Para quem sonha fazer um curso de Farmácia, poder contar com uma estrutura adequada, certamente é fundamental. O curso de Farmácia necessita muito de aulas práticas e, para isso, são necessários diversos laboratórios para dar conta dessa demanda dos estudantes. Em outras palavras, são estruturas fundamentais para uma formação de qualidade nessa área.

Pensando nisso, a Estácio investiu muito nessa área. São diversos laboratórios à disposição dos alunos. Esses locais são inegavelmente considerados a alma do curso de Farmácia. Isso porque é lá onde são feitas experiências com produtos químicos e farmacêuticos, essenciais para fixação do conhecimento. Além disso, para a prática profissional.

Então, saiba agora um pouco mais sobre o curso de Farmácia da Estácio, sua estrutura e um pouco mais sobre o mercado de trabalho nessa área. São muitas opções de atuação profissional para quem é formado na área.

Confira!

MATRICULE-SE NO CURSO DE FARMÁCIA DA ESTÁCIO

Leia também: Faculdade de Farmácia a distância: por que ela ainda não é oferecida

Como é o curso de Farmácia

O estudante de Farmácia é preparado durante todo o curso para trabalhar no ramo de fármacos, medicamentos, cosméticos, análise de alimentos e igualmente, realizar análises clínicas e toxicológicas. No início do curso, são oferecidas matérias básicas da área da saúde e então as disciplinas mais específicas da área de farmácia são introduzidas.

Durante o curso de Farmácia, o estudante aprende uma série de tarefas, algumas delas: examinar e testar uma variedade de substâncias e princípios ativos; identificar as reações que essas e outras substâncias podem provocar no organismo; realizar análises clínicas e toxicológicas de amostras como sangue, urina e fezes, além de  analisar a composição de alimentos industrializados. Ademais, prestar orientação farmacológica e combater a infecção hospitalar.

Para atuar como farmacêutico é necessário um diploma de bacharel de um curso de graduação que tenha reconhecimento pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, ele precisa estar registrado no Conselho Regional de Farmácia do seu estado.

O curso de Farmácia da Estácio é um curso reconhecido pelo MEC. Conheça um pouco mais sobre ele agora.

Curso de Farmácia da Estácio

O curso de Farmácia da Estácio é um curso de bacharelado com duração média de 10 semestres. Está disponível nas modalidades presencial e à distância.

As disciplinas do curso formam profissionais capazes de compreender a composição e os processos produtivos de medicamentos, alimentos industrializados, produtos de beleza entre outros.

Conheça a grade curricular do curso de Farmácia da Estácio agora:

Grade curricular

  • Anatomia dos Sistemas Orgânicos;
  • Bases de Biologia Celular e Genética;
  • Deontologia e Legislação Farmacêutica;
  • Introdução à Assistência Farmacêutica;
  • Planejamento de Carreira e Sucesso Profissional;
  • Ética na Saúde;
  • Fundamentos de Bioquímica;
  • Histologia e Embriologia;
  • Microbiologia e Imunologia;
  • Práticas de Prevenção de Saúde e Prevenção de Doenças;
  • Fisiologia Humana;
  • Matemática Aplicada à Farmácia e Bioestatística;
  • Patologia,
  • Química Biológica;
  • Análises Químicas para Farmácia I e II;
  • Farmácia Social;
  • Farmacobotânica I;
  • Farmacodinâmica I e II;
  • Química Orgânica I;
  • Físico-Química Farmacêutica;
  • Metodologia Científica;
  • Química Orgânica Avançada;
  • Farmacoepidemiologia;
  • Farmacotécnica I e II;
  • Parasitologia;
  • Química Medicinal;
  • Biologia Molecular e Farmacogenética;
  • Farmácia Clínica e Cuidados Farmacêuticos;
  • Farmacognosia Básica;
  • Hematologia Clínica;
  • Cosmetologia;
  • Farmácia Hospitalar;
  • Farmacognosia Aplicada à Fitoterapia;
  • Bromatologia;
  • Empreendedorismo e Gestão de Serviços Farmacêuticos;
  • Farmacotécnica Homeopática;
  • Toxicologia e Saúde Ambiental;
  • Bioquímica Clínica;
  • Elaboração de Projetos e Trabalhos Científicos;
  • Garantia e Controle de Qualidade;
  • Estágio Supervisionado e Prática Profissional em Farmácia I, II, III, IV e V.

Laboratórios do curso de Farmácia da Estácio

O curso de Farmácia é um curso de viés prático, ou seja, precisa de muitas aulas práticas para poder passar todo o conhecimento necessário para a formação do estudante. Por isso a importância dos laboratórios.

A Estácio conta com uma série de laboratórios modernos para as aulas práticas. São os seguintes: Laboratórios de Farmacotécnica e Cosmetologia, Farmacotécnica Homeopática e Análises Clínicas.

Neles são feitos diversos tipos de análises como: exames hematológicos e citológicos; preparação de fórmulas de medicamentos e cosméticos e análises toxicológicas.

Formas de ingresso no curso de Farmácia da Estácio

Para cursar Farmácia ou qualquer outra opção de curso da Estácio você tem inúmeras maneiras de ingressar. Pode ser através do vestibular agendado, assim você pode ganhar bolsa de até 60%.

Também tem a opção de utilizar a nota do Enem, onde as bolsas variam de 40% a 100%. Você também pode se transferir de outra instituição para a Estácio e ganhar bolsa de até 50%. Ou fazer uma segunda graduação, entrando sem vestibular e garantindo até 40% de bolsa.

Mercado de trabalho

O profissional que ser forma no curso de Farmácia tem espaço em variados espaços, embora os mais conhecidos sejam as farmácias e drogarias. Nos últimos anos, a atuação desse profissional aumentou e há postos de trabalho para farmacêuticos na indústria farmacêutica, na de cosmética, em laboratórios de análises clínicas e toxicológicas e na área de pesquisa científica.

É uma profissão considerada como promissora já que conta com um mercado aquecido.

Hoje em dia, o mercado é considerado muito amplo, podendo trabalhar até em diversos tipos de indústrias, de alimentos a materiais diversos. Conforme o Conselho Federal de Farmácia, são ao todo mais de 70 atividades farmacêuticas que o profissional está autorizado a exercer. Entre elas:

  • Pesquisa, produção e manipulação de medicamentos, seja em indústrias ou farmácias de manipulação;
  • Gerenciamento e administração de farmácias e drogarias, tanto para humanos, quanto veterinária;
  • Assistência farmacêutica em serviços diversos de saúde, sejam públicos ou privados;
  • Gerenciamento de laboratórios de análises clínicas e também toxicológicas;
  • Emissão de laudos e pareceres de análise de alimentos;
  • Trabalho com acupuntura;
  • Realização de auditorias;
  • Gerenciamento de controle de pragas urbanas;
  • Pesquisa, produção e manipulação de fitoterapia;
  • Assistência farmacêutica em bancos de sangue ou bancos de órgãos;
  • Gerenciamento de resíduos dos serviços de saúde;
  • Pesquisa em parasitologia clínica.

Além disso, ainda existem oportunidades no setor público como no Sistema Único de Saúde (SUS), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), fiscalização da Vigilância Sanitária local, perícia criminal e toxicologia forense.

Outras áreas em expansão apontadas por especialistas em carreiras estão a da biotecnologia associada à área farmacêutica, interpretação de DNA e criação de medicamentos sob demanda.

Isso é primordialmente por conta do envelhecimento da população que segue impulsionando várias indústrias relacionadas à qualidade de vida, entre elas a indústria farmacêutica.

Para quem quer trabalhar em Farmácia

Se trabalhar em uma farmácia é seu objetivo, saiba que é um mercado em plena expansão. Segundo o Conselho Federal de Farmácia, hoje no Brasil, existe uma farmácia para cada 2.700 habitantes, número muito próximo ao dos países europeus. E cada farmácia tem obrigação pela legislação de possuir um farmacêutico responsável, assim, gerando muitas vagas de emprego.

Ainda, segundo o Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ), o mercado farmacêutico brasileiro alcançou vendas de R$ 215,6 bilhões em 2019. Isso porque o mercado farmacêutico está em mudança devido à nova onda de lançamentos das indústrias farmacêuticas.

Estas buscam soluções, principalmente, para oncologia, depressão, Alzheimer e doenças raras. Esses problemas, na maioria dos casos, são tratados em ambiente hospitalar, e não na farmácia tradicional.

Por conta de todos esses dados, há certamente uma necessidade de contratação de um profissional do curso de Farmácia nesses locais. Tornando um mercado com oportunidades.

Salário do farmacêutico

De acordo com o site salario.com.br um Farmacêutico ganha em média R$ 3.471,61 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. Isso, de acordo com dados oficiais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

 

Já por área de atuação, o campo que mais paga é a fabricação de medicamentos alopáticos para uso humano, com um teto salarial de R$ 8.891,63, seguida de atividades de apoio à gestão de saúde com teto de R$ 5.406,45.

Se acha que o curso de Farmácia tem a ver com seu perfil, não perca tempo e matricule-se já no Curso de Farmácia da Estácio e garanta logo o seu diploma para esse vasto mercado de trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui