Uma profissão capaz de unir as mudanças do mercado, as necessidades dos clientes e as potencialidades de um produto ou serviço. Se você gosta de desafios profissionais, o Design pode ser uma área de atuação para você. Serão quatro anos de graduação. É preciso sempre escolher com cuidado a faculdade que oferecer o curso de Design. Afinal, são várias opções e, em alguns casos, durante a graduação você já consegue fazer uma pequena especialização dentro da área.

Para se ter uma ideia, ao terminar o seu curso dá para trabalhar com design industrial, gráfico ou digital. Essas são as principais opções, mas existem muitas outras vertentes no mercado. Além disso, dependendo da carreira que você escolher, terá um salário bem diferente.

Um profissional do design gráfico, por exemplo, ganha em média R$ 2.488,55. Já um profissional que faça uma especialização para trabalhar com design de produto ganha cerca de R$ 3.061,67.

Quer saber ainda mais sobre o mercado de trabalho e tudo que você vai encontrar na graduação em Design? Então, leia este conteúdo até o final. Você vai encontrar dicas sobre vagas, perfil profissional e as diferentes carreiras.

CONHEÇA O CURSO DE DESIGN DA ESTÁCIO

Atuação do profissional de Design

Antes de detalhar ainda mais como é o curso de Design, vamos entender primeiro como é a área de atuação nessa área. Assim, você pode ter a certeza que ela atende seus objetivos profissionais.

De forma geral, é bem importante você entender que será o responsável por planejar, criar e desenvolver produtos e serviços. Para que todas essas etapas tenham o sucesso desejado, você precisa ser criativo na hora de encontrar soluções.

É preciso reunir as necessidades dos clientes com as potencialidades da empresa e as novas técnicas e inovações do mercado concorrente. Então, você precisa ter um perfil mais analítico para entender do negócio e ainda um processo bem criativo para se dar bem na junção dessas informações.

Durante a sua graduação em Design você terá uma formação mais generalista. Isso significa que terá noções sobre a área gráfica, de produto e digital. Na faculdade Estácio, por exemplo, você tem acesso aos laboratórios equipados com tudo que precisa para criar propostas de comunicação visual a produtos ou serviços especializados, tanto comerciais como de fundo social. Então, antes de escolher a sua faculdade, leve em consideração também a estrutura física. Assim, você tem a certeza de que terá a melhor formação possível.

Aliás, quer saber os detalhes do curso em Design? Separamos uma lista completa para você se preparar e avaliar. Além disso, você ainda vai encontrar neste texto uma análise do mercado de trabalho e as principais áreas de atuação e seus salários.

Curso de Design

Serão pelo menos quatro anos dentro da sala de aula para se formar em Design. É claro que hoje, dependendo da faculdade que você escolher, dá para fazer a graduação no formato EaD. Na Estácio, por exemplo, você pode escolher entre os formatos presencial, em que apenas 20% do curso é feito de forma online. Isso significa que você pode ter maior convivência no mundo acadêmico. Além disso, dá para escolher a formação EaD, em que todas as disciplinas são feitas pela internet. Por fim, é possível cursar Design na modalidade flex. Nesse caso, você terá acesso às duas modalidades durante os quatro anos de graduação.

Para ficar um pouco mais claro, separamos aqui uma lista com as principais disciplinas do curso, veja:

  • Desenho de observação;
  • Geometria e desenho técnico para design;
  • Metodologias de projeto em design;
  • Planejamento de carreira e sucesso profissional;
  • Representação gráfica digital para design;
  • Desenho de ilustração e rendering;
  • Empreendedorismo cultural, inovação social e criativa;
  • Projeto de identidade visual;
  • Teoria e história do design;
  • Teoria e prática da cor;
  • Ambientes e interfaces digitais;
  • Desenho e produção de joias;
  • Design de moda e confecção;
  • Design thinking para projetos culturais;
  • Inovação e estratégias em design;
  • Marketing, convergência e conexão;
  • Produção em design;
  • Visualização e dados;
  • Desenho e formatação de negócios digitais;
  • Design, fotografia e vídeo;
  • Design, sociedade e cultura.

Atividades de um profissional de Design

Com base nesse aprendizado, você terá muitas atividades no mercado de trabalho. É claro que a melhor forma de se dar bem em uma delas é fazendo uma especialização. No entanto, a experiência profissional também é bem-vinda. Veja quais opções você encontra:

Gráfica

Dentro desse segmento você tem muitas possibilidades de atuação. Dá para atuar na criação de logotipos e também no desenvolvimento do visual de jornais, revistas, livros, panfletos, anúncios e outdoors. Nesse contexto, você terá a formação necessária para conseguir definir letras para textos, tamanho, padronização das cores e ilustrações.

Digital

Essa é uma área com muita evolução e que tem oferecido cada vez mais oportunidades para os profissionais de Design. Você será o responsável por desenvolver as interfaces para sites, games e dispositivos móveis, como celulares, smartphones e tablets. Assim, veja que a demanda realmente tem crescido, mas ao mesmo tempo é preciso manter o currículo sempre atualizado, já que as ferramentas digitais mudam com frequência.

Industrial

Dentro desse segmento, o profissional do Design consegue criar objetos sempre seguindo os critérios de funcionalidade e estética. O desenvolvimento se concentra em projetos de veículos, máquinas e equipamentos industriais.

Animação

Essa é mais uma área de especialização dentro do segmento do Design. Aqui, você poderá fazer projetos de animação em 2D e 3D. Nesse caso, os principais clientes são empresas que usam a publicidade e também os games. Você poderá produzir roteiros, fazer a direção de arte, desenho e design de personagem.

Design de embalagens

As embalagens são realmente importantes para os produtos, principalmente para conquistar mais clientes. Afinal, elas precisam despertar a curiosidade e ainda passar a mesma mensagem do produto. Assim, o profissional de Design consegue sempre projetar embalagens adequadas para cada produto.

Design de joias

A atuação do Design pode estar dentro de grandes empresas que fazem coleções exclusivas, por exemplo, ou mesmo na atuação em pequenos negócios de produtos artesanais.

Mercado de trabalho

São muitas opções disponíveis no mercado de trabalho para um profissional da área do Design. Com uma rápida busca na internet, considerando apenas o segmento do designer gráfico no mês de janeiro de 2020 existiam mais de 340 vagas. No entanto, há muitas outras opções de atuação.

Para você ter uma ideia, é na região Sudeste do Brasil que estão os grandes parques gráficos, além de empresas de produtos alimentícios e têxteis. Assim, dá para focar nessa área de atuação na hora de procurar uma vaga de emprego. No Paraná, por exemplo, a indústria moveleira é o foco. No Norte, a Zona Franca de Manaus reúne os maiores empregadores. Enfim, é preciso buscar os diferenciais da sua região para conseguir focar a sua formação e os interesses profissionais.

Além disso, é sempre bom avaliar como a sua faculdade garante mais oportunidades para você. No caso da Estácio, por exemplo, os alunos têm acesso a mais de 252 vagas de estágios e empregos para os alunos de Design. São várias oportunidades para você ter contato com o mercado de trabalho antes mesmo de concluir a sua graduação.

Salário

Como você viu até aqui, existem muitas possibilidades de trabalho para um profissional do Design. Dessa forma, os salários também são diferentes. Então, vamos citar aqui alguns exemplos para você. Para quem atua no Design Gráfico, por exemplo, o salário é de aproximadamente R$ 2.726,61 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais. Essa média é de acordo com o site Salario.com.br junto a dados oficiais do CAGED.

Agora, se você escolher a área do Design de Produto, o salário é de aproximadamente R$ 3.354,56 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 43 horas. Os dados também são do site Salario.com.br junto a dados oficiais do CAGED.

Nos dois casos, estamos sempre considerando os trabalhadores formais e com carteira assinada.

Gostou das dicas sobre a profissão e o curso de Design? Então, acesse aqui para ter muitas informações sobre o mercado de trabalho de outras áreas de atuação. Aproveite para desenvolver a sua carreira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui