Desenvolver aplicativos: como entrar nessa área promissora

Desenvolver aplicativos é uma modalidade de trabalho relativamente nova. Isso se deve graças à era digital. Essa nova ocupação se tornou uma realidade muito presente na vida de todos. A profissão é promissora porque o mercado está aquecido e ainda há poucos profissionais qualificados para o total de vagas ofertadas. Para entrar na área, o primeiro passo é procurar um curso de graduação de qualidade.

De fato, os aplicativos de celular ou programas para computador transformaram completamente a vida das pessoas nas últimas décadas. A grande maioria da população não vive sem um smartphone e cada aparelho tem uma série de apps instalados para facilitar a vida nos mais diversos campos.

Para saber mais como desenvolver aplicativos, leia o post a seguir e confira algumas informações que podem ser úteis para a sua formação. É uma das áreas de atuação, por exemplo, do engenheiro de software, um curso oferecido pela Estácio.

Saiba mais!

MATRICULE-SE EM UM CURSO DE GRADUAÇÃO DE QUALIDADE DA ESTÁCIO

Leia também: Gosta de tecnologia? Confira as profissões do futuro e como se preparar para elas

Como aprender a desenvolver aplicativos

Para desenvolver aplicativos é preciso entender de programação. O conhecimento sobre programação pode ser obtido de duas formas: ser autodidata ou fazer um curso de graduação.

Obviamente, o caminho da graduação é o mais seguro e o mais garantido para ter uma carreira profissional, pois o curso superior garante a você um título de muito valor para o mercado de trabalho, que é o diploma.

Se você entende de programação e tem interesse em aprender mais sobre isso, mas de maneira acadêmica, o curso de Ciência da Computação pode ser uma boa opção e é um dos mais indicados para desenvolver aplicativos.

Além disso, a formação neste curso permite que o aluno aprenda conteúdos multidisciplinares. É importante lembrar que essa área se relaciona muito bem com todas as outras, pois auxilia no desenvolvimento de aplicativos voltados para entretenimento, saúde, ciência, entre outros.

Cursos online também ajudam

Para quem tem interesse em dar os primeiros passos em programação, uma grande dica pode ser procurar por cursos online em plataformas de ensino. Saiba que muitos desses cursos são gratuitos e vão permitir que você conheça pelo menos o básico dessa área.

Além disso, é fundamental gostar de raciocínio lógico e estar disposto a desenvolvê-lo. Ter afinidade com as ciências exatas e gostar de tecnologia é importante, pois são a base da profissão de quem desenvolve aplicativos.

Ao se identificar com as exigências da área, uma das primeiras escolhas que deverá fazer é a de uma linguagem. Acredite, existem muitas delas e cada uma com um propósito específico.

Uma boa dica para aprender a escolher qual é a linguagem de programação mais adequada para o seu perfil profissional, é também de aprender e estudar sobre engenharia de software, banco de dados, segurança da informação e testes de software.

Todas esses conhecimentos estão relacionados com as profissões do futuro. Pois, com um aumento cada vez maior de usuários, é fundamental que os clientes encontrem suporte, segurança e a garantia de um programa estável.

CONHEÇA O CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DA ESTÁCIO

O que faz um desenvolvedor de aplicativos

Um programador sabe utilizar as diversas linguagens existentes dentro do universo da computação. As atividades que ele realiza consistem basicamente em permitir que o software se comunique com o o hardware.

Além disso, ele garante que um programa seja estável e compatível com diversas ferramentas, caso contrário, não seria possível realizar uma chamada telefônica, por exemplo.

Portanto, o desenvolvedor de aplicativos trabalha diretamente com programação. Ou seja, esse profissional é o grande responsável pela acessibilidade que se encontra no meio digital.

Traça projetos de desenvolvimento que auxiliam no dia a dia de uma profissão, otimizando as atividades que são realizadas em uma empresa ou tornando a vida das pessoas mais prática.

A importância de fazer uma graduação para desenvolver aplicativos

Embora não seja necessário fazer um curso de graduação para trabalhar com desenvolvimento de aplicativos, buscar uma formação nessa área pode colocar você em um patamar diferenciado.

Afinal de contas um diploma de conclusão de ensino superior permite que você possa avançar em outras áreas. Desse modo, a graduação pode ser uma maneira de explorar o mercado através de outras possibilidades, podendo se dedicar a carreira acadêmica, inclusive.

Além disso, um curso de graduação permite que o aluno seja melhor preparado para enfrentar o mercado de trabalho. Pois o curso visa capacitar o aluno a se desenvolver em diversas competências, podendo atuar em diferentes segmentos dentro dessa área.

Esse fator garante uma abrangência maior na profissão além de poder se expandir tanto na área da tecnologia da informação, quanto análise de sistemas, ou programação.

Seja mais competitivo nessa área

Um outro benefício que a graduação pode trazer a você é a de ser alguém mais competitivo para ocupar uma vaga de emprego. Pois, mesmo que não seja necessário um curso superior para desenvolver aplicativos, saiba que muitas empresas optam e oferecem vagas de emprego para quem é graduado.

Portanto, um curso de graduação pode ser um grande divisor de águas na carreira de um desenvolvedor. Mas é importante saber que o diploma permite que possa ir além nos estudos e se aprofundar ainda mais em uma área dentro da profissão que se exerce.

E nesse sentido, sempre é muito válido apostar em uma formação acadêmica para poder se qualificar melhor para o mercado de trabalho.

Algumas áreas conhecidas e promissoras para quem é desenvolvedor de aplicativos

O campo de atuação para essa profissão pode ser muito vasto. Isso se deve ao grande potencial de agregar diversas áreas do conhecimento, pois de alguma forma, todos eles utilizam algo que seja elaborado por um desenvolvedor ou executado via aplicativos.

Os sistemas de informação e o desenvolvimento de aplicativos podem tanto entreter as pessoas, quanto auxiliar nas rotinas de trabalho.

Portanto, quem deseja trabalhar nessa área, encontrará uma vasta potencialidade de atuação. Veja a seguir algumas áreas interessantes para quem gosta de desenvolver aplicativos:

1- Ciência de dados

A ciência de dados é uma área bastante promissora. Ela serve para quem deseja trabalhar no meio corporativo e desenvolver análise de dados para implementar e melhorar o fluxo de informação que as empresas produzem.

O cientista de dados é o profissional que extrai informações úteis através de dados não estruturados e transforma em dados estruturados. É através dessa área que uma empresa consegue atingir com mais eficiência seu público alvo.

Em outras palavras, quem trabalha nesse ramo consegue encontrar ordem no caos e garantir possibilidades de decisões mais assertivas para as empresas.

2- Desenvolvedor Web

Quem trabalha nesse campo realiza basicamente a criação de sistemas para a internet. As atividades de um desenvolvedor de sites consistem em prestar manutenção, garantindo que os sistemas na internet ou intranet funcionem de maneira eficiente e estável.

É ele que garante compatibilidade com diversos outros programas e aplicativos. Quando você entra em uma página na internet, saiba que ela foi realizada por um desenvolvedor.

3- Desenvolvedor de aplicativos mobile

Essa também pode ser uma profissão muito promissora para quem curte desenvolver aplicativos. Afinal de contas tudo aquilo que se executa em um celular smartphone foi realizado ou idealizado por um profissional dessa área.

Além de poder elaborar e criar aplicativos para celular, essa profissão pode ser muito interessante para quem tem criatividade e pensa em criar algo novo e que seja útil na vida das pessoas.

Conclusão

Com o surgimento da era digital e avanço tecnológico, novas frentes de trabalho, como a de desenvolvedores ou programadores vêm para quebrar a tradição do mercado. Pois graças a essas novas carreiras, nos tempos atuais é possível encontrar profissões que são consideradas do futuro.

Isso quer dizer que uma carreira da era tecnológica não é efêmera e que pode garantir bons frutos logo adiante. O que é fundamental fazer para se destacar nesse mercado é buscar a melhor qualificação e atualização possível. E a Estácio pode ajudar nessa missão.

Ao garantir um diploma, você terá um futuro profissional mais sólido e isso pode fazer grande diferença em um determinado momento na carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *