Todos nós já sabemos o quanto a atividade física é essencial para a qualidade de vida das pessoas. Por isso a procura por um personal trainer vem crescendo nos últimos tempos.

Personal trainer é a denominação em inglês dada ao profissional de Educação Física que adota práticas individualizadas e personalizadas para proporcionar ao aluno resultados mais rápidos e com maior segurança.

Vamos conhecer um pouco mais sobre como ser um personal trainer e como atuar na área?

Então, continue a leitura!

Leia mais: Licenciatura e Bacharelado em Educação Física: qual a diferença?

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO!

Como ser personal trainer?

Antes de pensar em ser um personal trainer, o primeiro passo é cursar a graduação em Educação Física.

O curso de Educação Física oferecido pela Estácio, por exemplo, possui um gama de disciplinas cuidadosamente escolhidas para que o aluno adquira o conhecimento necessário na promoção da saúde e bem-estar físico das pessoas. Além disso, é aliado com a prática dos exercícios corporais.

Este método teórico-prático proporciona ao aluno o contato direto com empresas do ramo, o que facilita a aprendizagem e aumenta as chances de se conseguir um estágio ou um emprego.

O profissional de Educação Física

O profissional de Educação Física é a denominação mais correta para bacharéis, licenciados e provisionados que concluem o curso de graduação. Dessa forma, o licenciado é aquele que atua no meio escolar e, pode também, ser conhecido como Professor de Educação Física.

Conforme a lei Lei Nº 9696/1998, o profissional de Educação Física na competência de suas atribuições deve: supervisionar, dinamizar, dirigir, organizar, avaliar e executar trabalhos, programas, planos e projetos. Bem como, deve prestar serviços de auditoria, consultoria e assessoria, realizar treinamentos especializados, participar de equipes multidisciplinares e interdisciplinares e elaborar informes técnicos, científicos e pedagógicos, todos nas áreas de atividades físicas e do desporto.

Em resumo, o profissional de Educação Física objetiva cuidar dos indivíduos e também educar e promover a saúde. Trabalha com uma gama variada de pessoas: crianças, idosos, pessoas com deficiência, atletas, entre outros.

Ao concluir a graduação, antes de atuar no mercado de trabalho é necessário o registro no Conselho Regional de Educação Física (CREF).

Agora, se sua intenção é fazer, monitorar e ministrar treinamentos físicos individualizados para pessoas ou grupos de pessoas, você pode pensar em ser um personal trainer.

O profissional personal trainer

Por algum tempo, o trabalho do personal trainer estava associado com uma profissão de luxo. Afinal, somente as pessoas com médio ou alto poder aquisitivo os tinham.

Mas hoje a realidade é diferente. A preocupação com a saúde e o bem estar está sendo levado mais a sério e o custo por hora às vezes não é o fator chave para a contratação de um profissional dessa área.

Desde então, o papel do personal trainer se tornou mais evidente e bem avaliado dentro do campo das academias. Isso porque os alunos acabam se sentindo desmotivados com os exercícios monótonos, sem realizar as atividades corretamente nem obter os resultados esperados.

Dessa forma, como tudo evolui, no campo da saúde e na pratica esportiva, não é diferente!

A valorização de um profissional totalmente focado em suas queixas, dificuldades, limitações físicas e problemas de saúde está em ascensão. Sendo assim, ocorre a quebra de paradigma e cada vez mais pessoas são adeptas a essa modalidade individualizada.

Outra questão, tão importante quanto, é o número de lesões ocasionadas por prática incorreta e exagerada de exercícios físicos. Muitas pessoas acabam não aguardando o tempo necessário para a recuperação dos músculos, por exemplo.

Nesses casos, o ideal é mesmo ter um profissional dedicado às suas peculiaridades, que vai prescrever exercícios específicos e normalmente, terá mais tempo disponível para a prática.

Portanto, o tempo sempre foi uma desculpa! Mas, hoje não é mais. Com exercícios bem executados, aliados com a intensidade correta, consegue-se obter resultados mais rápidos e seguros.

Logo, para ser um bom personal trainer precisa ter conhecimentos atualizados e ser consciente dos benefícios de contratar um profissional tão especializado.

Onde pode atuar o personal trainer

Além dos ambientes de academias, clubes, praças, residências e condomínios e hotéis, o personal trainer pode atuar em outras atividades como: musculação, alongamento, pilates, yoga, corrida, triatlo, artes marciais, reabilitação musculoesquelética, esportes coletivos e dança, por exemplo.

Quais as habilidades um personal trainer deve ter?

Exercer a função de um personal trainer parece ser muito interessante, mas é necessário saber que existirá uma relação entre professor e aluno. Portanto, lidar com pessoas, com seus anseios, inseguranças e expectativas vai muito além de cuidar do corpo.

Assim, pode-se dizer que algumas habilidades o profissional precisa ter:

  • Atuar na área que mais o satisfaz: a área de atuação de um personal trainer é vasta e saber qual a área atuar dentro de suas expectativas e aptidões é fundamental. Assim, busque algo que trará maior satisfação e alegria no seu dia a dia. Atente-te para isso;
  • Ir além da atuação como profissional de Educação Física: a relação aluno e professor vai além dos treinos. A rotina de encontros ocasiona momentos de conversa, desabafo e cria-se uma relação de amizade. Assim, o personal trainer precisa desenvolver habilidades para lidar com pessoas que vão além de apenas treinar;
  • Possuir uma boa formação: como mencionamos acima, a escolha por uma boa faculdade torna-se fundamental para obter conhecimentos atualizados que faça com que se tornem sólidos em seu campo de atuação;
  • Ter boa comunicação: aqui a habilidade estar em falar de forma clara e transparente, de forma ética e leal. Desse modo, fará sua boa imagem para conquistar cada vez mais adeptos ao seu trabalho. Outro fato, é estar sempre atento com suas atitudes. Você é exemplo! Então, se falar para o aluno sobre alimentação mais saudável deve ser praticante desse tipo de alimentação.

Quanto ganha um personal trainer?

A profissão é exercida sem ter um piso salarial. Porém, alguns estados, por meio dos acordos sindicais definem o piso da categoria, profissional de Educação Física.

O personal trainer poderá seguir esse piso ou se obter alguma especialização pode elevar o valor cobrado. Então, a média dos pisos salariais está em torno de R$ 1.403.

Já no site salario.com.br, a faixa salarial do personal trainer fica entre R$ 1.666,23 e o teto de R$ 9.852,21, de acordos coletivos levando em conta profissionais em regime CLT de todo o Brasil.

Contudo, há um projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional, o PL 7006/13, o qual sugere o piso de R$ 4.500 para profissionais da Educação Física (incluindo o personal trainer) com jornada de 30 horas semanais.

Os setores que pagam melhor são os clubes sociais, esportivos e similares, com um teto salarial de R$ 8.448,28, seguido de ensino de esportes com R$ 6.242,32 e comércio varejista de artigos esportivos, com R$ 5.424,66.

Já os melhores salários por cidade tem Ribeirão Preto em São Paulo como líder absoluto, com um teto salarial de R$ 24.595,80. Seguido de Campinas, também no estado de São Paulo com R$ 20.092,36 e Fortaleza no Ceará, com R$ 15.216,46.

Fique atento às especializações

Atuar como personal trainer é, contudo, ter conhecimentos necessários para oferecer o melhor serviço. Desta forma, deve-se ficar atento para fazer boas especializações.

Hoje, no mercado há uma gama delas, como pilates, treinamento funcional, crossfit, yoga, musculação, artes marciais ou balé.

Dessa forma, as atualizações são sempre importante quando se quer ser um personal trainer com salários acima do piso da categoria.

Leia também: Crossfit e fitness: tendências para o profissional de educação física

UTILIZE SUA NOTA DO ENEM PARA ENTRAR EM UM CURSO DA ESTÁCIO!

E aí, decidiu investir na profissão de personal trainer?

Estude com melhores professores, melhor material didático e conteúdo atualizado totalmente voltado para o exercício da profissão de Educação Física. Matricule-se no curso de graduação em Educação Física da Estácio.

E continue acompanhando o nosso blog para mais dicas como essas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui