturados e não estruturados, encontrando ordem no caos e facilitando a vida das pessoas que pesquisam por uma determinada coisa na internet.

Além disso, essa é uma formação multidisciplinar e que pode garantir a você um amplo conhecimento sobre a área da tecnologia da informação.

5- Arquiteto

Se você gosta da área das ciências exatas e arte, o curso de Arquitetura pode fornecer uma ótima carreira profissional. Para tornar-se um arquiteto é necessário fazer o curso de Arquitetura. Esse curso também garante uma formação híbrida com um pé na área das humanas e outro nas ciências exatas.

Devido ao avanço tecnológico, hoje em dia, um arquiteto pode executar um projeto sem que necessite trabalhar com uma equipe. Este profissional é o principal responsável por planejar e projetar paisagens urbanas, espaços interiores e exteriores.

Essa é uma profissão muito relevante para a otimização dos locais onde as pessoas vivem ou frequentam e que torna muito mais agradável o visual das construções.

É importante ressaltar que o arquiteto trabalhe sozinho na maioria das vezes, ele necessita ter contato com clientes ou visitar os espaços para captar ideias e ter imaginação para saber como desenvolver um projeto.

Embora a visita em campo seja necessária, essa também pode ser considerada uma das profissões para trabalhar sozinho.

6- Tradutor

A profissão de tradutor é bastante requisitada tanto para  meio acadêmico, quanto para o meio comercial. A vantagem de ser tradutor é que você pode trabalhar por conta própria sem depender de ninguém. Além disso, é possível trabalhar como freelancer e em home office.

Para se tornar um tradutor, basta ser proficiente em um segundo idioma e fazer uma graduação na área de Letras, com habilitação em uma língua estrangeira. Se você gosta de trabalhar isolado, ler e escrever, essa graduação é muito indicada para você, pois ela exige exatamente isolamento, leitura e escrita.

7- Designer de interiores

Se você gosta de arte, projetar móveis, a profissão de designer pode ser uma ótima carreira. A atividade de um design de interiores consiste em projetar móveis e otimizar os espaços. Esse é o profissional que seleciona a melhor combinação de textura, cores e materiais que vão decorar um ambiente interno.

Para tornar-se um esse profissional é necessário fazer uma graduação de Design de Interiores. Essa formação vai permitir que você tenha contato e saiba projetar espaços e objetos para que harmonizem com os ambientes, garantindo uma estética mais apropriada de acordo com o perfil do cliente.

Vale ressaltar que essa também é uma das profissões para trabalhar sozinho, mas é fundamental sair de casa para visitar o cliente e o local onde ele irá necessitar dos serviços de designer.

8- Escritor

Se você tem afinidade com a escrita, uma opção interessante pode ser trabalhar como escritor. Embora essa profissão não exija nenhuma formação específica, vale lembrar que qualquer um pode se dedicar a ela. Porém um curso dentro da área das humanas pode fornecer diversas ferramentas para aprimorar a escrita.

Uma graduação interessante para se trabalhar como escritor é a de Letras. Pois essa formação permitirá que você estude diversas vertentes da linguística e da literatura. Sem dúvidas, isso ira fornecer a você um arsenal interessante para escrever.

Além disso, trabalhar com escrita exige não só criatividade, mas concentração e isolamento. Portanto, essa pode ser a profissão adequada se você gosta de escrever e de trabalhar sozinho.

9- Programador

Essa é uma profissão fundamental para a área da tecnologia. Afinal de contas, não seria possível usar celular nos dias atuais sem um programador. É ele quem elabora, executa e desenvolve projetos de sistema que tornam mais prática a vida humana.

Para tornar-se um programador, é necessário fazer um curso de graduação em Ciências da Computação. Pois essa formação garantirá a aprendizagem de diversas linguagens e isso ajudará você a se especializar em uma de acordo com o seu perfil e foco de trabalho.

Além disso, é importante lembrar que um programador pode trabalhar tanto sozinho, quanto em equipe. Portanto, se um dia você cansar do isolamento, poderá ingressar em uma equipe de programação e trabalhar em empresas que contratem esse tipo de serviço.

10- Contador

Esse profissional é fundamental para a sobrevivência de uma empresa. Afinal de contas, ele é o principal responsável pela finança e projeção de gastos e despesas de onde trabalha. O contador pode trabalhar sozinho ou em uma equipe, em um escritório.

Para tornar-se esse profissional, é necessário fazer um curso de graduação em Ciências Contábeis. Embora essa seja uma formação focada em finanças, essa também é uma área muito promissora para concursos públicos.

Caso você venha se cansar da própria companhia, um concurso público pode garantir uma certa estabilidade para a sua carreira profissional.

Conclusão

Agora que você sabe quais são as profissões para trabalhar sozinho, certamente pode perceber que esse pode ser um caminho para evitar alguns aborrecimentos que surge no dia a dia no convívio social.

Além disso, algumas profissões permitem que você seja dono do próprio negócio ou também permitem que você possa moldar a sua rotina de trabalho, garantindo mais flexibilidade.

Portanto, trabalhar sozinho pode garantir algumas vantagens e uma rotina mais tranquila para a sua vida pessoal. E o primeiro passo é escolher um curso de graduação da Estácio!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui