Os cursos de engenharia estão entre os mais procurados pelos alunos. Essa busca aumentou nos últimos anos, quando a profissão se tornou ainda mais valorizada e conhecida por oferecer boas oportunidades de emprego. Mas se decidir sobre qual engenharia fazer pode ser um grande desafio. A boa notícia é que instituições como a Estácio oferecem excelentes opções de graduações na área.

Na verdade, existem mais de 20 graduações diferentes de engenharia. E mesmo que todas estejam diretamente ligadas a área de exatas, cada graduação tem sua particularidade e, é claro, oportunidades diferentes no mercado de trabalho

Se você tem interesse por essa área, mas não sabe qual engenharia fazer, continue a leitura deste artigo. Vamos apresentar algumas das melhores opções do curso de engenharia oferecido pela Estácio, suas particularidades e possibilidades no mercado de trabalho.

Vamos lá?

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

Leia também: Entenda por que a infraestrutura da Estácio é destaque no país

8 cursos da Estácio para saber qual engenharia fazer

A Estácio oferece 8 opções de cursos de engenharia de muita qualidade. Entre as opções, estão cursos na modalidade presencial e a distância. Conhecer um pouco mais sobre essas opções vai nortear você sobre qual engenharia fazer.

Conheça os cursos oferecidos pela Estácio e descubra qual engenharia fazer!

1 – Engenharia Ambiental e Sanitária

Oferecida na modalidade presencial e com duração de 8 anos, o curso superior em Engenharia Ambiental e Sanitária prepara os alunos para trabalhar no conhecimento, preservação e recuperação dos recursos naturais.

Com disciplinas voltadas para gestão e análise de impactos ambientais, o curso capacita os profissionais a buscarem soluções para problemas ambientais.

O mercado de trabalho busca esses profissionais para implementar ações relacionadas à sustentabilidade. As principais de emprego geralmente vem de organizações não governamentais, entidades do governo e também empresas.

Conheça as principais disciplinas que fazem parte deste curso:

  • Engenharia, sociedade e sustentabilidade;
  • Fenômenos físicos;
  • Matemática instrumental;
  • Cálculo diferencial e integral;
  • Física teórica experimental – Mecânica;
  • Geometría analítica e álgebra linear;
  • Lógica de programação;
  • Representação gráfica para projeto;
  • Análise de dados;
  • Eletricidade e magnetismo;
  • Física teórica experimental – fluidos, carlos e oscilações;
  • Mecânica dos sólidos;
  • Química tecnológica;
  • Sistemas de gestão ambiental;
  • Geoprocessamento e sistemas de informação geográficas;
  • Hidrologia e usos da água;
  • Mecânica dos solos;
  • Topografia e geomática;
  • Gestão de recursos hídricos;
  • Microbiologia e toxicologia ambiental;
  • Controle de poluição ambiental;
  • Auditoria e perícia ambiental;
  • Controle de poluição ambiental;
  • Recuperação de áreas degradadas;
  • Saúde ambiental;
  • Avaliação de riscos e impactos ambientais, entre outros.

2 – Engenharia Civil

O curso de Engenharia Civil é um dos mais populares. A graduação pode ser feita em 5 anos, na modalidade presencial. Através de conhecimentos científicos, os alunos do curso são preparados para conceber, analisar, planejar, executar e controlar diversos tipos de empreendimentos. 

Durante os 10 semestres da graduação, os futuros engenheiros têm contato direto com conceitos fundamentais para o desenvolvimento de projetos de infraestrutura nas áreas de construção civil, estruturas, geotecnia, hidráulica e transportes.

Assim que termina a graduação, esses alunos precisam ter o seu registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) para que possam exercer a profissão.

Entre as principais disciplinas deste curso estão:

  • Engenharia, sociedade e sustentabilidade;
  • Fenômenos físicos;
  • Cálculo diferencial e integral;
  • Geometría analítica e álgebra linear;
  • Cálculo de múltiplas variáveis;
  • Eletricidade e magnetismo;
  • Mecânica de Sólidos;
  • Pensamento computacional;
  • Equações diferenciais;
  • Fenômenos de transporte;
  • Materiais de construção civil;
  • Mobilidade e sistemas de transportes;
  • Modelagem matemática;
  • Topografia e geomática;
  • Engenharia hidráulica;
  • Mecânica dos solos;
  • Resistência dos materiais em estruturas;
  • Sustentabilidade em arquitetura e urbanismo;
  • Pavimentos de concreto armado;
  • Hidrologia e usos da água;
  • Canteiros de obras;
  • Fundações e obras de terra;
  • Sistemas prediais e domótica;
  • Planejamento, orçamento e controle de obras;
  • Obras de infraestrutura, entre outras.

3 – Engenharia de Controle e Automação

Está em dúvida sobre qual engenharia fazer? O profissional que opta por fazer o curso de Engenharia de Controle de Automação encontra boas oportunidades de trabalho nos setores de petróleo e gás, manufatura, mineração, metalurgia, indústria portuária e robótica.

O curso, na modalidade presencial, tem duração de 5 anos. Neste período o aluno é capacitado para projetar, operar e gerenciar equipamentos utilizados na indústria, assim como a realizar as manutenções adequadas.

Conheça as principais disciplinas que fazem parte da grade curricular do curso:

  • Engenharia, sociedade e sustentabilidade;
  • Eletricidade e magnetismo;
  • Física teórica experimental – fluidos, calor e oscilações;
  • Pensamento computacional;
  • Eletricidade aplicada;
  • Eletrônica digital;
  • Equações diferenciais;
  • Fenômenos de transporte;
  • Química tecnológica;
  • Comunicações de dados e redes de computadores;
  • Instalações elétricas industriais;
  • Modelagem matemática;
  • Circuitos elétricos;
  • Controladores lógicos programáveis;
  • Sistemas dinâmicos;
  • Controle e servomecanismo;
  • Laboratório de circuitos elétricos;
  • Máquinas elétricas e acionamento;
  • Processos de fabricação mecânica;
  • Controle moderno;
  • Instrumentação industrial;
  • Microprocessadores;
  • Automação industrial;
  • Sistemas embarcados;
  • Sistemas hidráulicos e pneumáticos;
  • Automação hidráulica e pneumática;
  • Processos industriais e robótica;
  • Sistemas supervisórios, entre outros.

4 – Engenharia de Petróleo

O profissional graduado em Engenharia de Petróleo está habilitado para atuar na pesquisa e produção de petróleo e gás, em fornecedoras da indústria petrolífera, órgão regulador, e também em laboratórios de pesquisa científica e tecnológica

O curso de Engenharia de Petróleo é oferecido na modalidade presencial e tem duração de 5 anos.

Durante a graduação, o aluno estuda disciplinas básicas da engenharia, assim como matérias específicas como química do petróleo, engenharia de reservatórios e geologia do petróleo. Além das aulas teóricas, esses alunos passam boa parte da graduação em laboratórios onde podem aprender na prática sobre a profissão.

Fazem parte da grade curricular deste curso as disciplinas de:

  • Bases físicas e matemáticas;
  • Engenharia sustentável;
  • Engenharia e sociedade;
  • Lógica de programação;
  • Análise de dados;
  • Mecânica de sólidos;
  • Projeto assistido por computador;
  • Direito do petróleo;
  • Eletricidade aplicada;
  • Geologia do petróleo;
  • Modelagem matemática;
  • Química do petróleo;
  • Análise de impactos ambientais;
  • Avaliação econômica de projetos de E&P;
  • Geofísica aplicada;
  • Geomecânica e estabilidade de poços;
  • Mecânica de fluidos em petróleo;
  • Termodinâmica em sistemas de petróleo;
  • Engenharia de reservatórios;
  • Máquinas de fluidos;
  • Perfilagem;
  • Tecnologia de polímeros;
  • Ecologia industrial;
  • Estruturas offshore;
  • Infraestrutura naval e submarina;
  • Perfuração e completação;
  • Processamento primário de petróleo;
  • Corrosão;
  • Energias renováveis;
  • Escoamento de petróleo;
  • Logística na indústria de petróleo;
  • Mecanismos de desenvolvimento sustentável;
  • Tecnologia de refino e petroquímica;
  • Engenharia de gás natural, entre outros.

Leia também: Megavestibular: faça o vestibular online e garanta o desconto

5 -Engenharia de Produção

Com duração de 5 anos e oferecida na modalidade presencial, o curso de Engenharia de Produção prepara os alunos para atuar de forma proativa em face das mudanças tecnológicas e de mercado.

Durante a graduação, os alunos recebem conhecimentos relacionados às modernas ferramentas de modelagem e simulação, que apoiam nos processos decisórios que os futuros engenheiros enfrentarão na sua trajetória profissional.

No mercado de trabalho, os engenheiros de produção encontram boas oportunidades  em  indústrias de manufatura e organizações de prestação de serviço, de origem pública ou privada.

Entre as disciplinas que fazem parte do curso estão:

  • Fenômenos físicos;
  • Cálculo diferencial e integral;
  • Eletricidade e magnetismo;
  • Mecânica de sólidos;
  • Custos industriais;
  • Engenharia de métodos;
  • Ergonomia, higiene e segurança do trabalho;
  • Medicação e interpretação de dados em sistemas produtivos;
  • Gerenciamento da cadeia de suprimentos;
  • Organização e qualidade na empresa;
  • Pesquisa operacional;
  • Engenharia econômica;
  • Mobilidade e sistemas de transportes;
  • Modelagem, análise e simulação de sistemas;
  • Planejamento e controle da produção;
  • Engenharia de materiais;
  • Ferramentas de I.A. em sistemas produtivos;
  • Gerência da produção;
  • Engenharia do produto;
  • Gerência da manutenção;
  • Processos de fabricação mecânica, entre outros.

6 -Engenharia de Software

Com duração de 4 anos e oferecido na modalidade de ensino a distância, o curso de Engenharia de Software capacita os alunos a atuarem na administração de banco de dados e manutenção de sistemas.

Esses profissionais encontram boas oportunidades de trabalho em empresas de tecnologia da informação, organizações públicas e privadas, e também em startups. Portanto, se você ainda pensa em qual engenharia fazer, mas procura uma na área de tecnologia, essa é a opção.

A grade curricular do curso de Engenharia de Softwares possui as disciplinas de:

  • Fundamentos de redes de computadores;
  • Fundamentos de sistemas de informação;
  • Organização de computadores;
  • Processo de desenvolvimento de software;
  • Gestão de segurança da informação;
  • Inovação tecnológica;
  • Introdução a programação;
  • Matemática computacional;
  • Tecnologias Web;
  • Estrutura de dados;
  • Gerência de configuração;
  • Modelagem de dados;
  • Implementação de banco de dados;
  • Sistemas operacionais;
  • Algoritmos avançados;
  • Arquitetura de sistemas;
  • Medidas de esforço de desenvolvimento de software;
  • Probabilidade e estatística;
  • Qualidade e testes de software;
  • Big Data, entre outros.

7 -Engenharia Elétrica

Com duração de 5 anos e oferecido na modalidade presencial, o curso de Engenharia Elétrica habilita os profissionais para atuarem em diversos setores, como por exemplo: concessionárias de energia (hidrelétricas, termelétricas e nucleares), empresas de automação e controle, indústrias, fábricas de celulares, entre outras.

A graduação, multidisciplinar, concilia disciplinas básicas das engenharias com aulas práticas nos laboratórios. Na Estácio, aprendizado é focado na sustentabilidade e na inovação tecnológica.

Entre as principais disciplinas do curso estão:

  • Eletricidade aplicada;
  • Eletrônica digital;
  • Química tecnológica;
  • Eletromagnetismo;
  • Eletrônica analógica;
  • Modelagem matemática;
  • Circuitos elétricos;
  • Comunicações de dados e redes de computadores;
  • Controle e servomecanismo;
  • Conversão eletromecânica de energia;
  • Instalações elétricas industriais;
  • Laboratório de circuitos elétricos;
  • Máquinas elétricas e acionamento;
  • Eletrônica industrial;
  • Microprocessadores;
  • Redes industriais;
  • Subestações;
  • Geração de energia;
  • Transmissão de energia elétrica;
  • Distribuição de energia elétrica;
  • Sistemas de energia alternativa e renovável, entre outros.

8 -Engenharia Mecânica

O curso de Engenharia Mecânica habilita os profissionais a atuar em projetos de sistemas mecânicos; gerência de projetos; automação de sistemas de manufatura; sistemas hidráulicos e pneumáticos etc. 

Com duração de 5 anos e oferecido na modalidade presencial, a graduação em Engenharia Mecânica prepara os alunos para  projetar, construir, analisar, operar e cuidar da manutenção de sistemas mecânicos.

Se você está indeciso sobre qual engenharia fazer, a Mecânica é sempre uma opção segura.

Entre as disciplinas que compõem o curso estão:

  • Eletricidade aplicada;
  • Metrologia científica e industrial;
  • Materiais de construção mecânica;
  • Processos de fabricação mecânica;
  • Resistência de materiais mecânicos;
  • Desenho mecânico;
  • Metalografia e fadiga;
  • Termodinâmica aplicada;
  • Elementos de máquinas;
  • Ensaios mecânicos e metalográficos;
  • Transferência de calor e massa;
  • Refrigeração e climatização;
  • Tecnologia de soldagem;
  • Usinagem e conformação mecânica;
  • Mecânica vibratória;
  • Equipamentos estáticos;
  • Automatização de sistemas mecânicos;
  • Sistemas térmicos, entre outros.

Qual engenharia fazer: achou o seu curso?

Agora que você já conhece algumas áreas da engenharia, fica mais fácil saber qual destes cursos tem mais a ver com o seu perfil.

Escolha qual engenharia fazer e venha garantir um diploma de qualidade na Estácio. Faça já sua inscrição.

Acompanhe mais informações sobre cursos, bolsas, mercado de trabalho e dicas no blog da Estácio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui