À primeira vista, você quer ingressar no curso de Sistemas de Informação porque acredita ser o ideal, mas ainda tem dúvidas que te impedem de começar? Apresentamos tudo o que você precisa saber para o momento de escolher seu curso superior. 

Com o avanço de novas tecnologias, a busca pelo curso de Sistemas de Informação aumentou consideravelmente. A chegada de novos softwares no mercado e a constante evolução das máquinas e aparelhos, por exemplo, têm demandado ainda mais profissionais na área.

O curso de Sistemas de Informação tem por objetivo oferecer conhecimento completo para que os alunos entendam as estruturas que contemplam a tecnologia da informação. Dessa maneira, podem apoiar no desenvolvimento e avanço dessas tecnologias. 

Então, se está curioso sobre como o curso de Sistema de Informação funciona, neste artigo vamos abordar todas as principais dúvidas para que você tome a melhor decisão na hora de escolher o seu curso de ensino superior.  

O que é o curso de Sistemas de Informação? 

Primeiramente, se você gosta de conhecer novas tecnologias e está sempre antenado em novos softwares e como eles funcionam, saiba que o curso de Sistemas de Informação talvez seja interessante para você. Ele tem por finalidade formar profissionais capazes de atuar na área de Tecnologia da Informação (TI) para criar soluções tecnológicas que determinem fluxos de informações. 

O curso possui também dois diferentes tipos de graduação: bacharelado e tecnólogo. Para graduação na modalidade bacharelado, possui duração média de 4 anos e para o tecnólogo a duração média é de 2 anos. 

Disciplinas do curso Sistemas de Informação

Com foco no desenvolvimento de softwares e no gerenciamento de sistemas informatizados, o curso levará o estudante a questionar as estruturas lógicas de desenvolvimento de um software. Também proporciona o entendimento da formatação dessas informações e oferece a oportunidade de trabalhar no aprimoramento e desenvolvimento do software a partir dessas análises.

Para quem gosta de colocar a mão na massa, grande parte da grade curricular é composta por aulas práticas. Entretanto, para que essas aulas aconteçam, é necessário que o conhecimento teórico esteja em dia, de modo que tudo isso será avaliado pelo professor responsável. 

Dentre as principais disciplinas do curso Sistemas de Informação, podemos destacar:

  • Administração e Negócios;
  • Engenharia de Software;
  • Cálculo Diferencial e Integral;
  • Arquitetura de Computadores;
  • Álgebra Linear;
  • Probabilidade e Estatística;
  • Banco de Dados;
  • Redes de Comunicação de Dados;
  • Inteligência Artificial;
  • Análises de Sistemas;
  • Sistemas operacionais;
  • Empreendimentos em Informática;
  • Fundamentos de sistemas de informação;
  • Gestão de sistemas de informação;
  • Gerenciamento de dados e informação;
  • Gestão do conhecimento;
  • Gestão de tecnologia da informação;
  • Infraestrutura de tecnologia da informação;
  • Inovação e novas tecnologias aplicadas a sistemas de informação das organizações;
  • Empreendedorismo na área de sistemas de informação;
  • Arquitetura da informação e da tecnologia da informação;
  • Arquitetura empresarial;
  • Teoria geral de sistemas;
  • Pesquisa operacional, modelagem de sistemas;
  • Simulação de sistemas de informação;
  • Psicologia aplicada a sistemas de informação;
  • Administração e negócios.

Entre muitos outros. 

Saiba mais: Faça já sua matrícula no curso Sistemas de Informação na Estácio

O profissional do curso Sistemas de Informação

Antes de mais nada, o profissional de Sistemas de Informação terá conhecimento para operar em qualquer rede de computadores em diferentes modelos empresariais, seja ele privado, público ou não-governamental. 

Também será responsável pelo fluxo, armazenamento e recuperação de informações na empresa. O profissional de Sistemas de Informação, por sua vez, terá expertise de desenvolvimento, permitindo a criação de novos softwares a partir de uma necessidade específica do cliente e/ou empresa. Também poderá adaptar o que for necessário para o pleno funcionamento dos softwares já existentes.

Constantemente, os conhecimentos adquiridos no curso permitirão o profissional a capacidade de analisar erros e entender a lógica de programação do sistema. Além disso, oferece a oportunidade de atuar de maneira proativa na adaptação destes mesmos sistemas para as necessidades do cliente e mesmo prever possíveis atualizações além de adiantar quanto a erros futuros.

Ainda é possível que o profissional atue com venda de equipamentos (hardware), siga carreira acadêmica, lecionando em instituições de ensino superior, e preste suporte técnico em empresas e instituições.

O mercado de trabalho para formandos no curso Sistemas de Informação

O profissional de Sistemas de Informação estará apto a trabalhar em diferentes atividades econômicas no mercado, devido ao conhecimento tecnológico e capacidade de desenvolvimento de software, hardware e análises de ampla dimensão. Mercado esse que segue em expansão e aquecimento constante. 

Sob o mesmo ponto de vista, para quem busca trabalhar de forma independente, ainda é possível expandir as oportunidades para consultoria, suporte ou mesmo em projetos específicos. Para explicar um pouco mais, selecionamos alguns dos cargos que são mais disputados pelos formandos do curso de Sistemas de Informação. Confira! 

Cargos

Projetista de Sistemas de Informação

A princípio, este profissional é responsável por elaborar o projeto de um software conforme os requisitos e suas especificações do software em questão. Em outras palavras, será responsável por garantir que o projeto esteja nos padrões definidos na projeção.

Analista de Sistemas

Já o Analista de Sistemas, além do desenvolvimento de software, podemos citar o levantamento dos dados e requisitos necessários para a criação da solução, e a análise dessas informações.

Administrador de Bancos de Dados

Igualmente conhecido como DBA (sigla em inglês de Database Administrator), o Administrador de Banco de Dados é o profissional responsável por gerenciar, instalar, configurar, atualizar e monitorar um ou mais bancos de dados ou sistemas de bancos de dados em geral.

Administrador de Redes de Computadores

Da mesma forma, profissionais administradores de redes de computadores são responsáveis por projetar e manter uma rede em pleno funcionamento, de acordo com o desejado em redes locais ou por quem o designou para a função, seja um cliente específico ou mesmo empresas ou órgãos públicos. 

Auditor de Sistemas de Informação

Por fim, o Auditor de Sistemas de Informação deve promover a adequação, avaliação e recomendações para aprimoramento dos controles internos nos sistemas de informação da empresa. O objetivo é garantir a conformidade dos sistemas.

Consultor na área de Sistemas de Informação

O estudante que optar por se tornar um profissional autônomo ainda pode atuar como consultor, onde será responsável por compreender diagnósticos, levantar requisitos, elaborar escopos, desenvolver soluções e implantar projetos no cliente que o contratou.

Analista de Testes

Quem optar por seguir a função de analista de testes fica responsável pelos testes exigidos para o pleno funcionamento. Também monitora o processo de teste em detalhes e avalia os resultados em cada ciclo de teste, comprovando a qualidade geral do sistema e dos processos a que se propôs. 

Coordenador de Qualidade

Por fim, o coordenador de qualidade, diferente dos demais cargos, é responsável pela implantação de gestão do sistema. Também contribui para o aprimoramento dos processos, sistema de informações, serviços e manutenção, seguindo padrões definidos da certificação das normas ISO (International Organization for Standardization ou Organização Internacional de Normalização), por exemplo.

Salários

Anteriormente citamos algumas oportunidades de trabalho para profissionais da área de Sistemas de Informação. Logo, vale lembrar que o salário pode variar de acordo com a experiência na área, tamanho da empresa e ao nível da vaga – estagiário, assistente, analista, trainee, coordenador ou gerente.  

Inicialmente, os salários para estagiários em começo da carreira em Sistemas de Informação podem variar de R$ 1.915 à R$ 3.110. Para analistas e trainees, varia de R$ 2.000 a R$ 4.000. Já para coordenadores e gerentes, o salário pode estar entre R$ 6.000 e R$ 8.000.  

O curso Sistemas de Informação ideal para você

E então, você gosta de trabalhar com computadores, adora conhecer novas tecnologias, está sempre se atualizando e possui criatividade para desenvolver novos sistemas? Se a resposta para essa pergunta for “sim”, é correto afirmar que você tem perfil para o curso.

Na Estácio você conta com professores certificados, bolsas de estudo de até 50% de desconto em todas as modalidades de ensino presencial e à distância. São mais de meio milhão de alunos em todo o Brasil, mais de 50 anos de mercado, 420 cursos e mais de 5.000 professores altamente qualificados em todo o território nacional. Só falta você! Vem para a Estácio. 

Saiba mais: Faça já sua matrícula no curso de Sistemas da Informação na Estácio